Ir para o Conteúdo

Mural Niten Salvador


Gashuku com Senpai Fugita!

por Takei - 03-out-2013

O mês de setembro ficou marcado na história da Unidade Salvador!

Após a participação em massa dos alunos nas festividades dos 20 anos do Niten, tivemos a honra de receber para um Gashuku em Salvador o Senpai Fugita, grande campeão do torneio Feras do Niten.

O evento ocorreu nos dias 7 e 8 e quem esteve lá pode garantir: foi muito intenso! Ao final das 15 horas de treino em dois dias todos saíram felizes, certos de que avançaram mais alguns passos no Caminho.

Arigato gozaimashita Senpai Fugita, por dispor de seu tempo, atenção e energia em prol dos Samurais do Nordeste!
Arigato gozaimashita Sensei, por nos proporcionar estes dois dias, que valeram por meses de aprendizado!

Confira abaixo algumas fotos e relatos dos alunos e o relato do senpai Fugita:



 

A Baía de Todos os Santos

"Saí do aeroporto de Guarulhos numa sexta feira de madrugada, com a sensação de que faria  uma viagem internacional. Não era minha primeira vez viajando pelo Brasil, mas a primeira para o Nordeste. O sol, a água, a comida, o ar, o que me esperaria nesta jornada?

Ao descer do avião, sentindo o mormaço da Bahia, chuva. A previsão do tempo dizia que o único dia de sol seria no meu último dia de viagem, em Fortaleza. Apesar disso, caminhei para conhecer a cidade no final da tarde. Pude aproveitar um ótimo pôr-do-sol no Farol da Barra. O jantar com os alunos mais antigos foi no famoso Kimukeka, e ali comecei a sentir as grandes diferenças na cultura. No sabor, na cor, nos cheiros. E aos poucos, durante a viagem, fui entendendo melhor os “vários brasis” que o Sensei se refere no Shin Hagakure.

O treinamento no nordeste é tão exaustivo quanto no Centro-Oeste. Mas lá, o que pesa é o mormaço, a

maresia. Apesar disso, todos treinaram com determinação até o final do dia. Salvador recebeu uma nova leva de kimonos azuis ao fim do gashuku. Pessoas que treinam a muito tempo e precisavam de um ajuste ou outro para entrarem no próximo nível.

A confraternização teve o clima que sempre temos no Niten. Mesa de família, com todos os primos, tios, irmãos, sobrinhos, reunidos para brindar o sucesso de um gashuku intenso, suado e proveitoso. Foi especialmente bom, poder brindar com o Senpai Édio, que conheci em São Paulo logo que entrei no Niten. E que me lembro, me disse em seu último treino em São Paulo, antes de ir para Salvador: “Treine firme hein”.

Fugita

 

"É uma experiência transformadora e arrebatadora.
 
Das inúmeras lições que aprendi (e que levarei sempre comigo)
destaco aqui a que mais me impressionou:
 
Economia.
 
Fiquei profundamente impressionado com a forma como Senpai Fugita se movimenta.
 
Percebi uma economia nestes movimentos, 
uma leveza e fluidez que o faziam atingir seu objetivo de forma certeira,
fosse este objetivo um "men" no adversário,
fosse este objetivo sentar-se em seiza.
 
Isto me levou a outra reflexão:
 
Eficiência.
 
Como todos este movimentos refletem a personalidade e objetividade de Senpai Fugita.
Um reflexo do Sensei em todas as lições passadas no Niten.
Um exemplo de um caminho que visa melhorar sempre.
 
E, fechando este ciclo, percebo a ...
 
Simplicidade.
 
Ser Econômico é ser Eficiente.
Ser Eficiente é ser Simples.
 
Parece fácil, mas somente com muito treino e perseverança
conseguimos tirar os excessos do corpo e do espírito.
 
Para ser mais Econômico,
Eficiente e,
verdadeiramente,
Simples."  

(Joshu - Unidade Salvador)

"Ao iniciar o combate senti algo que nos meus sete meses de treino não havia sentido, uma energia diferente que naquele momento me fazia enxergar apenas eu e o senpai como se nada no mundo existisse. Domo Arigato Gozaimashitá ao Senpai Fugita por estes dois dias que valerão por meses de vida e treino árduo."    


(Baptista - Unidade Salvador)






 

"À aqueles que não entenderam
É porque não estavam lá,
Perderam
Mas vencer é a  nossa missão
 
E sua presença contagiou nosso coração
E que ainda este ano
outros samurais aprenderão
O poder de uma missão!"    

 (Almeida - Unidade Salvador)



 

"Creio que,  misturado com a euforia e ansiedade, que frequentemente experimento quando dou os primeiros passos em direção ao desconhecido, o sentimento que se apoderou do meu espírito foi o de revelação. Acho que, até então, não tinha me preocupado com a dimensão que ainda precisava ser percorrida no caminho.

E foi assim que, justamente no início do Gashuku, o tamanho da lacuna apresentou-se para mim,  quando Senpai Fugita demonstrou-nos como o treino piloto poderia ser executado de forma tão precisa e fluida, onde cada golpe consecutivo parecia ser uma continuação direta do seu antecessor. Ali,  compreendi que preciso dedicar o meu corpo e minha alma com uma intensidade ainda maior.
 
Domo arigato gozaimashita, Sensei, por ter agraciado a nossa unidade com este evento tão essencial para o nosso desenvolvimento. Graças a ele, pude aprender em dois dias o que permaneceu oculto, aos meus olhos, em dois anos de treino."

Cardoso (Unidade Salvador)

comentários  

Barros - SalvadorEste é o meu relato, que em curtas palavras expressa como me senti participando do Gashuku do dia 07 e 08/09 em salvador.
Participei do Gashuku em salvador no dia 07 e 08/09, sendo esse o primeiro Gashuku cuja qual participei, desde quando soube que haveria o Gashuku fiquei extremamente empolgado pelo treino intensivo, tendo começado a treinar a poucos meses ainda sentia medo de falhar na hora do Gashuku, o medo de sucumbir ao cansaço e de não conseguir acompanhar o ritmo do treino, mas mesmo assim a vontade de treinar era muito maior, foi no Gashuku aonde treinei com o bogu pela primeira vez, e como o senpai Takei mesmo disse, não poderia haver momento melhor para começar a usar o bogu, treinamos muito e mesmo quando eu me sentia cansado eu queria continuar a dar o máximo de mim, a me esforçar e a continuar a treinar, a experiencia desse Gashuku foi algo incrível, o senpai Fugita nos proporcionou grandes orientações e nos incentivou a treinar cada vez mais, além de toda a grande experiencia que pude compartilhar com os meus irmãos de espada, me senti ainda mais parte da grande família do Niten e com toda certeza muito mais motivado a treinar cada vez mais e mais.
Tenho apenas que agradecer.
Arigato Gozaimashitá Niten.

Barros



Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Bahia
    (071) 98849-0410
    salvador@niten.org.br