Ir para o Conteúdo
imgcentral

Mural

Murais das unidades e posts de alunos


Retorno ao Clube Militar

por Francesco Impieri - RJ/Rio de Janeiro - 19-jun-2009

Konbanwá Senpai,
Foi muito bom participar desse retorno ao Clube Militar!
Realmente a Urca deixa saudades até prá mim que pouco treinei lá, mas onde passamos bons momentos. No entanto, como Senpai bem colocou, isso não deve nos deixar tristes. Apenas com saudades!


Francesco Impieri

O importante é logo percebermos que, independentemente do local , o grupo segue em frente cada vez mais forte e com bastante energia. Sem sombra de dúvida, sábado é o melhor dia de treino, onde muita coisa acontece. É o encontro de coordenadores e alunos de várias unidades, sob a orientação do Senpai, que nos proporciona exercitar a diversidade. Talvez falte a alguns de nos essa percepção e que mesmo podendo, não comparecem! É uma pena! Temos a oportunidade de vivenciar bons momentos, expandir nossas experiências, seja com uma simples ou mais elaborada orientação. Ou mesmo um rápido “olá!” (konnichiwá .., onegai ...., arigato ...., sayounara ....). Enfim, estarmos juntos é muito importante e gratificante! Sempre que houver uma chance estarei lá! Bem, por enquanto, fico com a “Sagrada” PUC, que também me proporciona agradáveis momentos, mesmo fugazes. Nesses dias volto para casa aparentemente cansado, mas cheio de energia e feliz. Afinal, fui à fonte me reabastecer!
Domo arigato gozaimashita ao Senpai e demais coordenadores que nos disponibilizam seu tempo e nos proporcionam estes momentos.
Impieri.

NOSSOS ALUNOS NO GRANDES MESTRES 2009

por Niten Rio Grande do Sul - RS/Porto Alegre - 18-jun-2009

Tags: Grandes_Mestres,

Visita al Museo del Ejército

por Niten Argentina - AR/Buenos Aires - 15-jun-2009

Tags: Visita,

Azuizinhos

por Israel Carbone - RJ/Rio de Janeiro - 06-jun-2009

“Quando a aula acabou, me lembro que estava muito feliz e percebi que aquilo seria essencial para mim, ainda mais em ano de vestibular. Saí de lá com o espírito um pouco mais forte.”


Israel Carbone
Conheci o Niten pesquisando sobre Bushido na Internet. Na época nada pude fazer a respeito, pois eu tinha por volta de 13 anos de idade e as unidades eram muito longe de casa. Meus pais não deixaram eu praticar por causa da distância e da violência na cidade, fatores que pesaram muito na decisão deles. Sendo assim, "esperei" ficar mais velho. Aos 18 anos, estava em nossa casa de férias em Araras, Petrópolis, quando decidi que deveria voltar a tocar no mesmo assunto de anos atrás.

Peguei o ônibus de Petrópolis para o Rio e fui assistir a uma aula na unidade de Botafogo. Levei meu amigo Raphael junto comigo, afinal nós dois sempre lemos e pesquisamos muito sobre Bushido. Um detalhe importante era que o Raphael estudava na mesma sala de um dos sempais (sempai Marcos Menezes). Quando chegamos ao local, estava havendo um workshop sobre o filme “O Último Samurai”. Chegada a hora do treino, falamos com Marcos e nos sentamos para assistí-lo.

Sempre me lembro de quando fui sentar para assistir e um dos "azuizinhos" veio em minha direção e me chamou para fazer uma aula. No início fiquei um pouco assustado com todos aqueles kiais, com a postura de todos no dojo, com a seriedade. Senti um espírito muito forte, uma força muito grande. Já havia feito outras artes marciais, mas não senti essa força em nenhuma delas. Era uma sensação estranha, dava medo, mas ao mesmo tempo me sentia atraído por tudo aquilo.

Fiz o treino e gostei muito, até ganhei um torneio virtual para principiantes. Quando a aula acabou, me lembro que estava muito feliz e percebi que aquilo seria essencial para mim, ainda mais em ano de vestibular. Saí de lá com o espírito um pouco mais forte. Não sei se isso acontece com todos, mas parece que ao querer fazer uma aula, mesmo sendo experimental, surge uma barreira na sua frente.

Bem, se não fosse pelo empurrão daquele "azulzinho" que veio me chamar pra fazer o treino, acho que hoje eu não estaria no Niten.

Tags: Relatos,

Estamos Voltando para o Clube Militar

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 06-jun-2009

Dojo no Clube Militar, Jardim Botânico, Rio de Janeiro

Depois de um ano treinando todo sábado na Urca, os treinos de sábado do Niten no Rio estão retornando novamente para o CLUBE MILITAR, a partir de 6 de Junho, na Rua Jardim Botânico, em frente ao Parque Lage.
Os treinos de Sábado já passaram por muitos endereços no Rio, antes da Urca estávamos justoForte da Urca lá no Clube Militar, antes no Clube Sírio Libanês, antes tínhamos passado uma primeira temporada no Forte da Urca, estivemos já em Botafogo, começamos em Copacabana, passamos por Ipanema...estamos sempre experimentando o princípio da impermanência, como diria o primeiro aluno do NitenRio, o Célio!
Ainda assim continuamos firmes, no caminho, todo sábado dando nosso passo de cada dia.
Sejam Bem vindos ao Clube Militar, alunos, alunos antigos e todos interessados em conhecer, treinar ou fazer uma aula experimental.
Domo Arigatô Gozaimashitá a todos do Forte da Urca e da Escola de Educação Física do Exército, torcemos para um dia retornar, afinal a impermanência permanece.
A Urca vai deixar saudade. Quem sabe daqui há 3 anos, em um terceiro torneio brasileiro no Rio!

Tags: Treino,

Grandes Mestres 2009

por Niten Minas Gerais - MG/Belo Horizonte - 01-jun-2009


O monitor Leonardo Sartori participou dos treinos em Brasília com Mestre Baba, Mestre Ouchi e universitários da Kokushikan.

Tags: Evento, Grandes_Mestres,

A PUC de Outono

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 25-mai-2009

PUC 31 Maio 2009

Nas manhãs de domingo, quizenalmente temos no Rio um treino livre no ótimo ginásio da PUC.
Hora de lutar, de muito combate,
na foto oficial acima, em pé: Carbonete, Impieri, Kenzo, Wenzel, Cristina, Fernanda, Gouveia, dePalma, agachados,
Kan, Miguel, Dutra, Breno, Luciana, Krysamon e Vianez

PUC 31
 Maio 2009

E também hora de se reunir para acertar os ponteiros dos treinos da semana.

Tags: Treino,

Grandes Mestres 2009

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 23-mai-2009

Treino de Kendo e Kenjutsu na Praia de Botafogo

Treino na Praia de Botafogo, durante o evento Grandes Mestres 2009, com a presença dos mestres japoneses Baba Sensei e Ouchi Sensei acompanhados de 16 atletas da Universiadde Kokushikan.

Tags: Especiais, Evento,

A Espada que dá a Vida - 25.000 litros de leite

por Café com Sensei - Social - 14-mai-2009

No Café de ontem, deixei o link Kendo / Kenjutsu em que se observa nas últimas linhas:

"Trabalho social
O Instituto Niten transmite a espada que trás a vida, indo além do dojo e contribuindo para tornar o mundo um lugar mais justo.
Ao longo dos anos, o Instituto contribuiu com diversos programas sociais e ajudou diversas associações, dentre o qual se destacam:

  • Programa Fome Zero
  • Programa de combate à desnutrição em Fortaleza (IPRED)
  • Doações à Cruz Vermelha internacional
  • Projeto Pequeno Cidadão
  • Casa de tratamento de Hanseníase de Betim"

A razão de o Niten estar a frente nos projetos sociais é simples: bushido.
Exercitar a compaixão.
É dever do samurai ajudar os mais fracos.
Sei que não poderei salvar o mundo.
Mas por onde passarmos, a nossa Espada será a que dá a Vida.


Sensei doando 25.000 litros de leite às crianças em Fortaleza (IPREDE)

Tags: Social,

Lutamos Contra Quem?

por João Paulo - SP/Piracicaba - 08-mai-2009


"Então cultivamos a inimizade? Não. Não são as pessoas as nossas inimigas, embora algumas se esforcem para que isso aconteça. Temos compaixão, somos honrados e corteses. Queremos o bem da humanidade."

Muitos podem questionar muitas coisas dos treinos de Kenjutsu: Com o esforço mundial para a paz, não seria essa prática um incentivo à violência? Para que aprender a lutar com espadas se na rua estaremos indefesos sem elas? Por quê esse resgate da postura de um samurai e sua prontidão para a guerra, se não somos militares e nem estamos em guerra? Se vamos lutar, contra quem será? (...)

Eu não tenho grande experiência, mas qualquer um, em pouquíssimo tempo no Niten pode ver que o aprendizado é muito mais profundo e transformador. (...)

Não aprendemos a lutar com espada. Aprendemos a lutar com o que temos de melhor. Usamos a espada nos Dojos, mas é o mesmo aprendizado (que não ocorre só na consciência), a mesma postura, a mesma estratégia que utilizamos em casa, na escola, no trabalho, nas ruas, na alegria e na tristeza.

Nunca fomos incentivados a levar nossas espadas na cintura para as ruas. Não pretendemos usá-las para cometer algum crime. Nós as levamos no nosso coração. O que aprendemos no Instituto é para as lutas do dia-a-dia. Para a vida. É para a vida que temos a postura de um Samurai que, embora seja um Bushi (militar) é diferente do conceito ocidental. Estamos de prontidão para desembainhar a espada para defender e atacar, imobilizar e anular nossos grandes inimigos.

Então cultivamos a inimizade? Não. Não são as pessoas as nossas inimigas, embora algumas se esforcem para que isso aconteça. Temos compaixão, somos honrados e corteses. Queremos o bem da humanidade.

Eu poderia dizer que são o egoísmo e arrogância contidos nas pessoas que nos prejudicam. Lutaremos contra eles. Eu também poderia dizer que são as intempéries do acaso que nos trazem desgraças. Lutaremos contra elas também. Poderia dizer que são as dificuldades da vida as nossas inimigas. Entretanto, de todos os adversários, meu maior oponente, aquele que os treinos me ajudam a vencer, está atrás do espelho. Nossa grande vitória é vencer a preguiça, a presunção, o medo e o conformismo em nós mesmos.

Não posso representar as idéias do Instituto Niten, não seria tão presunçoso. Posso estar errado e os treinos vão me ensinar, mas já que esse espaço é para colocar minhas impressões, esta é a minha. Não quero superar a ninguém, a não ser a mim mesmo.

Últimas postagens:


topo

(+55 11) 5539-6550 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h