Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

04-abr-2007

Mc Donalds no Japão

Dizem que Mc Donalds é tudo igual.
Não é.
Pelo menos no Japão.
Primeiro, no Japão, tem o hambúrger de camarão. Chama-se ebifileo. Ebi, quer dizer camarão. Fileo, filé.
É uma delícia e não tem como eu te explicar o sabor. Só comendo. 
Em segundo, tem o teriyakiburger. É um hambúrger de teriyaki, carne de frango com um molho adocicado. E daí surge o nome do prato, teriyaki teishoku, que vem com arroz e outros acompanhamentos.
Não entendo como, numa metrópole como São Paulo, temos que continuar a comer sempre a mesma coisa. Nenhuma novidade, nenhuma atração?

03-abr-2007

Hanami Odori

Hoje faz um frio terrivel (e inesperado) no Japão. A temperatura, que até ontem estava nos seus 18 graus, caiu até os 5 graus. Com chuva e (pasme) com neve! Pega todos de surpresa. 
No entanto, o ritual continua. Nas cidades tradicionais, as mulheres praticantes do odori (dança japonesa) colocam seus kimonos, tabi (meia japonesa), setta (sandalia propria para uso com kimono), obi (faixa) e uma maquiagem impecável. São donas de casa, esposas de empresários, comerciantes. Nada a ver com gueixas. Elas se preparam anualmente, em todo dia 03 de abril, para ir a 9 locais tradicionais da cidade onde acontece o ritual de apreciar as cerejeiras.
São 7h30 e elas tomam um chá com um pão (tipo bisnaguinha ) e se preparam para sair. Na TV, a febre do momento são as eleições para deputados e vereadores para a semana que vem.
Saem.
Em meio ao caos do terremoto recente,
das eleições que se aproximam,
e apesar da já conhecida ocidentalização acelarada que vem sofrendo o Japão, alguns rituais não são esquecidos.
Um deles é o de dançar apreciando as cerejeiras - o HANAMI ODORI. Hanami, quer dizer "apreciar a cerejeira". Odori, "dança".
It is Japan...

02-abr-2007

Majimê

Em um dos intervalos entre os treinos de kenjutsu no Japão, conversávamos eu, duas colegas de treino e o mestre. As colegas, senhoras de meia idade e que tinham tempo vago durante o horário comercial (era de manhã por volta das 10h), comentavam a evolução de um dos colegas que treinou alguns dias comigo. Kikugawa, bombeiro, com os seus 20 e poucos anos e que nos dias de folga (no Japão é por turnos de 36 horas) estava sempre a me acompanhar nos treinos durante o horário comercial, horário em que todos têm o seu trabalho e ficam impossibilitados de, claro, nem pensar em treinar!
Comentavam que ele tinha um bom porte físico e aprendia muito rápido em relação aos colegas que iniciaram com ele. Bonitão, forte e todo tipo de qualidade que as mulheres gostam de comentar (é claro, tudo na esportiva).
Como é de praxe no Caminho, veio a pergunta:
- Mestre, ele é Majimê, não?
- Ah sim, ele é um rapaz Majimê - foi a resposta imediata do mestre
Majimê.
Palavra que interessa no Caminho e que é o divisor de águas daquele que o mestre vai ou não ensinar:
Sincero, Puro e Correto.

31-mar-2007

Furô

Vi no noticiário que as vítimas do terremoto ocorrido há 2 dias, na província de Ishikawa estavam felicíssimas ao tomar o primeiro banho após 3 dias. 
Trata-se de um grande terremoto que ainda tem possibilidade de ocorrer.
Os idosos diziam que tomar o banho foi um processo de revitalização, e por outro lado, as criancas eram as mais felizes na face da Terra.
Tudo no furô.
Aí sim, lava-se a alma.

30-mar-2007

3 não é 30

Aprender.
É o que todos querem quando entram no Niten.
Para aprender, cada um procura um jeito:
-Praticando (alguns até sem mestre. São autodidatas ).
-Lendo (aprender pensando, sem suar).
-Vendo (querem ver vídeos, fotos e aprender imitando o que vêem)
 
Se você se enquadra em um deles: pare.
Procure um mestre, de verdade. 
Mesmo que ele não corresponda as suas expectativas. 
Pois,
" mestre é mestre...
3 é 3, 30 é 30..."

29-mar-2007

Eureka!

Se não tem o que fazer, desligue tudo que estiver a sua volta.
TV, rádio, luz, geladeira. Tudo.
Só o silêncio e a escuridão.
Se estiver longe de tudo isto, melhor ainda. Você tem sorte. Provavelmente está longe de tudo e de todos. No alto da montanha, na praia deserta, ou numa praça de uma cidadezinha do interior.
Continue a não fazer nada, desde que o tempo lhe permita. Mas aproveite estes poucos minutos para não fazer nada mesmo. Escrever emails pelo celular? Nem pense isso. Já basta os emails que tem que escrever pelo PC.
De repente, um tênue raio de luz ilumina à sua frente e você consegue enxergar com os olhos da verdade. Assuntos não esclarecidos ou mal resolvidos ganham uma solução.
-Eureka! Entendi.
É isto que vai lhe acontecer.
A iluminação da mente. 
Experimente. Mal não vai fazer.

28-mar-2007

Burro que vale ouro

Quem já não teve um subalterno que esquece tudo que você fala e a todo momento? Como no se diz no ditado popular:
-Ele só tem 1 neurônio.
É incrível. Esquecem. Esquecem mesmo. E não é força de vontade, não.
No entanto, pelo menos uma coisa eles não podem esquecer: o seu chefe.
Tem que pensar no seu chefe. Em primeiro lugar. 
É óbvio que só pensar e lembrar dele não adianta. É necessário pensar no bem estar dele. Só isto.
BEM ESTAR do CHEFE. Isto não é "puxar o saco" dele. É pensar, de coração, a todo momento. Estar pronto para servir. Se necessário, não dormir, nem comer. Tudo pelo CHEFE.

É a única salvação para os burros, mas competentes.
Um burro desses vale mais que ouro

27-mar-2007

Maitaa

Detalhes que fazem a diferença numa companhia aérea:
1. A aeromoça responder ao chamado imediatamente. Em menos de 1 minuto!
2. O café que você estava tomando esparramou-se do copo devido a turbulência e a aeromoça vem imediatamente, e com um pano úmido e produto anti-mancha faz questão de limpá-lo, pedindo desculpas. Desculpas do quê?! Se a causa foi a turbulência?! 
3. O comandante desejar aos passageiros uma boa estadia no seu destino, e que por ser equínocio de primavera, ou de outono (mudanca de estação), tomar cuidado com as mudanças freqüentes de temperatura e não ficar resfriado. Aí já é demais!

maita = "me dou por vencido!" (nota do editor )

26-mar-2007

Curtir a Sakura

Saiu na NHK que neste ano a flor da cerejeira, sakura, está dando mostra de que vai florescer antes. É o efeito do aquecimento global, que agora já muda a natureza e, por conseguinte, a cultura japonesa. O que era para ser em meados de abril, será na semana que vem, final de março.
Independente disto, a sakura continua sendo sinônimo de beleza manisfesta num curto espaco de vida. Apesar dos jovens japoneses não a sentirem.
Bem, mas talvez seja exigir por demais aos jovens a brevidade da vida. Deixemo-los em paz. 
Mas e os mais velhos, já com seus 30, 40 que continuam percorrendo sonhos inúteis, ou os de 70 que ainda não encontraram a paz no coração?
Que cada um não se esqueca de curtir bem a sua sakura.

23-mar-2007

Marajó no Niten

"A  Cerâmica Marajoara  é fruto do trabalho dos índios da Ilha de Marajó. A fase mais estudada e conhecida se refere ao período de 400/1400 dC. 
Para se chegar à ilha leva-se 3 horas de barco, ou 30 minutos, de avião, partindo-se de Belém, capital paraense. Visando manter a tradição regional, o museólogo criou  um ateliê de cerâmica onde são reproduzidas e comercializadas peças copiadas do acervo.  O barro é modelado manualmente com a  técnica das cobrinhas (roletes), sem o uso do torno de oleiro
Os índios de Marajó faziam peças utilitárias e decorativas. Confeccionavam vasilhas, potes, urnas funerárias, apitos, chocalhos machados, bonecas de criança, cachimbos, estatuetas, porta-veneno para as flechas,  tangas (tapa-sexo usado para cobrir as genitália das moças) – talvez as únicas, não só na América mas em todo o mundo, feitas de cerâmica. "
Coloquei o texto (www.ceramicanorio.com/artepopular/ceramicamarajoara/cer%C3%A2mica_marajoara.htm) a fim de  compartilhar com você o pote que se encontra na minha mesa recebido do nosso atual coordenador da Unidade Belem-PA.
O coordenador Otávio esteve em treinamento intensivo em São Paulo nesta semana fazendo os treinamentos de kenjutsu na postura do fogo e da árvore, além dos katas do Niten Ichi Ryu e Iaijutsu no estilo Suio (do mangá Lobo Solitário).
Vejam as fotos.
 
pote marajoarafinal de treino
o Pote Marajoarafinal de treino com alguns colegas da Unidade Ana Rosa

Você não sabe como é incrível conhecer a história do Brasil pelo Niten!




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h