Instituto Cultural Niten

 
 Instituto Niten
Dezembro 2012-05
Egan










Momentos do Niten em 2012
no nosso vídeo de final de ano.
Nosso
agradecimento a todos que fizeram deste, mais um ano especial!





EGAN Dezembro 2012-05

2012 foi um ano cheio de momentos marcantes, conquistas, aprendizados, garra e Fúria!
Sen Shin - Lavar a Alma, Lavar o Coração.
Vamos deixar tudo preparados para o Novo Ano, Viva 2013!
Yoroshiku Onegai Shimassu!!!

Gashuku de Final de Ano
Foram mais de 140 participantes em 2 dias de muito treino e aprendizado com o Sensei.
REVISTA Época Negócios
A matéria da Época Negócios fala dos Insights que podem acontecer durante a prática do Kenjutsu.
5º ENCONTRO SULAMERICANO
O coordenador Jaime descreve Encontro no Rio de Janeiro, como uma reunião Fraternal cheia de "alegría y afecto.
"
Encontro com Fàtima Bernardes
O programa apresentou como a arte da espada samurai ajuda na busca pelo auto-controle e o alívio do estresse.
Tudo vale a pena se a alma não é pequena
Estar ao lado do Sensei uma vez por dia, no Café da tarde.
Um momento para dar uma pausa na guerra e fazer um Coffe Break com Sensei
Niten na RICTV - Programa Atividade Nissei
Participação do Niten na Globo de Curitiba. Os treinos visam a disciplina, lealdade e a habilidade com a katana.
11º Torneio Por Equipes - 2012
Competições com equipes mistas, a presença de pequenos samurais e a empolgação da torcida marcaram o Torneio em São Paulo!
Shinhagakure pelo Egan
Publicação Capítulo a Capítulo do Shinhagakure, livro do Sensei Jorge Kishikawa.





Índice
Gashuku de Final de Ano
O Instituto Niten promoveu o tradicional Gashuku de final de ano na Serra da Cantareira. Foram mais de 140 participantes em 2 dias de muito treino e aprendizado com o Sensei.

O treinamento do Kenjutsu combate shiai deu início às atividades no sábado, dia 08. Um dos destaques da disputa foi a arbitragem que impressionou a todos com seus detalhes técnicos, que fizeram toda a diferença, não somente para aprimorar a disputa, mas, também, na tomada de decisões importantes.

Nas quadras da APM, os alunos praticaram e aperfeiçoaram, juntamente do Sensei, as técnicas do tradicional Iaijustu Sekiguchi Ryu e do Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu.
Na mesma noite, logo após o jantar, o clima era de pura alegria com o tradicional show de talentos. Um momento importante pra a unir dividir satisfações, experiências, ensinamentos e opiniões.
No início da manhã de domingo, era possível observar a movimentação de alunos circulando pelas dependências do clube. Uma intensa preparação para o exercício matinal e o canto dos hinos nacionais do Brasil e Japão.
Um treinamento diferenciado pôde ser observado logo após o treinamento do Shindo Muso Ryu Jojutsu. Os alunos tiveram a oportunidade de praticar o corte da espada japonesa com o Tameshi giri. Os novatos experimentaram o corte real com os juncos preparados antecipadamente pelos próprios alunos. Os mais experientes usaram peças de tatame , pois exige uma técnica mais aperfeiçoada para realizar o corte.

Para muitos que participaram do Gashuku, o evento apresentou novidades e grandes desafios. Este encontro fez valer o verdadeiro sentido da expressão que nomeia o encontro “Gashuku”, que refere-se à convivência mútua em harmonia.
Palavras dos Alunos

"Às vezes uma nuvem mais baixa contribuía para deixar o ambiente ainda mais isolado de um mundo conturbado que parecia mais e mais distante. Uma muralha protetora transformando a Serra em uma Xangrilá particular, um refúgio para cada alma ali presente.
"
Cadu - Brasília


"Sei do conjunto (Treinamento / Luta / Espírito) mas a luta é uma constante do treinamento,
agora a conjunção disto com o Espírito é algo demorado de se compreender.
O Gashuko me deu a oportunidade de compreender esta conjunção, foi um grande atalho
na minha evolução. "

Moreira - Sorocaba


"Ao final de mais um Gashuku, o último de 2012, volto e reflito sobre o que vimos e fizemos!!! Para mim, foi a primiera vez que vi e fiz Tameshigiri, uma experiência única e mais uma oportunidade de rever amigos de outras unidades e também de fazer novos."
Vieira - Botafogo





Índice

REVISTA Época Negócios

"A matéria da Época Negócios fala dos Insights que podem acontecer durante a prática do Kenjutsu.
Rogo a todos que leram a matéria que se lembrem que a mudança definitiva em suas vidas ocorrera no convívio, no respirar ou no mergulhar nesta filosofia de vida dos samurais e, que de certa forma, podemos chamá-la de Caminho do Samurai, Caminho este abandonado pelos próprios japoneses após a 2ª guerra.
Menção especial ao paragrafo da pág. 147, onde se lê: "Nos momentos mais difíceis de um combate não se deve nem respirar", se explica o porque de haver no Kenjutsu, o circulo inicial (En) e os embates encerrarem com um único ippon (golpe perfeito).
Acredito que é assim que se lapida a tão desejada coragem. Tem que ser no "ou vai ou racha", e não num embate onde haja uma possível segunda chance.
Na guerra, não há segunda chance.
Por fim, sobre o "rebelde"que pagará a falta, eu diria o "bizoiudo" que vai tirar o atraso, entende?
A razão é simples.
Aqui no Instituto Niten, não há sentido em falar em aluno rebelde.
Este acaba, na maior parte das vezes, após alguma arruaça, saindo ou sendo expulso (hamon).
O tempo não para, o Niten não para e os insights vão acontecendo durante a jornada daqueles que acreditam no Kenjutsu.
No Caminho do Samurai...
A vida é uma só.
Será uma grande perda não descobri-los..."
Sensei Jorge Kishikawa



Clique para Ler




Clique para Ler


Kir Empresarial - Samurais no Ambiente corporativo




Índice
5º ENCONTRO SULAMERICANO
O Coordenador Patricio, Niten Chile, conta detalhes do 5º Encontro Sulamericano realizado em 2012.

"RIO 2012
Como conocer Río en solo 4 días.
Sempais y alumnos perfectamente coordinados, en un recorrido relámpago.
Parque, Jardín botánico, Museos, Fabella, Restaurantes, Bares, Playas: Leblon, Copacabana, Ipanema, Leme; simplemente "MARAVILLOSO"
El ambiente familiar que se generó entre Cariocas, Paulistas, Argentinos y Chilenos; todos unidos, disfrutando, conociendo, riendo, compartiendo.
Y la energía de Sensei, su carisma, su precisa percepción para captar el momento preciso e inmortalizarlo en un foto.
Y el entrenamiento, indiscutiblemente fué un encuentro fraternal, el cruzar espadas con nuevos colegas, el descubrir nuevos detalles, las luchas por equipo, "Niteroi - Chile", nuestro equipo; y por supuesto las 4 vueltas de Sapinhos, que dejaron mis piernas temblorosas.
Fué una experiencia fantástica.

ARIGATO GOZAI MASHITA SENSEI, por compartir sus enseñanzas y su afecto.
ARIGATO GOZAI MASHITA Sempai Wenzel por mostrarnos Río a la manera Samurai.
ARIGATO GOZAI MASHITA a todos mis compañeros, por sus atenciones, alegría y afecto. "
Patrício - Coordenador Niten Chile












Índice
Encontro com Fàtima Bernardes
Participação do Instituto Niten no programa Encontro com Fátima Bernardes.
O programa apresentou como a arte da espada samurai ajuda na busca pelo
auto-controle e o alívio do estresse.

 

Índice

Tudo vale a pena se a alma não é pequena

Notícias que recebi do front:

"Konnintiwá Sensei!
(...)
Este sábado tivemos Hapyokai no Rio, foi um sucesso.
Como costumo fazer, fecho com um Momento de Ouro reunindo todos , alunos e convidados com algum tema leve mas que indique um pouco da filosofia que passamos no Niten.
Esse ano não sabia ainda o que trazer, eis que recebi por email esse artigo do Artur, que lemos no final. Fechou bem!

Ainda na onda do Corinthians, na sexta a Globo nos ligou querendo gravar no sábado de manhã. Rapidamente organizamos e demos o ok.
E hoje (segunda 17 de Dezembro) o material foi ao ar no Globo Esporte.
Fizeram um Clipe com os jogadores do Corinthians chamados de "Samurais" entrecortado com cenas de luta do nosso pessoal se degladiando de Bogu.
O Gilberto coreografou. Foi tudo em cima da hora, em meio ao Bonnenkai (confraternização de final de ano) e Osoji (arrumação geral e limpeza de final de ano) que fizemos na quadra do Templo, mas Gilberto e equipe estavam preparados: Samurais!
Daqui do Rio eu ví o jogo.
Me deu a impressão que os corinthianos estavam preparados para jogar e vencer: Samurais.
O clipe ficou justo!
Bom retorno, Sensei,
Arigato Goizaimashitá
Sayounará!

Wenzel




14/12/2012 - Folha de São Paulo

O melão e o nada

Depois de conhecer o Japão, você começa a achar que o Ocidente é inteirinho nas coxas: direito mesmo, só fazem aqui. A impressão é que cada mínimo detalhe da realidade, do sushi ao arranha-céu, foi estudado e executado de forma a produzir os resultados mais eficientes.

Imagino comissões de especialistas discutindo qual a melhor maneira de aquecer a tampa da privada, a melhor maneira de organizar os pedestres num cruzamento, a melhor maneira de empilhar melões, num mercado. É sério: quando eu vi aquela pilha, entendi que era definitiva. Muitas práticas neste mundo são passíveis de evolução: o empilhamento de melões, não.

O encontro com a perfeição nipônica me leva constantemente do maravilhamento à frustração. Penso no Brasil. Nos fios expostos. Na fila dos hospitais. No Detran. Na CBF. No armário de toalhas, lá de casa. Penso, principalmente, no armário.

Até vir para cá, não sabia que tinha algo de errado com ele, mas agora a falta de racionalidade me incomoda: não há divisão entre toalhas de banho e de rosto. Algumas jazem dobradas, enquanto outras estão em rolinhos, enfiados onde houver espaço. Se arrumasse um armário assim, aqui no Japão, provavelmente seria expulso de casa, acabaria me tornando um desses mendigos bêbados e barbudos que, pelas esquinas japonesas, não há.

A reação ocidental a toda essa organização costuma ser um ataque defensivo, do tipo: "ah, mas eles são muito reprimidos!". É?

Ao ver os pacientes guardas tentando conter os torcedores brasileiros na saída do estádio, que insistiam em ir da calçada para a rua pela única razão de que havia guardas tentando impedi-los --e eles não podiam suportar tamanha afronta às suas masculinidades--, me perguntei: quem é o reprimido?

"Ah, mas essa organização vem de um amor horroroso à hierarquia!", dirão outros. Verdade, eles amam a hierarquia, nós não: mas quem precisa desse amor quando a 12ª pior distribuição de renda cumpre satisfatoriamente a tarefa de manter cada um em seu lugar?

Meu deslumbramento com a onipresente perfeição japonesa não é só em razão da praticidade que ela produz. É uma admiração estética.

Veja: a vida não tem sentido, o universo tá se lixando pra gente, Deus há séculos não dá um alô. Saber, porém, que do outro lado do mundo, num mercado em Nagoya, tem um cara empilhando melões como se disso dependesse o futuro da humanidade não deixa de ser uma pequena e irônica vingança contra o nada.

Vingança do japonês, claro, porque basta ver meu armário de toalhas para perceber que, lá em casa, o nada tá ganhando de goleada...

Antonio PrataAntonio Prata é escritor. Publicou livros de contos e crônicas, entre eles "Meio Intelectual, Meio de Esquerda" (editora 34). Escreve às quartas na versão impressa de "Cotidiano".




 


Índice
Niten na RICTV - Programa Atividade Nissei
Participação do Niten na Globo de Curitiba.
Os treinos visam a disciplina, lealdade e a habilidade com a katana.


Entrevista realizada pela Globo de Curitiba (RICTV) no Dojo do Niten, com o Professor Marllon Rocco e o aluno Lucas Coelho.
Os Sempais apresentaram de maneira simples e eficaz os ensinamentos adquiridos dos Samurais repassados aos tempos modernos, sempre visando a disciplina, lealdade e a habilidade com a katana.

"[...] Os Samurais são conhecidos pela cultura popular mundialmente pela sua excelência marcial, sua técnica e pela sua filosofia e mentalidade de servidão." Lucas Coelho




Índice
11º Torneio Por Equipes - 2012
Competições com equipes mistas, a presença de pequenos samurais e a empolgação da torcida marcaram o 11º Torneio de Kobudo, no dia 21 de Novembro em São Paulo!

Palavras dos Alunos

"... Junto com meus companheiros de equipe, ganhei e perdi combates neste Torneio. O que ficou então em minha mente ao final foi a mensagem do Sensei sobre o “samurai imbatível”.
Como ser imbatível frente a todas estas adversidades? Como prever estes pequenos incômodos e superá-los?
Afinal, todos nós estamos sujeitos a isso, então, vejo que é a partir daí que talvez consiga achar a resposta.
Ver o que ninguém mais vê e provocar o imprevisível.
Procuro sair de cada torneio com uma nova meta para o próximo e já tenho a minha.
Com vários meses para me preparar, eu é que não quero perder duas vezes da mesma maneira!..." -
Rocco - Coordenador da Unidade Curitiba


"Arigato gozaimashita pela oportunidade de poder fazer parte do Instituto Niten!
Arigato gozaimashita pela união, pois depois que entrei no niten me aproximei cada vez mais do meu pai
e estamos mais unidos do que nunca no caminho." -
Jenifer Santos 7º Kyu Kenjutsu - Unidade Porto Alegre


"Este foi meu primeiro TBEK e minha primeira luta foi contra o nervosismo pois não sabia quem e ou o que encontraria, para mim era uma situação nova.
...O que encontrei foram companheiros de luta gentis, procurando sempre ajudar.
Reencontrei conhecidos de gashuku, pude conhecer pessoalmente senpais que vi em vídeos e pude conhecer e lutar com gente do país inteiro!..." -
Bianca - 7º Kyu Ken/ 6º Kyu Iai - Curitiba



"...Ele começa a realizar um dô e eu dou um pulo para traz, o coração dispara, pensei: será que ele vai me alcançar?
E desce um calafrio na espinha, já não dava para mudar a estratégia, era fazer ou morrer.
IPPON!..."
Kiryu - 7º Kyu - Campinas / SP











Fotos, Resultados e Relatos no Site



Índice
VIAGEM

(Cap.11 - Pag. 50)

"Boa companhia em viagem, faz o caminho mais curto"
Walton

Certa vez, um aluno me enviou este e-mail:

"Nestes dois dias que treinei com o sensei, pude perceber o quão longo é o caminho, e ele deve ser percorrido com seriedade e insistência, sem se desviar.
Lutando com o Sensei, percebi que seu espírito estava calmo, porém seus movimentos estavam ágeis e precisos.
Espero continuar treinando insistentemente até que, quem sabe um dia, eu possa lutar com o Sensei novamente, entretanto, com o espírito calmo e os movimentos precisos como os do Sensei.
Domo arigatou gozaimashita por passar para todos nós a verdadeira cultura samurai.
Sayounara".


A minha resposta:

“Cada estágio tem o espírito apropriado. Agora, no estágio em que se encontra você tem que ser como fogo: ofensivo e devastador.
Uma vez estando ao meu lado, verá muitas paisagens interessantes no Caminho".

Portanto, pegue as malas e vamos lá.





RENOVE

(Cap.12 - Pag. 51)

"É inútil pensar em ir acabando o mal aos poucos até eliminá-lo completamente. Deve-se fazer tudo de uma só vez para deter o mal, tal como se tapa o buraco de um rato ou
uma goteira".
Myoudi Tokubunshou Nissen Shonin

Passado o período de festas ("farra", para alguns), estamos aqui.
Graças a Deus!
E então, nos lançamos à pergunta que todos nós fazemos:
– O que é que eu vou fazer neste ano...
– O importante é renovar os nossos conceitos - direi eu.
Vou dar-lhe um exemplo:
Numa era em que todos correm por emprego e trabalho desesperadamente, fazer outras atividades que não ligadas diretamente às suas áreas se torna supérfluo, ou melhor, parafraseando, "secundário". Ou melhor, o "menos importante".

De fato, a maioria pensa que se dispuser de duas horas para preencher com alguma atividade é melhor fazer um curso de inglês, computação e por aí vai grande número de "necessidades".
Talvez uma academia para malhar, pois manter o corpo belo e saudável também é vantajoso, já diziam os gurus há dez anos no mundo corporativo. Ou algo para relaxar, porque tirar o estresse também é importante.
Mas "virar um samurai no meio dessa correria jamais", pensa a maioria.
– Em meio a esta correria, você entrar num "templo" para virar um samurai é uma grande idiotice ou, no mínimo, insano. Você deve estar "pirando". Vai estudar - dirá o seu amigo, a sua namorada ou algum parente querido.
Pensando bem, pode ser.
Leia o relato de um aluno que entrou no nosso "templo" e colocou o Niten em seu currículo:

"Nessas últimas semanas, ouvimos do Sensei sobre algumas pessoas em nossas vidas que tentam nos afastar do caminho, mesmo que sem intenção. Pais, irmãos, amigos, sempre dizem: "pra que isso?! O Niten não vai te levar a lugar algum...".
Pois bem, nessa semana, consegui uma entrevista de emprego.
Contudo, ao chegar no local, percebi que não era o único procurando pela vaga. Admito, fiquei um pouco decepcionado ao saber que alguns dos concorrentes possuíam duas ou mais línguas no currículo, sendo que eu possuo apenas o inglês básico. Outros tinham diplomas de computação e eu apenas procurava o primeiro emprego. Estava entre 10 concorrentes e me via sozinho. Entretanto, não perdi as esperanças.
Pouco a pouco fomos sendo chamados e cada um que saia da pequena sala tinha um sorriso no rosto. Fui o quinto. Por mais de meia hora, conversamos e o resultado parecia negativo, porém, me perguntaram se eu praticava algum esporte.
Citei o nome do Instituto Niten e comentei também sobre o Bushido. A entrevista começou a ficar cada vez mais interessante quando mostrei o Shin Hagakure que eu levo sempre comigo. Comecei a explicar mais sobre a disciplina que o nosso Sensei nos ensina. Pois bem, conversamos por mais de uma hora sobre o assunto e, por fim, fui contratado sem nem mesmo dar chance aos outros concorrentes. Essa foi minha primeira “Guerra” vencida.
Em uma semana, meu chefe disse que foi uma boa escolha. E pretendo que cada vez mais ele tenha consciência disso, pois levo o nome Niten comigo. Todos deveriam pensar da mesma forma. Pois isso é o Bushido.
Para aqueles que ainda pensam que ser um Samurai não nos leva a nada, re-avaliem seus conceitos...".


Pensando bem, é melhor não pensar.
Porque ao pensar o que pode parecer insano pode ser, na realidade, a cura...
Renove!!!



Shinhagakure - Pensamentos de um Samurai Moderno , Sensei Jorge Kishkawa,
Editora Kendoonline, 377 páginas




Índice
Bonenkais 2012
Confraternizações de final de ano

Belém

Florianópolis

Recife

Campinas

Curitiba

Sorocaba

México

Brasília

Sumaré

Baixada Fluminense

Chile

Niterói

Fortaleza

Rio de Janeiro

Porto Alegre
  

O nome eGan vem de "GAN", o ganso selvagem japonês, mensageiro de boas novas, que agora lhe são enviadas por email!
"EGAN" é o informativo do Instituto Cultural Niten enviado desde 2003 e já conta com mais de 300 edições em quase 10 anos. O material é editado pela equipe da Sede do Instituto NIten e conta sempre com a colaboração dos alunos, atualmente numa periodicidade bimestral.M ande sempre que desejar sua opinião, contribuição ou comentário para:

Arigato Gozaimashitá pela sua leitura!

  

Imagem Wallpaper

Download wallpaper 800 pixels Download wallpaper 1024 pixels Download wallpaper 1280 pixels


Nosso Site


Você está recebendo este email por constar na lista de envio do informativo do Instituto Niten, o EGAN. Seu cadastro pode ter sido feito diretamente em uma de nossas unidades ou através do formulário ou email enviado ao Instituto Niten.

Para cancelar o recebimento enviar email para retirar@niten.org.br