Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

08-jan-2010

Tsui, Kyo wo yaburu!

Bozu é o nome que se dá aos aprendizes de monges.
Tem a rotina deles como a de qualquer outro. Como você, trabalham, estudam, fazem seus afazeres. E, o mais importante: oram lendo os sutras.
No início, entram empolgados e acham tudo maravilhoso.
O tempo vai passando e alguns começam a demonstrar o seu verdadeiro Eu. Falo, neste caso, daqueles que não compreenderam o verdadeiro significado dos sutras.
Então começam a inventar desculpas como chegar atrasado e não fazer as coisas bem feitas.
É o começo.

Depois passam a fazer coisas piores.
O mestre, percebendo a erva daninha que começa a se instalar no monge aprendiz pergunta:
- Pequeno gafanhoto, por que não leu os sutras?
O já pseudo monge (a esta altura do campeonato) tem uma resposta na ponta da língua:
- Do ga yugande kyo ga yomenu.
No Japão, os templos eram feitos de madeira, e com o passar dos anos o chão cedia e ficava um pouco torto.
Traduzindo literalmente o "Do ga yugande kyo ga yomenu": Não li os sutras porque o chão está torto.
Desculpas esfarrapadas como esta somos obrigados a ouvir daqueles que nunca fazem as coisas direito e até encontram tempo para fazer as coisas erradas.
É o meio.

Quem já não teve a empregada que sempre tem uma desculpa para não fazer a limpeza do jeito que a gente mandou. E aquele funcionário com "cara de peixe morto" que faz "corpo mole" durante o expediente. Ou aquele que vem todas as segundas feiras sempre com alguma desculpa porque chegou atrasado.
Bem, mas a história não para aí.
Chega-se a um ponto que não há como esconder. O pseudo monge já não tem mais conserto. Tem que sair. Se tornou herege.
Sai. Ou é convidado a sair.
Ao sair, tenta provar que nada fez de errado. Culpa o mestre, o templo, o sutra e, se não tiver o que culpar, inventa.
E, num acesso de loucura e raiva, blasfema:
- Tsui ,kyo wo yaburu!
(Por fim, rasgo o sutra!)
E rasga o sutra.
É o final.

Moral da história: faça as coisas direito para não se rebaixar ao desprezível "cuspir no prato em que comeu."
Oremos por estas almas.
Gasho. Mãos em prece...

"Do ga yugande Kyo ga yomenu
Tsui, Kyo wo yaburu!
"

 

05-jan-2010

Renove!

Passado o período de festas ("farra", para alguns), estamos aqui.
Okagesama! (#)
E então, nos lançamos a pergunta que todos nos fazemos:
- O que é que eu vou fazer neste ano...
- O importante é renovar os nossos conceitos - direi eu.
Vou lhe dar um exemplo:
Numa era em que todos correm por emprego e trabalho desesperadamente, fazer outras atividades que não ligadas diretamente as suas áreas torna-se supérfluo, ou melhor parafraseando, "secundário". Ou melhor, o "menos importante".
De fato, pensam a maioria , que se dispuserem de 2 horas para preencher alguma atividade, melhor fazer um curso de inglês ou computação e etc por ai vai o monte de "necessidades".
Talvez uma academia para malhar, pois manter o corpo belo e saudável também é vantajoso, já diziam os gurus há dez anos no mundo corporativo. Ou algo para relaxar , porque tirar o stress também é importante.
Mas "virar um samurai, no meio dessa correria, jamais", pensam a maioria.
- Em meio a esta correria, você entrar num "templo" para virar um samurai é uma grande idiotice , ou no mínimo insano. Você deve estar "pirando". Vai estudar - dirá o seu amigo, a sua namorada ou algum parente querido.
Pensando bem, pode ser.
Leia o relato de um aluno que entrou no nosso "templo" e colocou o Niten em seu currículo:

"Nessas últimas semanas, ouvimos do Sensei sobre algumas pessoas em nossas vidas que tentam nos afastar do caminho, mesmo que sem intenção. Pais, irmãos, amigos, sempre dizem: 'pra que isso?! O Niten não vai te levar a lugar algum...'.

Pois bem, nessa semana, consegui uma entrevista de emprego. Contudo, ao chegar no local, percebi que não era o único procurando pela vaga. Admito, fiquei um pouco decepcionado ao saber que alguns dos concorrentes possuíam duas ou mais línguas no currículo, sendo que eu possuo apenas o inglês básico. Outros tinham diplomas de computação e eu, apenas procurava o primeiro emprego. Estava entre 10 concorrentes e me via sozinho. Entretanto, não perdi as esperanças.

Pouco a pouco fomos sendo chamados, e cada um que saia da pequena sala, tinha um sorriso no rosto. Fui o quinto. Por mais de meia hora conversamos e o resultado parecia negativo, porém, me perguntaram se eu praticava algum esporte.

Citei o nome do Instituto Niten, e comentei também sobre o Bushido. A entrevista começou a ficar cada vez mais interessante quando mostrei o Shin Hagakure que eu levo sempre comigo. Comecei a explicar mais sobre a disciplina que o nosso Sensei nos ensina. Pois bem, conversamos por mais de uma hora sobre o assunto e por fim, fui contratado, sem nem mesmo dar chance aos outros concorrentes. Essa foi minha primeira “Guerra” vencida.

Em uma semana, meu chefe disse que foi uma boa escolha. E pretendo que cada vez mais ele tenha consciência disso, pois levo o nome Niten comigo. Todos deveriam pensar da mesma forma. Pois isso é o Bushido.

Para aqueles que ainda pensam que ser um Samurai não nos leva a nada, reavaliem seus conceitos..."
- G.H. Santos (aluno Unidade Faria Lima)

Pensando bem, é melhor não pensar.
Porque ao pensar, o que pode parecer insano pode ser, na realidade, a cura...

Renove!!!

Shin Hagakure - Pensamentos de um Samurai Moderno
remédio para muitos males
(nem que seja temporariamente...)


Segue lista de visitas (23dez - Paz e Harmonia):
- Maria Santos Gedraite (Unidade Ana Rosa)
- Estevão (Unidade Ana Rosa)
- Harumi (Unidade Ana Rosa)
- Takeshi (Unidade Manaus)
- Cláudia Keiko Uchiyama (Unidade São José dos Campos)

Tags: ShinHagakure,
29-dez-2009

Retrospectiva

2009 marcou o coração de todos pelo convívio.
Mais do que ganhar ou perder, torneios ou graduações, o importante é conhecer.
Conhecer e compreender o que os antigos descobriram e que foi imortalizado nos filmes. Nos livros. Nos katas.


Segue meu agradecimento a todos da lista de visitas (23dez - Paz e Harmonia)

-Guimarães (Ponta Grossa)
-Castilho (Ana Rosa)
/>-Gilberty Miglioli (Campo Grande)
-Otávio Saito(Ana Rosa)
-Herculnao (Curitiba)
-Rocco Marlon (Curitiba)
-Nirvana (Campinas)
-Paulo Bispo (Ana Rosa)
-Massao Vilela (Faria Lima)
-Mendes Rodrigo (Itaim)
-Kenzo Dino ( Rio de Janeiro)
-Osmar (Guarulhos)

UMA BOA ENTRADA DE ANO PARA TODOS!!!

23-dez-2009

Paz e Harmonia

Agradeço, de coração, pela visita de final de ano:

*não foi possível colocar fotos de todos , motivo pelo qual deixo-os na lista
caso não tenha sido citado, favor entrar em contato com a adm.
 

Paz e Harmonia no coração...só assim seremos felizes.
UM FELIZ NATAL A TODOS!





Ricardo Donegá de Ribeirão Preto e Carol Figueiredo de São Paulo


Brito de São Paulo


Rodrigo Bassi e Bruno Chiarella de Ribeirão Preto


Ricardo Nardinelli, Larissa e Ian de Campinas


Carina, Andrew e Gilson de Sorocaba


Victor Fujita de São Paulo


Emerson Fujimura São Paulo


-Daniel Uehara
-Ishida
-Venturelli
-Fabricio Toscano
-Wenzel Bohm
-Cansian
-Bruno Dangelo
-Maria Claudia
-Familia Sakamoto
-Akira Nishizaka
-Meriguetti
-Fukuta Marcio
-Juliano Cuomo
-Simoes Francisco
-Joao Victor Cruz
-Izumida Toshie
-Arruda Paulo
-Kimura Silvio
-Urbanavicius Bruno
-Danilo Pedroso
-Fachinelli
-Alejandra Bustamante
-Ana Tomita
-Dutra RJ
-Oguri
-Marques Daniel
-Seite Nishikawa
-Adalberto Linhares
-Enio Moura
-Dierk Roesler
-Lupo
-Mauricio Sakura
-Pietro
-Familia Hsu
-Varasquim
-Familia Caous
-Demberg
-Koiti
-Masaro
-Silverio
-Oishi
-Rodolfo
-Vital
-Ribeiro
-Araujo
-Familia Bispo
-Maryanna
-Midori Saito
-Lucas Branco
-Marcelo Cortes
-Roberto Mendes
-Apoena
-Kikuti
-Poli Marco
-Gilberto Vieira
-Artur Roque
-Ueda Marcos
-Ruy Miyadaira
-Tadashi
-Luciana Shimabukuro
-Braun
-Helio Devaldo
-Familia Stefani
-Marchese

22-dez-2009

Gashuku 8 - Samurais artistas



"Companheiros, seja em tempos de guerra ou nos minutos de paz"
- Brandolin (Unidade Ribeirão Preto)



"Me diverti bastante com as apresentações de desenho, a coreografia genial dos alunos de Ribeirão Preto, as músicas de Chile (ay palomita/ay corazoncito...), a música e performance russa do Basílio, a programação hilária do Ariel-senpai ("apresentação de dança japonesa feminina por Akira Nishisaka"), as músicas muito bem executadas pelo Fugita-senpai e pelo Endel, a propaganda de vinhos do Mitsuo, os sambas, a gaita tocada pelo Sensei!..".
- Patricia (Unidade Campinas)


 

 
 

21-dez-2009

Gashuku 7 - Guerreiros na Selva

"Treinar é preciso
Ar das montanhas, frio
Conversas, acaloradas
Conviver é essencial"
- Ian (Unidade Campinas)

caminhada no gashuku

"Os gritos dos samurais do Niten ecoaram sobre a montanha, que retribui abençoando-nos com um bom clima em meio aos dias de chuva que castigaram a cidade de São Paulo. Ameno nas tardes, de sábado e domingo, e com uma bela manhã ensolarada no domingo, onde foi possível aproveitar o calor do sol durante a caminhada com o senpai Fugita"
- Araújo (Unidade São José Campos)

guerreiros na floresta

"O ar que inspira o Guerreiro que grita
a noite se agita e o momento se cria

Guerreiros na selva estão a cantar
copos então, vão se encontrar

Palavras como folhas, minúcias nunca tolas
Olhos que veem, corações que sentem

Em harmonia convivendo
dessa forma vivendo
sempre aprendendo."
- Fugita (Unidade Ana Rosa)

mokuso

18-dez-2009

Gashuku 6 - Gokuis na Serra

"A beleza de ser um eterno aprendiz". - Victor (Unidade Fortaleza)

treinamento de kusarigama

"Neste fim-de-semana, além de ter treinado estilos como Katori, Sekiguchi, Niten Ichi ryu e ter aprendido armas diferentes tais como Naginata, Jitte e Kusari-gama, pudemos ainda ter a felicidade de ouvir a narração e explanação do Sensei sobre a luta de Sasaki Kojiro e Musashi Sensei.
Os Gokuis* e os Hidens* estavam todos ali na Cantareira" - Bruno D'angelo (Unidade Faria Lima)
*Gokui e Hiden= segredos da arte

gashuku na serra

"Katori Shinto Ryu é um tesouro do Japão,
com longos katas de difícil absorção.
Honrado por receber os segredos, eu admito,
e pela honra entrego meu corpo e espírito.

"Tem início o Gashuku na Serra da Cantareira,
que recebe Samurais desta imensa terra Brasileira.
O céu se ilumina para receber os guerreiros,
inclusive alguns esforçados colegas estrangeiros.

"Na quadra de esportes tem início a orientação,
os alunos observam o Sensei com toda a atenção.
Estranho o sol a pino e o áspero chão,
mas mesmo assim sigo com minha missão.

"O primeiro kata já me parece decorado,
mas a cada treino descubro estar errado.
Sei que o aprendizado será árduo e infinito,
e por isso estou presente com todo meu espírito." - Carol (Unidade Ana Rosa)

treinamento de katas
 

*Recado Niten SP
As atividades do Niten São Paulo seguem normalmente até o dia 30 dez. O único recesso será dia 02 jan, na Unidade Faria Lima, neste dia não haverá aula.
Após este dia, treinos normalmente a partir do dia 04, quando haverá treino na Unidade Ana Rosa.

17-dez-2009

Nippon Imin Banzai!

Chegamos ao final do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil com o dever cumprido.
Aliás, um ano muito corrido para todos nós, descendentes de japoneses, líderes e organizadores.
Apresentações, lançamentos, homenagens. A vinda de Kotaishi* selou a magnitude do evento.

Os eventos realizados pelo Niten perfazendo "O Caminho do Imigrante" em toda a trajetória, desde o Porto de Santos, a estada na Casa do Imigrante comemorado no Dia do Samurai, as lavouras do café em Ribeirão Preto e o retorno à metrópole São Paulo. Neste último, realizamos no Pq Vila Lobos o megaevento onde mais de 200 samurais vestidos com equipamentos de proteção soltaram o verbo no Grito Samurai. Foi também o dia em que, pela primeira vez nas Américas, samurais vestidos com yoroi* perfilaram montados a cavalo!

Bem, tudo isto não teria sido possível não fosse o apoio que tivemos de toda a colônia japonesa e os órgãos governamentais de cada região.

Em Campo Grande, fechamos o Centenário com chave de ouro e alegria. Vai aqui o meu muitíssimo arigato principalmente a todos do Mato Grosso do Sul e aos japoneses e brasileiros que nos apoiaram durante todo esse ano.
Nossos ancestrais tiveram o que merecem.

Nippon Imin Banzai*!!!



 
*Kotaishi= Alteza Imperial príncipe Naruhito
*yoroi= armadura dos samurais
*Nippon Imin Banzai= Que a Imigração Japonesa tenha longos anos de vida!

17-dez-2009

Gashuku 5 - Jitte e bom humor

audio-visual com o sensei
"Convívio com o Sensei, que a cada palavra é um aprendizado sobre os katas do Bushidô, sobre a história dos estilos, historias sobre o Niten e até mesmo aprendizado sobre a vida, sempre mesclando sabedoria e bom humor" - Bassi (Unidade Ribeirão Preto)

kata de jitte
"Muito foi ensinado, muito foi vivido, como em outros gashukus novamente retornei à minha casa com o espírito saciado" - Arruda (Unidade Faria Lima)

kata de jitte
"Muitas técnicas, muitos katas, muitos detalhes, muita interação, muita convivência" - Sanches (Unidade Itaim)

16-dez-2009

Gashuku 4 - Ki do Sekiguchi Ryu

"Nesse gashuku pude aprender mais katas de Sekiguchi Ryu, no treino de domingo de manhã.
Esse estilo é muito interessante não apenas com relação às técnicas, mas também com a parte do ki. Em abundância."
- Patricia (Unidade Campinas)
"Em um lampejo, talvez, espadas virem raios de Sol"
- Cortes (Unidade Rio de Janeiro)




"O laço que nos une é feito de todas as cores.
Todas as cores se entrelaçam e formam o Caminho.
Caminho este que trilhamos juntos com o fim de nos tornarmos pessoas melhores."
- Patrícia (Unidade Campinas)




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h