Ir para o Conteúdo

Mural Niten Salvador


Estagio na ADM - Chagas

por Niten - 01-jul-2016

"Konbawá Sensei, Shitsureishimassu. Na última semana, fui ao Gashuku da Kokushikan e posteriormente estagiei na ADM até sábado. Acredito que essa viagem tenha sido um pulo do gato, tanto para crescer como pessoa quanto para compreender melhor o caminho.

No Gashuku, além de ter a oportunidade de conhecer técnicas novas, pude conviver com pessoas de várias unidades diferentes. Ouvi muitas histórias, conheci mais Senpais que são referência no Niten, tanto na parte técnica quanto nos Katas do Bushido. Além disso, paguei meu primeiro sapinho, que, apesar de ter cansado minhas pernas, me fez perceber coisas que aos meus olhos não eram claras, por exemplo, a necessidade das punições em alguns momentos, não como ferramentas de opressão, mas como reparadores do espírito.

No primeiro dia de estágio, o Senpai Wenzel disse que ia me pôr "na linha". Apesar de não ser problemático, eu não tinha o costume de desempenhar algumas atividades domésticas, como varrer o chão, limpar banheiros ou até mesmo recolher o lixo. Apenas lavar louça e fazer Osooji aqui em Salvador. A importância de desempenhar atividades domésticas foi o coração do estágio, e o Senpai Wenzel me explicou que se eu não souber fazer um pouco de tudo, serei um inútil na vida, que sempre dependerá dos outros. Minha natureza me atrapalhou um pouco na velocidade de execução das minhas missões, devido a realizá-las com muita cautela, e isso foi chamado à atenção pelos Senpais da ADM, o que me motivou a ser mais leve e a parar de achar que tudo pode dar errado. Falta de leveza essa que Sensei e os Senpais também me pontuaram na parte técnica.

Tive a oportunidade de participar de todos os treinos semanais. Apesar de ter ficado exausto, isso e suas palavras, Sensei, me ajudaram a ter uma breve noção do que é um período de "Guerra", do que é "Zanshin"( Sobra de espírito), do quão importante é se levantar e treinar mesmo estando com o corpo moído. Foi uma sorte graciosa estar presente justamente no Birudô em que Sensei e o Senpai Moron marcaram para contar as histórias de sua viagem mais recente ao Japão. Sem dúvida, a oportunidade de ouvi-las me ensinou bastante sobre convivência e sobre o voto de "Ser sempre útil ao mestre".

Agradeço à minha família por me dar essa oportunidade, e a todos que me orientaram.
Espero que outra oportunidade como essa surja. Até lá, buscarei aplicar o que aprendi em meu dia a dia. Arigatou Gozaimashitá, Sayounará"

Chagas



Tags: Estagio,
comentários  

Cardoso - SalvadorChagas, ver seus olhos cheios de entusiasmo foi incrível e motivante! E, com suas palavras, fica fácil entender o por quê! Essas experiências nos engradecem muito como pessoas e alegra o meu coração assistir ao seu amadurecimento! Omedetou-gozaimassu!



Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Bahia
    (071) 98849-0410
    salvador@niten.org.br