Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei




Retornar para últimas postagens

    27-dez-2011

    Final de Ano: Niten é Gashuku!

    "O retornar do Gashuku (Cs . 27 dez.  - Último Corte 2011) realizado em São Paulo neste último final de semana, eu decidi não escrever de imediato sobre o evento. Queria refletir um pouco sobre o que foi para mim o meu primeiro (de muitos, eu espero!) Gashuku. Não queria que o cansaço da viagem, que foi um tanto longa, atrapalhasse a minha reflexão. Por isso, somente hoje, passados dois dias, eu decidi deixar meus pensamentos se tornarem palavras. A viagem até São Paulo foi um bom momento para conhecer melhor os companheiros de dojô (local de treino).






    "conhecer melhor os companheiros de dojo"

    Conversamos muito, rimos, ouvimos as dicas dos mais experientes sobre tudo que estava por vir durante o Gashuku e como deveriamos nos comportar.








    Ao chegar na unidade da Vila Mariana,




    Treino no Dojo Vila Mariana - Templo Nikkyoji

     

    eu confesso que estava preocupado em fazer tudo da melhor e mais correta forma possível, para que meus erros não se transformassem em constrangimento e problemas para o Sensei, para os Senpais e para os colegas de treinamento, pois às vezes eu ainda não sei direito o que devo ou não fazer ou como me portar. Por isso, estava com o coração acelerado e um pouco nervoso.

     

    Todo esse nervosismo foi se transformando em tranquilidade e alegria durante todo o evento.





     

    Por exemplo, quando entrei no dojô na Vila Mariana e Senpai Gilberto me recebeu com um sorriso,como se me conhecesse a décadas.


    Sempai Gilberto


    Durante o treinamento de Dai Ichi Kihon onde Senpai Fugita nos ensinou com entusiasmo e alegria contagiantes.


    Fugita - entusiasmo e alegria

     

    Durante o almoço na conversa tranquila com Senpai Wenzel, que transborda humildade e serenidade (que espero um dia poder alcançar).


    Sempai Wenzel ensinando as crianças

     

    Nas conversas com Senpai Fujimura durante os intervalos das atividades, sempre me incentivando e preocupado com o bem estar de todos no alojamento.


    Fujimura incentivando todos

    Durante a confraternização, onde senti a alegria de todos, como irmãos que se encontram depois de muito tempo separados.



    Durante o exercício com o Sensei na manhã de domingo, onde até o sol se fez presente, iluminando de maneira especial aquele momento de ouro.



    Na sabedoria dos ensinamentos de Michiko Sensei sobre Shodo e de Kishikawa Sensei sobre Oda Nobunaga e a história dos Samurais e do Japão.

    Enfim, esses e outros momentos foram muito especiais para mim e confesso que me emociono e escrevo este relato com um nó na garganta ao lembrar de tudo isso e todas as pessoas que tive a oportunidade de conhecer e que compartilharam comigo estes momentos. O mesmo nó que senti ao me despedir do Sensei ao final do Gashuku e ver a sinceridade no olhar do Sensei quando me disse que estava muito feliz por todos nós estarmos ali. É difícil traduzir em palavras o significado de tudo isto, algo que foi uma experiência transformadora do meu espirito e acredito que jamais serei o mesmo depois deste evento.

    Meus agradecimentos ao Sensei, ao Kishikawa Sensei, a Michiko Sensei , aos Senpais, aos companheiros de Gashuku, a todo o pessoal da organização e a todas aquelas pessoas que nos auxiliaram de maneira quase ``invisível`` (limpeza, segurança, transporte, cozinha, entre outros), que tornaram este evento maravilhoso possível.




    "Meus agradecimentos a todo o pessoal da organização"


    "Sensei estava muito feliz por todos nós estarmos alí."

    Me sinto abençoado e privilegiado em ter compartilhado estes momentos com todos vocês.
    Sayonara. Arigato Gozaimashita. - Camina - Florianopolis

     

     




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h