Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

21-jul-2008

Lapidar a espada com o Zen 2

Hoje trago a vocês alguns trechos da palestra com nossa amiga, a Monja Coen e algumas palavras que tenho dito aqui no café:

"Cortar a delusão e trazer a verdade. Este é o espírito do Zazen.
Quando nós nos entregamos é que a prática começa a se manifestar.
No treinamento buscamos a exaustão"




O brilho do suor nas lâminas é o que faz a espada ser lapidada.

Monja Coen e Niten.
Falamos a mesma língua

18-jul-2008

Lapidar a espada com o Zen

Já considerado parte do treinamento no Niten, a palestra de monja Coen , nossa amiga e apoiadora, como sempre, trouxe maior luz e sabedoria a todos os nossos alunos.

Precedida por um treinamento exaustivo de kenjutsu, disse em sua palestra, que ficou surpresa ao ver tanta adrenalina e garra dos alunos, equiparando-os a guerreiros num campo de batalha.

Conceitos importantes como a aniquilação do ego com a prática da espada, o não apego a questões de ordem material ou intelectual, reforçaram os princípios que tenho insistido a todos: a nossa prática deve ser, na sua essência, a busca da Verdade.

Desta vez, com o tema "Lapidar a Espada com o Zen", monja Coen não só respondeu a muitas dúvidas que rodeiam o consciente de muitos, mas me reforçou o que eu já imaginava:

Que as dúvidas não se respondem com o intelecto.

17-jul-2008

Votos de Louvor

"A ACADEMIA BRASILEIRA DE ARTE, CULTURA E HISTÓRIA – é uma entidade cultural sem fins lucrativos conforme Decreto Federal número 4.858, em desenvolvimento desde 1910, de quando datam seus primeiros registros. Seus principais objetivos estão relacionados à promoção da Cultura da História Pátria e dos valores fundamentais da nossa sociedade.
Nos anos 50 e 60, homens como Afrânio de Mello Franco, José Honórario Rodrigues, Luiz Câmara Cascudo e Dante de Layatano desenvolveram significativa programação promovendo a História do Brasil. A partir de 1987, quando da comemoração de seus 30 anos de exercício efetivo, reorganizou suas atividades e passou a promover eventos, com o objetivo de estreitar a convivência de historiadores, artista, profissionais liberais e empresários, fazendo desta uma contribuição direta ao desenvolvimento da realidade cultural do país."
 - diz o texto explicativo da entidade .

O Instituto Cultural Niten recebeu a homenagem "Votos de Louvor", desta renomada entidade e que exponho a você:



Gokurosama a todos que estiveram direta ou indiretamente no Niten.

Agora, fazemos parte da história deste país.

"No trabalho e na virtude a cidade floresce" - lema de Campinas

16-jul-2008

Ishin Ryu Kusarigama

O estilo Ishin Ryu Kusarigama Jutsu foi fundado há quase 600 anos e é considerado uma das manisfestações do kobudo* mais antigas.

Seu fundador, Nen Ami Jion, era um monge que ermitou nas montanhas inóspitas a noroeste do Japão onde os ventos fortes chegam a derrubar pinheiros e destruir casas.

Consta nos escritos que , ao fazer meditação (zazen) em cima de uma pedra, teve um lampejo de iluminação, momento que idealizou a arma kusarigama*.

Tive a oportunidade de conhecer estas montanhas ao lado do mestre Tsunemori Kaminoda, atual soke* deste estilo.

Foi uma caminhada ìngreme de quase duas horas, e que no final, no cume, se encontra um pequeno butsudan* em sua memória. 
Disse mestre Kaminoda que foi lá que ele ermitava.
Simplesmente fantástico!

Veja:




*kobudo = ko(antigo)+bu(samurai)+do(caminho) = tradições guerreiras dos samurais
*kusarigama = kusari(corrente)+kama(foice)
*soke = grão-mestre, representante
*butsudan = altar

15-jul-2008

A força da corrente

A foto de ontem veio do Rio de Janeiro. Trata-se de um kata de kusarigama*, do estilo Ishin Ryu, cujo fundador foi Nen Ami Jion há quase 600 anos.

Junto à foto, consta um relato interessante que me fez lembrar da época em que a minha esposa Mika também praticava o jo*, para fazer dupla comigo.
Veja:


Percorrendo "o caminho" de mãos dadas.

A primeira coisa que vem a mente quando se vê um casal lutando ou medindo forças em um treino, seria: Será que resolvem suas pendências em um duelo? Não, na realidade nossa vivência no Niten, nos proporciona um mesmo código de conduta, que nos une e fortalece.

As vantagens de se percorrer "o caminho" como um casal é enorme, pois a capacidade de aprendizado aumenta quando trocamos percepções sobre estratégias, intuições sobre combates, as dicas dos Sempais, além de podermos ficar despreocupados com relação às viagens de treino, como gashukus e torneios.

Assim como obter um conhecimento e não aplicá-lo não é sábio, tentamos trazer para a nossa vida em comum as pérolas aprendidas nos treinos e encontros como: a cordialidade com o outro, o incentivo em encarar de frente os problemas do dia-a-dia, assumir os atos com determinação, relembrar aquilo que foi corrigido, abrir-se ao novo, entre outras coisas. Quando um está desanimado, ou perante a um desafio profissional, muitas vezes dizemos ao outro: Kamae! Imediatamente, vem o sorriso, pois relembramos que somos guerreiros, e que é preciso enfrentar com coragem as adversidades da vida. 

Temos tido sorte de muitas vezes, sincronizar nossos interesses. Além do kenjutsu, nosso atual desafio é a kusarigama. Estamos treinando juntos com o objetivo de encontrarmos a harmonia dos movimentos de tão bela e misteriosa arma, onde esperamos "amarrar" ainda mais nossa união.

A cada dia que passa torna-se mais notável, o quanto o caminho da espada trilhado em conjunto pode trazer muitos benefícios para uma vida a dois, pois treinamos não somente a arte da guerra, mas também a arte de viver e podemos afirmar por experiência própria que o casal que treina junto estabelece um laço muito mais forte.
Domo Arigato Gosaimashita Sensei pela oportunidade.



Com a corrente do kusarigama, o casal vai estar mais unido e juntinho para percorrer o mar da vida.
Não vale ficar de "olho gordo", hein?!
Que todos tenham esta sorte.

* kusarigama= kusari(corrente) + kama(foice); uma das armas utilizadas pelos samurais, conhecida como foice e corrente
* jo= bastão, cajado

 

11-jul-2008

Guardião da Fraterna Integração Nipo-Brasileira

No Café de hoje , quero mostrar a você esta homenagem recebida pelo Instituto Cultural Niten:





Guardião.

Palavra afim a nós, guerreiros, teve origem no latim wardianus, que tem o sentido de "sentinela", "aquele que tem o encargo de vigiar".
E hoje em dia utilizada nos seguintes termos:

- Pessoa ou entidade que, por forte afeição, defende aguerridamente algo ou alguém; protetor, conservador, depositário .
No caso do Instituto Cultural Niten, conservador das tradições guerreiras dos samurais.

- Pessoa ou entidade que acompanha outra para protegê-la de agressões; guarda-costas
Proteger a tradição.
De quem?
Dos picaretas.

Se for assim, vamos ter muito trabalho pela frente...

10-jul-2008

Navegar é Preciso

A vida não é um mar de rosas,
Navegar é preciso,
Viver, não.

07-jul-2008

Niten no Sesc Rio

Neste sábado, estive no Rio e aproveitei para, junto com os alunos, participar do "Japão-Brasil - 100 anos e Imigração", realizado pelo SESC Tijuca e Karate Shotokan.

Além de ser um fim de semana divertido, a começar com o cabrito marinado e os vinhos portugueses na noite anterior, foi produtivo pois surgiram idéias novas para os próximos eventos.

Encontro Shotokan no SESC
Vitória Renault, Sempai Wenzel Bohm, Sensei Jorge Kishikawa, Sensei Ugo Arrigone e Eduardo Santos
 




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h