Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

27-jun-2016

Niten no revezamento da Tocha Olímpica







Veterano de Kenjutsu, arte da espada inspirada nas técnicas de luta dos samurais, conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Campo Grande




Wenzel Böhm conduz a Tocha Olímpica em Campo Grande

Divulgação/Cobertura Oficial do
Revezamento da Tocha Olímpica
Campo Grande – Duas tradições milenares unidas pelas mãos de um condutor. Nascido na Áustria e criado no Brasil, Wenzel Böhm é Sempai (veterano) de Kenjutsu, arte da espada inspirada nas técnicas de luta dos samurais que protegeram o Japão por anos. Foi ele, convidado pela Nissan, o responsável por levar a chama olímpica pelas ruas de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, neste sábado.

"A Nissan é uma empresa japonesa e fiquei muito honrado de poder representar a filosofia Kenjutsu no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. Eu me sinto pequeno diante de tantas histórias que são contadas nesse trajeto, mas é um reconhecimento muito importante. Quando as coisas têm tanta tradição assim, elas carregam muita energia".

Durante o percurso, uma prova da admiração que Wenzel carrega pelo Brasil: alguns de seus alunos, vestidos com o "hakama", calça usada nas lutas, acompanharam cada passo do "Sempai", tirando muitas fotos. Braço direito de Jorge Kishikawa, precursor do Kenjutsu no Brasil e fundador do Instituto Niten, Wenzel começou a treinar há 20 anos e em pouco tempo já se tornou professor, passando a viajar por todo país difundindo a filosofia japonesa.

"A Tocha Olímpica carrega vários valores que nós também acreditamos e trabalhamos muito, como coragem, energia, vontade de ir além. Se você vê um samurai, você enxerga nele uma energia, uma entrega diferente, ele vive intensamente. Vejo que com os condutores da tocha olímpica também tem muito disso".

Hoje o Instituto Cultural Niten está em 16 estados, em todas as regiões do Brasil, e também na Argentina, Chile, Uruguai e México.

(Matéria publicada no Site da Nissan)












Veja a Matéria dos selecionados para levar a Tocha Olímpica

24-jun-2016

Em Sakurá 1






- "Niten: onde as coisas feias se transformam em Sakurá" - Marília (Un. Vila Mariana)




- "Simplicidade espartana e gratidão por me levar aos portões do Niten" - Barreto (Un. Ana Rosa)




- "Coincidência ou destino, veio o Café com Sensei para me levar ao Gashuku e superar a perda de minha avó" - Shindi (Un. Curitiba)




- "Sem desvios ou delongas" - Calzolari (Un. Juiz de Fora)




- "O conhecimento que não é falado" - Ataide (Un. Curitiba)




- "Avaliações preciosas próximo ao Sensei"  - Durval (Un. Juiz de Fora)




- "A capacidade do Sensei em organizar varias tropas é impressionante" - Helano (Un. Fortaleza)




- "O que não se aprende com palavras: Mágico" - Pontes (Un. Itaim)




- "Legal foi lutar de duas espadas e pegar gafanhotos na mão com o Hiro e a Haifa" - Eduardo (Un. Vila Mariana)




- "Um intensivo do 1º e 2º voto" - Holschuh (Un. Americana)




- "Fazer a coisa do jeito certo!" - Vermaas (Un. Campinas)




- "Mudança de rumos" - Mara Núbia (Un. Porto Alegre)




- "Mais do que superar o cansaço, superar as dores" - Bergamini (Un. Botucatu)




- "Ou corto ou não corto" - Huarte (Un. Buenos Aires)




- "Rompi uma casca e renovei o meu espirito" - Bento (Un. Florianopolis)




- "Sensei disse: repetindo o certo é o que faz a diferença" - Gabrielle (Un. Caxias do Sul)




- "Nesta existência, encontrei um Mestre com uma energia sem igual!" - Mendes (Un. Caxias do Sul)

23-jun-2016

60º Prêmio Paulista 2




Placa de Homenagem recebida por Sempai Basílio



Matéria Publicada no Jornal Nippak de hoje:





Leia a matéria completa


22-jun-2016

14°TBIK - Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu Uke Nagashi



Uke Nagashi - 3ª sequencia de Katas do Niten Ichi Ryu com Kodachi (espada Curta)

20-jun-2016

O Corte Perfeito

17-jun-2016

60º Prêmio Paulista 1

Palavras de Basílio no Jantar em comemoração à premiação:

"​É um orgulho para mim receber o Prêmio Paulista​

... Sensei hoje perguntou o que eu me recordava de quando eu iniciei [a treinar no Niten].
​Me lembro de quando iniciei e cheguei, Sensei logo falou que como ​eu ​vi​nha de longe [da Argentina para o Brasil] não tinha tempo a perder, e que deveríamos começar a treinar agora mesmo!
​Pode ser talvez uma frase que Sensei diga sempre, mas.. para mim ficou. Foi forte!

...e um tempo atrás contei esta anedota a outros companheiros na Argentina
e eles disseram notar que realmente eu nunca perdia tempo.
Nunca desde que comecei a treinar, nunca senti que fazendo tivesse a impressão de estar perdendo tempo.

..e ontem voltei a escutar o video da nossa colega que está no Site do Niten , e a forma como termina muito me emociona.
Quando termina ela diz: "ser forte para os outros",
"um samurai tem que ser forte para os outros",

E acaba que ela resume perfeitamente: eu não me considero uma pessoa forte, porém trato de treinar tudo que eu posso, poderia treinar ainda mais, mas não me esquivo. Quando estou presente não me esquivo, e faço 100% do que tenho que fazer, e vou buscar realmente fazer por completo.

e quando poderia parar para descansar e há uma atividade a mais.., quando Sensei pergunta: "quer ainda experimentar o BO (Bastão) do Niten Ichi Ryu?", pego o BO e vou fazer! Não sei se vou gostar ou não, mas vou fazer... Essa frase para mim resume o sentimento: "ser forte para os outros". Eu não me considero uma pessoa forte, mas devo ser forte para os outros, para minha unidade, meu país , minha família, para todos.

Creio que é isso. Hoje me caem todas essas fichas assim, de que o treinamento para mim é isso.

E hoje ao receber este prêmio,... não me considero muito exemplo, mas creio que é bom para a Argentina, e é bom também para expor o que fazemos, é bom também para que se veja aqui que [nossa atividade] não é somente desenvolvida no Brasil, mas também na Argentina,
e também
a exposição e atenção que nos dão em um evento assim ajuda muito a sermos reconhecidos "


Basílio - Coordenador na Argentina





Basílio Parachin - Unidade Argentina - Homenagedo do Kobudo



Autoridades Presentes



Aluno e desembargador, Samuel Meira entrega a homenagem do Judô



Deputado Federal Walter Ihoshi entrega a placa ao Basílio Parachin (Sensei à Direita)



Os Homenageados da Noite



Sensei ao lado do Homenageado do Kendo



Basílio concede entrevista para a Mídia Japonesa



Os Samurais do Niten



Dr. Raul Takaki com os Samurais do Niten

15-jun-2016

Remédio

"Hoje venho por meio deste e-mail agradecer por suas palavras, que nos últimos dias, tem me ajudado a me manter no caminho.

Nos últimos meses perdi uma pessoa muito importante de minha família, meu avô. O Sensei teria gostado de conhecer, ele era um homem forte, rígido e de muita fé.

Foi a primeira vez que lidei com a perda e com isso adoeci, deixei meu Ki (energia) baixar e descuidei do meu espírito.

No hospital pedi para meu Sempai (veterano) e irmão Perazzini trazer meu Shinhagakure e assim que abri, duas páginas depois me deparei com uma das palavras do Sensei "Bushido como remédio" e isso me fez lembrar de um dos Momentos de Ouro de muitos meses atrás, se não me engano de outubro ou setembro do ano passado, de que um aluno assistido pelo seu mestre sempre vai ser uma planta bonita e ereta, em quanto os que não possuem esses cuidados estarão caídos e com ervas daninhas em sua volta. As palavras do Sensei me levantaram e voltei ao caminho.

Arigato Gozaimashita Sensei por suas palavras, pela oportunidade de a cada dia de conhecer, aprender e poder aplicar o Bushido e hoje poder usar como remédio para meu espírito."  
- Luiza Perazzini (Unidade Brasília)

A Vida é Guerra.
A Vida é incerta.
A Vida passa.

Estas são três leis imutáveis da qual não podemos nos esquivar.
Devemos nos manter conscientes sem perder um só segundo.
O remédio pode ser amargo, mas o efeito é imediato.





Remédio para o espírito

14-jun-2016

14°TBIK - Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu Sassen



Sassen - O primeiro Kata* do Niten Ichi Ryu.
Sass quer dizer apontar.
Sen, ponta (da espada).
Ou seja, apontar a ponta da espada sobre o oponente.
Musashi Sensei nos deixou em forma de katas os segredos para vencer.

Katas são Sequencia de movimentos pré estabelecidos, praticados em dupla, com ataques e defesas.
Os Katas do Niten Ichi Ryu foram criados pelo Samurai Miyamoto Musashi (1584 - 1645) com suas técnicas utilizadas nos mais de 60 duelos que venceu.

10-jun-2016

Do Japão 4 - Onde os japoneses não conhecem

"Quarta feira 18 de Maio

foi o dia de Visitarmos a Montanha de Yamamoto Tsunetomo

famoso Samurai que se converteu em Monge,
e escreveu o famoso livro Hagakure.

O Taxi chega ao hotel, local onde estávamos hospedados,
uma mulher aparentando uns 40 anos é a motorista...

Como estávamos de Samue (traje típico do Niten), logo chamou a atenção dela
e passou a perguntar mais ao Sensei sobre este lugar que ela japonesa não conhecia...

O Sensei nos cochicha que nos dias de hoje, sobre o Hagakure, ninguém conhece

os Japoneses vivem do lado e não conhecem estes lugares
que para nós, é a oportunidade de ajoelharmos
realizar nossas preces e agradecer a este Samurai
que nos deixou ensinamentos valiosos...

Vale a pena viajar ao outro lado do mundo por isto...

Mãos em preces e vamos a luta!"
- Joel (Coordenador da Argentina)



Joel e Moron com as montanhas ao fundo




Joel e Sensei rumo às montanhas encontrar-se com o mestre Yamamoto Tsunetomo




Onde os japoneses não conhecem



Hagakure



Diante do túmulo de Yamamoto Tsunetomo: mãos em prece

09-jun-2016

Aonde você for, o Combate é tudo

No Café "Do Japão 3, o Café Katas e Combate" (Do Japão 3 - Katas e Combate 07-jun-2016 ) o aluno que me acompanhou ao Japão descreve como glorifico o Combate.

O que isso quer dizer é que os Katas são importantes e necessários para a evolução no Caminho (em qualquer modalidade), mas não devemos nos ater a eles.
Se você já praticou qualquer atividade onde katas são aprendidos e treinados para a evolução técnica, deve ter observado que as opiniões e orientações de um mestre nunca são iguais às de outros. Grandes diferenças e até mesmo pequenas, que fazem a diferença ao longo do Caminho.
Como julgar cada opinião? Não julgue. Todos estão certos enquanto falam, mas só há um remédio para tirar a dúvida: lutar.
Feito isto, aprenda dois grandes segredos para não se perder no Caminho:
A primeira: lute o Kenjutsu Combate

A segunda: não procure outro mestre




Kenjutsu Combate: Dizer é nada - Fazer é tudo




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h