Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei




Retornar para últimas postagens

    29-abr-2011

    Gashuku Shiai 2

    Melhoria da arbitragem, refinamento das técnicas e superação dos limites de cada um foram alcançados em um só fim de semana.
    Praticamente foi uma simulação do que vai ser o 10º Torneio Brasileiro de Kobudo (10º TBKO), a ser realizado em Belo Horizonte.
    Não posso dizer sobre o nivel técnico, mas é possivel que os que estiveram no Gashuku de Shiai estarão mais bem preparados mentalmente para enfrentar o desconhecido no 10º TBKO e, quem sabe, com a ajuda dos deuses, conseguir a sua passagem para o México.

     


    "superacão dos limites"



    "melhoria da arbitragem"



    "Monitor Kenzo do Rio de Janeiro (em pé de camisa vermelha), que ganhou a passagem para o Chile em 2009"

    " Sensei, acredito que todos os alunos devem se forçar a ir pelo menos uma vez ao ano em um Gashuku. É uma oportunidade ímpar de beber direto da fonte.


    "Bebendo direto da fonte"

     

    As correções são rápidas e objetivas, sem tempo a perder, apenas ouvir, hai e treinar.


    Correções no Jitte



    Correções no Jojutsu



    Correçõs na Kussarigama
     


    Correções no Jitte

     

    Durante o Shiai de Kenjutsu, tivemos a oportunidade de lutar com pessoas que nunca lutamos antes.
     


    "Lutar com pessoas que nunca lutamos antes"












    Normalmente treinamos com nossos colegas de unidade e isso acaba nos deixando acomodados, pois já conhecemos as particularidades de cada um. Na minha visão Sensei, isso nos força a treinar o espíritio vazio, com pessoas que já conhecemos a forma de lutar, ficamos pensando em tudo, pois já imaginamos a reação de cada um. Com um desconhecido, quando pensamos muito, acabamos levando.

     

    Para mim, Sensei, o Gashuku acabou apenas na segunda-feira, tive mais uma vez a oportunidade de treinar em São Paulo, e nesse dia o treino das crianças me marcou muito profundamente. Acredito que elas, apesar do tamanho, aguentaram muito mais do que muito adulto.
     


    É incrível ver o como elas são "livres", não há mesquinharias na cabeça delas, não interessa quem está vendo, não interessa se vão se machucar, interessa apenas fazer o que o Sensei comandou.

     

     

    Voltei pela estrada tentando lembrar da minha infância e quando perdi esse sentimento. Acredito que todos os adultos perdem em algum momento da vida. Foi mais difícil do que parecia e não consegui lembrar, mas estou refletindo bastante a respeito e espero trazer um pouco de volta essa criança.
     

     

    Shitshurei Shimashita Sensei, gostaria de escrever mais, porém estou em viagem ainda e com internet limitada, estou escrevendo do celular.
    Domo Arigato Gozaimashita, pela atenção que o Sensei me dispensou nesses dias."


    Guimaraes (Un Ponta Grossa)

     

    Ainda estamos em abril e Guimarães, como eu, já vivemos intensamente neste ano: esteve no 1º Encontro de Coordenadores e Monitores em Vitoria, Shin nen kai, no Gashuku de Shiai e agora estará no 10º TBKO, onde comemoraremos os 10 anos da Unidade Niten em Belo Horizonte.
    Quem sabe , não é isso o que estamos tentando reencontrar e que deixamos la atrás na nossa infância?
    O viver intensamente,
    como uma "crianca" ..
























    O viver intensamente como uma "criança"

    Tags: Evento, Gashuku,
    28-abr-2011

    Gashuku de Shiai 1

    O Gashuku de Shiai, realizado nos dias 16 e 17 nas dependências do templo Nikkyoji, atual Unidade Vila Mariana e nas Faculdades Integradas Guarulhos vai ficar na lembrança dos que estiveram lá.
    Deixo para todos alguns relatos e imagens que podem, mais que mil palavras, demonstrar o que se passou por lá:

    "Participar dos eventos do Niten é sempre novo e gratificante, tenho sempre aprendido muito com o Sensei e os Sempais sempre prontos, observando e corrigindo. Sinto que o objetivo do Gashuku foi cumprido mas a meta continua porque o aprendizado não tem  fim .


    "é sempre novo e gratificante"
    (note a técnica com as mãos invertidas)


    "o objetivo do Gashuku foi cumprido"

    Acredito   que  palavras bonitas e corretas  eu  não tenho  para demonstrar  todo o  meu  agradecimento,  a  forma   que   eu  posso fazer isso é com  minha presença constante nos treinos, minha dedicação no aprendizado e garra no shiai e principalmente estar sempre próximo do Sensei.
     


    "presença constante e estar proximo ao Sensei"

    Iai  é o inicio o Kenjutsu é o meio e fim, o shiai é prova, a reflexão com a concentração, reagir com a espada e o corpo fundidos a cada reaçao.....Ki


    "Iai é o início..."


    "o Kenjutsu é o meio e fim..."


    "o Shiai é a prova..."

    Não posso  esquecer  da  minha  lição de casa , finalização do corte com tensão sem "quebrar"  a mão, movimento, precisão........ Ki.
    Fusari - Unidade Campinas


    "finalizaçao do corte sem quebrar a mão"


    "Ki"

    25-abr-2011

    Dia do Samurai e Ascalon

    Ontem, dia 24 de abril.
    Comi bacalhau, chocolates e muito vinho. Páscoa.
    Ontem, Dia do Samurai.
    Recebi várias mensagens e algumas deixo-as aqui:
     

    Nossa família deseja ao senhor um feliz aniversário.
    E mais uma vez congratulá-lo pelo brilhante trabalho que lidera.
    Não é fácil ser Samurai.

    Netto - Unidade Porto alegre


    O/tanjoubi o/medetou!!
    Desejo ao senhor muita saúde, paz e alegrias...
    Busquei no Niten um "esporte" e encontrei muito mais...
    Encontrei além dos ensinamentos da Arte da Espada, o Bushido com todos os seus ensinamentos de vida...
    Além de aprender a cada dia um pouco mais sobre a cultura dos nossos ancestrais...

    Makoto - Unidade Nova Iguaçu


    Otanjobi Omedetou gozaimassu Sensei!
    Desejo ao Sensei muita paz, saúde e alegrias no Caminho.
    Que o Sensei possa por muitos anos continuar nos mostrando a Espada que dá a vida!

    Bruno - Unidade Ribeirão Preto


    Escrevo para desejar ao Sensei, muita luz e prosperidade em mais este ciclo que se iniciou hoje com o aniversário do Sensei.
     E neste momento de renovação que o Niten possa também iniciar novos ciclos e a cada ano tornar-se o formador de gerações de samurais cada vez mais fortes e com o kiai de guerra necessário para fazermos, a cada dia, mais diferença em uma sociedade que se perde a cada minuto.

    Pablo - Unidade Rio de Janeiro


    Sou aluno da Unidade Niten de Curitiba, meu nome é Bruno Zorek. Escrevo, em primeiro lugar, para oferecer meus cumprimentos pelo seu aniversário. E também porque se comemora hoje o Dia do Samurai, evento que consolida, ano após ano, o Niten no Brasil e pelo qual o senhor também merece os parabéns.
    Portanto: meus parabéns, saúde e força para continuar a luta!

    Zorek - Unidade Curitiba


    Gostaria de te felicitar pelo seu aniversário Sensei! Saiba que minha vida mudou muito para o melhor desde que entrei no Niten. A espada que dá vida em abundância me reviveu, minhas atitudes mudaram e minha força para enfrentar a vida é outra, arigatou gozaimashitá Sensei!
    Aqui em Porto Alegre o nosso treino teve bastante kiai, e terminamos com um birudo em sua homenagem .

    Bruno - Unidade Porto Alegre
     


    "Busquei no Niten um "esporte" e encontrei muito mais..."


    O aluno tem razão. Não é fácil ser samurai.
    Pois, não bastasse os nossos inimigos internos, temos que lutar contra os invejosos, ingratos , demônios e dragões.
    Dragões que a sociedade insiste em criá-los e, em seguida, ignorá-los.
    Ficam soltos.
    Não há outra maneira. É com a Espada que da a Vida que se combate os tais dragões .
    Não é fácil. Mas é com o Dia do Samurai que a manteremos afiada.
    Ascalon será eterna.

    Meu arigato a todos.


    Ascalon será eterna.

    20-abr-2011

    Kudens em Ribeirão

    "Konbanwa** Sensei,

    Mais uma vez gostaria de falar que foi uma imensa honra para mim ser convidado a acompanhá-lo para Ribeirão Preto, mesmo eu estando no Niten a pouco mais de um ano. Conviver com o Sensei por quase três dias consecutivos, dentro e fora do dojo, é uma experiência única e inigualável. Por estar ao lado do Sensei o dia todo, pude conhecê-lo melhor fora do dojo e desfrutar da vasta sabedoria nas palavras do Sensei. Aprendi muito sobre o Niten, sobre o Bushido, e acho que principalmente sobre a vida.

    Um soldado na guerra não conhece todos os diferentes lados dela, somente o que ele vê à sua frente. Já os oficiais e generais, por olharem a guerra de um plano superior, conseguem enxergar todos os lados dela e podem transmiti-las aos soldados (disse-me o Sensei). Sinto que nesse período, meu general, o Sensei, me mostrou alguns desses outros lados aumentando meu conhecimento sobre minha guerra pessoal - o vestibular e a vida - e também sobre minha guerra no Niten. Tomarei cuidado com aqueles que "apontam a lua" (Kuden** do Sensei) e entendi que coisas feitas prudentemente e reverentemente, fluem muito melhor do que as que não são feitas dessa maneira. Shincho**. Esse último ensinamento prevalecendo na viagem de uma maneira incrível. Levarei os ensinamentos no coração e tentarei utilizar deles sempre que possível.

    Nesse fim-de-semana tive meu primeiro Gashuku*** também. Conheci os meus irmãos em arma de Ribeirão Preto e pude cruzar espadas com alguns deles. Foi um treinamento puxado e forte, mas creio que ele fortaleceu meu espírito e meu entendimento sobre algumas técnicas. O pessoal de Ribeirão Preto é muito acolhedor, simpático, forte e sincero. Fiquei feliz em conhecê-los e treinar com eles.

    Mais uma vez Sensei, arigatou gozaimashita por me conceder essa grande honra e por me ensinar e conceder coisas para refletir. Se convidado novamente aceitarei o convite sem pensar duas vezes
    ."
    Patrick - Unidade Vila Mariana Nikkyoji


    *Konbanwa= boa noite
    **Kuden/Shincho= segredo passado via tradição oral
    ***Gashuku=treinamento intensivo

    Patrick me acompanhou a Ribeirão Preto para o Lançamento do Shin Hagakure no sábado passado. Depois disso participou do Gashuku que eu havia prometido ao pessoal da região.
    Carregando as malas e atuando como assistente em toda a viagem, passou por  alguns estresses desde o inicio, superou-os em pouco tempo,  finalizando a sua missão ao chegar em Cumbica , sem intercorrências. Não precisou pagar nenhum "sapinho" (passou raspando).
    A missão terminou na segunda-feira à tarde, de modos que teve de se ausentar na escola.
    Perdeu um dia de aula , mas ganhou o ano.
    Aprender as matérias da escola é importante, mas aprender os Kuden da vida é muito mais...(acredite , se quiser)


    "Partindo para a missão: carregar malas e check-in"


    "Conheci meus irmãos em armas de Ribeirão Preto"


    "Foi um treinamento puxado e forte"


    Depois do churrasco ,"aqueele" café de Ribeirão


    "Levarei os ensinamentos no coração e tentarei utilizar deles sempre que possível."


    Uma feliz Páscoa e renascimento a todos.

    18-abr-2011

    Gashuku em Ribeirão Preto

    As Fotos do Gashuku realizado nos dias 2 e 3 de Abril junto com o lançamento do Shinhagakure em Ribeirão Preto. Junto delas impressões enviadas por alunos que participaram.

    "As observações do Sensei em detalhes que eram imperceptíveis nos fazer ter a sensação de levar uma sequência de Ippons.

    Apesar dessa sensação; a doçura e atenção, a generosidade de alguém que quer que aprendamos ser pessoas melhores nos confortam e direcionam no caminho.

    Um treino puxado, rígido para forjar o espírito e o caráter.







    Segredos revelados para quem se esforça e transforma a dificuldade numa escada para superação. "Trabalhe a curta distância!"

    Até o último minuto, num café da manhã no aeroporto é um momento mágico de aprendizado convivendo com o mestre.
    Dias intensos e felizes."

    Donega - Unidade Ribeirão Preto)

    "À noite, no jantar de confraternização, alguém me disse à mesa: "- O Sensei tem um Kiai impressionante!"

    Não, ele não se referia ao Sensei em luta, em Shiai... Ele se referia à presença de espírito do Sensei, à sua liderança, seu "Kamae" diante da vida. Naquele momento senti que aquela frase sintetizava todo o sentimento envolvendo aquele final de semana, desde o Lançamento do Shinhagakurê até o Gashuku: KIAI.

    A energia do grande general, chegou a todos como um brado militar no alto da colina, e treinamos no domingo em ritmo de kakarigeiko!

    De toda a técnica, de todo o suor, o que esse Gashuku trouxe de mais exemplar foi o Kiai do Sensei: omedetou a esse aluno... conseguiu ver o que não pode ser visto!"
    Cristiano - Unidade Ana Rosa

    "Para minha infelicidade não pude treinar, pois estava lesionado. Fiquei encarregado das fotos, e para esse motivo me mantive em todos os treinos. Em certas horas conversava com o Sensei, onde recebia ensinamentos. Algumas horas, Sensei dizia coisas dos katas do Bushidô, e outras até de métodos e técnicas de fotografia.

    Ás vezes pensamos que se estamos lesionados, não conseguiremos aprender nada, mas é aí que está o equívoco . A convivência com o Sensei é algo que vale muito, mesmo não podendo treinar é algo essencial. Só de estar com o Sensei, de escutá-lo atentamente, havia aprendido inúmeras coisas."
    Bassi - Unidade Ribeirão Preto

    15-abr-2011

    Shin Hagakure em Ribeirão Preto

    "Foi ótimo, realmente gostei muito do lançamento, estou lendo e achando o livro muito bom, incentivo as pessoas à adquirirem o livro, as palavras escritas incentivam a pessoa a ir para frente com um pensamento mais moderno. Muito valido para os dias atuais, principalmente na correria do mundo moderno.
    Outro aspecto que me deixa feliz é passar a história de meus antepassados para a geração mais nova.
    Agradeço novamente o convite do Sensei Jorge Kishikawa."

    Massaro Fujyi - Presidente da Associação Japonesa de Ribeirão Preto

    "Foram dias bastante intensos nessa batalha.
    Acho que minha maior lição é realmente ver que numa batalha não se pode perder um segundo da atenção e ter a frieza para tomar decisões com discernimento e bom senso. Depois da experiência de ter feito um torneio, o lançamento de um livro parecia mais fácil. Ledo engano. Foi bem mais difícil. Lidar com variáveis que não conseguimos controlar, imprevistos que nem imaginamos e achar que algo aparentemente simples é muito mais complexo, fazem a diferença no campo de batalha."

    Donega - Unidade Ribeirão Preto

    SHIN HAGAKURE EM RIBEIRÃO  : KIAI!

    "Quando cheguei a Ribeirão, no lançamento do Shin, meu coração se alegrou quando distingui, em meio à multidão de traseuntes, alguém de kimono e hakamá, emblema do Niten na gola e sorriso no rosto, e em zanshin por estar em Missão!
    Dentro da loja da FNAC, samurais do Niten faziam apresentações com seus shinais e bokutos, pessoas curiosas acorriam para conhecer aquela arte milenar que, surpreendentemente, tomara de assalto seu passeio de sábado pelo Shopping."

    Cristiano - Unidade Ana Rosa











    14-abr-2011

    Kenjutsu - Uchikote



    /center>




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h