Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

28-set-2012

Niten e qualidade de vida 2


   
 

     





 
Da esquerda para direita:
Victor Fugita - Aluno do Niten São Paulo, Dr. Maurício Alves da Silva - Superintendente de RH do Hospital A C Camargo, Mathias Osella - Aluno do Niten Argentina, Sempai Wenzel - Coordenador do Niten Rio,
Sensei Jorge Kishikawa, Drª. Káthia de Carvalho - Diretora de Gestão de pessoas do Hospital Santa Marcelina
Drª. Patrícia Souto - Chefe de Recursos Humanos do Hospital Ana Costa
Sr. Cláudio Yoem - Diretor de Recursos Humanos do SPDM


 

   
Da esquerda para direita:
Sempai Wenzel, Dr. Carlos Alberto Garcia Oliva – Superintendente Financeiro da SPDM,
Sensei Jorge Kishikawa, Sr. Cláudio Yoem - Diretor de Recursos Humanos do Hospital São Paulo,
 Dr. José Roberto Ferraro – Diretor Superintendente do Hospital São Paulo e
Drª Cláudia Honóro - Gerende de RH do Hospital São Paulo 

 

 
Da esquerda para a Direita:
Mathias Osella - Aluno do Niten Argentina, Sempai Wenzel - Coordenador do Niten Rio, Sensei Jorge Kishikawa,
Drª. Káthia de Carvalho - Diretora de Gestão de pessoas do Hospital Santa Marcelina
Drª. Patrícia Souto - Chefe de Recursos Humanos do Hospital Ana Costa
Sr. Cláudio Yoem - Diretor de Recursos Humanos do SPDM

27-set-2012

Niten e qualidade de vida 1

Fui convidado ontem a fazer a abertura no 3º Fórum de Recursos Humanos promovido pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina. Um evento voltado a todos os departamentos de RH de hospitais do Brasil com o apoio da UNIFESP.
O tema a ser abordado durante os dois dias: Qualidade de Vida e o colaborador como parceiro e agente transformador das instituições filantrópicas de saúde.
Queriam saber como o Niten melhorava a Qualidade de Vida de nossos alunos.
Há 27 anos, eu já dizia aos meus colegas da antiga Escola Paulista de Medicina (atualmente UNIFESP), que era necessário repensar os moldes que faziam parte de nossa rotina para melhorar as nossas vidas. Seja na faculdade, seja no mercado de trabalho.
Naquela época, eu costumava levar a minha espada na Atlética (tipo gremio estudantil) e ficava a fazer os meus treinamentos.
-Mais uma "arte marcial" - diziam.
Alguns poucos que chegaram a ouvir as minhas palavras no final da tarde, depois das provas, lembrarão que a espada que eu carregava era mais do que "mais uma arte marcial"...
Arigato a todos que participaram na realização deste evento.
Senti que desde ontem, mesmo que imperceptivelmente, a Medicina já não é mais a mesma.

26-set-2012

Hidensho 15 - Inazuma no Ken

"Hoy en la mañana ocurrio algo sorprendente.
Mientras luchabamos vi en un momento un resplandor, algo asi como una flash.
Ocurrio a lo menos en dos oportunidades... el resplandor me cego por unos segundos, cuando me recupere, Sensei ya habia batido un men sobre mi.
El primero fue cuando Sensei y yo estabamos en Itto Hasso y el segundo cuando Sensei estaba con kodachi y yo en Itto Jodan.

En mas de una oportunidad he tenido el placer y el temor de ver un relampago en la montaña...
Es algo maravilloso, pero al mismo tiempo aterrador... que generalmente viene acompañado de un gran estruendo... signo de una tormenta que se acerca.
En otras ocasiones, estando el cielo totalmente despejado, se ven resplandores en  la montaña... aun nadie sabe por que...

Hoy vivi algo parecido, teniendo un cielo despejado, vi el resplandor del Kiai."

Jaime Lopez (unidade Chile)


Tradução

"Hoje na manhã ocorreu algo surpreendente.
Enquanto lutávamos vi num momento um resplendor, algo asim como um flash.
Ocorreu ao menos em duas oportunidades... o resplendor me cegou por uns segundos, quando me recuperei, Sensei ja havia me batido um men.
O primeiro foi quando Sensei  e eu estavámos em Itto Hasso e o segundo quando Sensei estava com Kodachi e eu em Itto Jodan.

Em mais de uma oportunidade tive o prazer e o temor de ver um relâmpago na montanha...
É algo maravilhoso, mas ao mesmo tempo, aterrorizador... que geralmente vem acompanhado de um grande estrondo... seguido de uma tormenta que se acerca.
Em outras ocasiões, estando o céu totalmente aberto e limpo, veem-se resplendores na montanha... ainda ninguém sabe por que...

Hoje vivi algo parecido, tendo um céu limpo, vi o resplendor do Kiai."

Jaime Lopez (unidade Chile)


A natureza nos ensina que nem sempre o raio vem quando ocorre uma tempestade.
Da mesma maneira que um tsunami tambem pode vir sem dar um aviso.
Pois entao, o Hidensho é isto: a natureza em movimento.
Inazuma no Ken.
 


detalhe do katana bokuro (bolsa para katana) do sensei


 

24-set-2012

Sasoriza no Ken

"Hoje de manhã, ao treinar com o Sensei, pensei que seria um treino como os outros: normal.

 

Eu atacando, e o Sensei contra-atacando os meus golpes, ou atacando direto mesmo, e eu sem uma chance de reação. Mas foi diferente, na parte do contra golpe e ataque o Sensei continuou o mesmo. Porém a forma de atacar e contra atacar foi bem diferente. Primeiro, porque o Sensei usou um kamae (posição) de Nito (duas espadas) que eu nunca havia visto antes. Segundo, porque eu mal via os golpes que eram desferidos. Lutei de vários kamaes contra o Sensei, sempre tentando colocar o kamae oposto ao que o Sensei usava no momento. Mas nenhum desses kamaes teve um resultado.

E por isso resolvi fazer o Jodan (ponta para o alto), o kamae que eu tenho mais afinidade, e que as pessoas me conhecem no Niten, e o senpai Wenzel apelidou como o "Jodan mais rápido do Oeste", para ver se teria alguma vantagem contra o Sensei. Mas mais uma vez fui completamente anulado.

O estranho é que eu sempre via os kamaes que o Sensei lutava, e treino com alguns deles, mas mesmo assim não consegui fazer nada. Cheguei até a comentar com o Sensei no meio do treino, que ele parecia um escorpião para o seu adversário. Enquanto sua presa fica agarrada nas suas patas dianteiras e tentado se desvencilhar delas, quando menos espera leva uma ferroada do poderoso ferrão, que estava só a espreita para dar o golpe final.

No final do treino o Sensei explicou o porque de eu não conseguir atacá-lo, mesmo já conhecendo as postura de combate. Falou que isso está no Hidensho (Segredos de técnicas.) " - Silva (Unidade Vila Mariana)


O fato de observarmos os outros executarem as técnicas não implica que consigamos fazer da mesma maneira. Requer um certo tempo para processá-las em nossas mentes e nossos corpos para chegarmos ao que vimos.

Da mesma forma que no treinamento de kata, não basta apenas assistir como alguns fazem, ou seja, vendo vídeos, poís na hora de executá-los, os fazem apenas com o que "já viram".
O verbete de hoje: Sasoriza no Ken (Shingi Hidensho)




 






Guarda de katana do ano de 1582 - acervo do Sensei


Detalhe: Trepadeira Hera

20-set-2012

Mundo da Lua

Ontem, estava lembrando com um dos alunos o tempo em que fiz , possivelmente, uma das primeiras filmagens para um programa de televisão.
Entre um bom vinho e um bacalhau por demais saboroso, falávamos sobre assuntos diversos, dentre eles o Japão.
Dizia ele que o filho, também aluno, sonhava, algumas vezes, que estava no Japão em um ambiente bem "nipônico", apesar de nunca ter estado lá.
Foi quando lembrei  que há 20 e poucos anos, um pouco antes de fundar o Niten, fui convidado pela TV Cultura . 
O programa? Se chamava Mundo da Lua.
Chegamos a conclusão que toda criança deve ter em seu inconsciente  o desejo de um dia estar no Japão, razão pela qual se fazer o capítulo em que atuei.
Sem entrar no mérito da minha atuação como ator, ficamos surpresos em saber que apesar da pouca idade, fui o selecionado (haviam 20 candidatos) para fazer um papel que, diríamos, deveria ser de alguém com muitos cabelos brancos.

- Acho que não tenho jeito para ser ator, mas pelo que parece, o meu papel executo bem. - brinquei.
 
Não importa. O que valeu é que a noite estava boa na companhia de um chileno Almaviva 2001.
 
-Kampai (Saúde)! 


14-set-2012

Aproximadamente 7500 km (tradução)

Segue a tradução do Relato do Café de ontem:

"Eu não conheço receitas para garantir a vitória. O que sei é que há que
agarrar-se toda ocasião e não deixá-la escapar jamais. (hagakure)."

Antes da minha recente viagem ao Brasil, em várias ocasioões tive

dúvidas ao tratar de obstáculos que me apresentavam.
Porque viajar Quase 7.500 km para treinar?
Porque deixar a segurança de minha zona de conforto para enfrentar dúvidas
e cansaços?
A conclusão a que sempre chegava, é que o ser humano aspira a transcender
no que faz e nos apoiamos nas pessoas que nos ajudam neste propósito.

Quando Sensei visitou o México em 2011, nos mostrou o caminho através dos ensinamentos das técnicas da espada que dá a vida em abundância.
No coração do Niten, encontrei uma familia no sentido mais amplo da
palavra. Uma comunidade vibrante e exuberante.

Sempais sempre dispostos a conversar comigo, apesar da barreira do idioma
e mostrar o que sabem; companheiros que não me consideraram um
estrangeiro, ou um estranho, que me aceitaram, sem restrição, para
treinar com eles e mostrar o Niten São Paulo.

Em retrospectiva, descubro que o esforço e o cansaço foram generosamente
recompensados com os ensinamentos e a experiência vivida.

Os Ensinamentos estão aí para quem quiser agarrar, não importa a distância.

Arigato Gozaimashita Sensei

Arigato Gozaimashita Niten"

Aragón - Niten México



Os Ensinamentos estão aí para quem quiser agarrar, não importa a distância.

13-set-2012

Aproximadamente 7500 km

"Yo no conozco recetas para asegurar la victoria. Lo que yo sé es que hay que asir toda ocasión y no dejarla escapar jamás." (Hagakure)

Previo a mi reciente viaje a Brasil, en varias ocasiones tuve dudas al tratar de resolver los obstáculos que se me presentaban. ¿Por qué viajar casi 7500 km para entrenar? , ¿Por qué dejar la seguridad de mi zona de confort para enfrentar dudas y cansancio?. La conclusión a la que siempre llegaba, es que el ser humano aspira a trascender en lo que hace y nos apoyamos en las personas que nos ayudan en este propósito.

Cuando Sensei visitó México en 2011, nos mostro que él, mediante las enseñanzas de las técnicas de la espada que da vida en abundancia nos muestra el Camino.

En el corazón de Niten, encontré una familia en el sentido más extenso de las palabra; una comunidad vibrante y pujante. Sempais siempre dispuestos a conversar conmigo, a pesar de la barrera del idioma, y mostrar lo que saben; compañeros que no me consideraron un extranjero, o un extraño, que me aceptaron, sin restricción, para entrenar con ellos y mostrarme a Niten Sao Paulo.

En retrospectiva, descubro que el esfuerzo y el cansancio fueron generosamente recompensados con las enseñanzas y la experiencia vivida.

Las enseñanzas están ahí para quien las quiera tomar, no importa la distancia.

Arigato Gozaimashita Sensei

Arigato Gozaimashita Niten

Aragón - Niten México

 


Momentos de Ouro no Treino da Manhã
"Las enseñanzas están ahí para quien las quiera tomar, no importa la distancia."

"Senri no miti mo ippo kara" é a celebre frase que muitos conhecem. Quer dizer, "Mesmo o caminho de mil léguas se inicia com o primeiro
passo".
Parece fácil, mas não é.
Este aluno já deu o seu primeiro passo. E para um caminho de 7500 léguas, este não é mole, não.
São pessoas que não hesitam em buscar o que querem, não importam as barreiras que se apresentarem. Pegam o primeiro voo e na manhã seguinte já estão aqui.
Enquanto muitos ficam a protelar o seu primeiro passo, outros, vencendo as barreiras da vida já estão bem a frente, de maneira que o tempo passa e a diferença se faz notar em poucos anos.
Acho necessário, de certa forma, ter uma qualidade para se dar o primeiro passo: ser ousado.
E é por isto que não é fácil.
Que isto lhe sirva de exemplo. Venha, seja ousado e pare de se queixar .

11-set-2012

Hyoho Niten Ichi Ryu (Nafuda)

Estava em um dojo onde os nafuda se emparelhavam de acordo com a antiguidade do praticante.
Presentes em todo dojo tradicional, os nafudas ficam afixados em uma das paredes, de modo a mostrar a graduação dos seu praticantes.
Em caso de falecimento, os nafuda são colocados em uma posição especial, mas nunca retirados.
Já os casos em que são hamon (expulsão), são retirados sumariamente. E, geralmente pelos próprios alunos.

Aproveito para mostrar os nafudas do Niten Ichi Ryu e explicar o que significa cada estágio :

"Membros do Instituto Niten e respectivas graduações no Hyoho Niten Ichi Ryu
Shoden - 1º Pergaminho
Tchuden - 2º Pergaminho
Okuden - Pergaminho dos Estudos Avançados
Menkyo - Pergaminho dos Estudos Completos
Menkyo Kaiden - Pergaminho de Mestre "

 


Clique para ampliar


http://www.niten.org.br/makimono-niten-ichi-ryu.htm
http://www.niten.org.br/nitenichiryu/nafuda.html
http://www.niten.org.br/mestres-niten-ichi-ryu.htm
http://www.niten.org.br/shihan-gosho-motoharu.html
http://www.niten.org.br/yoshimochi-kiyoshi-sensei.html
http://www.niten.org.br/aoki-kukuo-soke.html

10-set-2012

Hidensho 14 - Nito Waki

"No Treino da manhã estava lutando de Nito Waki com o aluno Jaime que veio do Chile.
Não tive a oportunidade de lutar muito neste Kamae e não conhecia muitas variações de golpes.
Escuto o ippon migi do Sensei. Ele estava lutando com o Senpai Danilo.
Minha vez.
Troquei de arma e fui lutar com a Tachi. Sensei também trocou de arma de Tachi para Nito.
Por minha sorte Sensei armou o Kamae Nito Waki.
Hajime.
Estava de Chudan observando os movimentos do Sensei. 
Ele vem avançando aos poucos, resolvi atacar primeiro o men para poder ver como ia ser a defesa. Como eu esperava, Sensei defendeu com a Kodachi, só não esperava a Tachi vir no meu kote.
Sensei avançou e atacou com a Tachi, consegui esquivar mas quando fui recuar a Kodachi estava no meu Kote.
Ataquei primeiro alguns golpes par a poder observar as variações de defesas. Conseguia defender alguns contra ataques mas a maioria o Sensei acertava men, do e kote com a Tachi e quando estava próximo recebi men, do e kote com a Kodachi. 
Impressionante foi quando fui atacar o men e a precisão do Sensei com a Tachi saindo de traz da Kodachi e parando no meu pescoço, Tsuki.
 
Domo Arigatougozaimashitá Sensei, pela oportunidade de poder ver e sentir a energia deste Kamae, que abriu mais opcões tanto na defesa como no ataque em meu caminho.
Agora é Treinar!"


Fujimura (Unidade Florianópolis)

Ilustração: Kodama - Unidade Vila Mariana

05-set-2012

Yin no Kenjutsu



Falei sobre as estatuetas que se encontram ao lado da caverna Reigando (Café de 04 de Setembro - Inexplicável).
Pois bem, do lado da caverna havia um templo budista, motivo da existência destas estatuetas.
É bem provável que Musashi Sensei tenha passado por ele e recebido grande influencia durante os dias em que escrevia na caverna.
E isto está bem demonstrado nos katas que praticamos, o Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu.
Movimentos silenciosos, pequenos e até gestos que demonstram a influencia do zen budismo, como o de segurar o "kyosaku" (especie de vara utilizado pelos monges).
De modo que temos, aqui no Instituto NIten, temos no Kenjutsu, o treinamento completo voltado para o nosso corpo, mente e espírito.
Vejamos:
Tudo no Universo é regido pelo Yin e pelo Yang. O preto e o branco, o forte e o fraco, o alto e o baixo, o lento e veloz, o homem e a mulher, e ai vamos. Não tem fim.
Aqui no Niten, a parte do combate com protetores no Kenjutsu é o Yang da arte. Por outro lado, os katas Niten Ichi Ryu o lado Yin.
O combate estimula os canais de energia do Fogo, os katas Niten Ichi Ryu estimulam os canais de energia da Água. Ambos são necessários não só para a nossa sobrevivência, mas como também para a busca da invencibilidade.
Sorte a nossa.







topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h