Ir para o Conteúdo
imgcentral

Ações Niten Social


Trilhar o Caminho do Samurai é acima de tudo aprender a pensar no outro.


Pensar no outro também pode ser expressado pelo termo japonês de OMOYARI, que envolve não somente o pensar nas necessidades do outro, como também se colocar no lugar do outro em todos os momentos do convívio social.

Juntamente com os projeto de Bolsas do Instituto Niten (bolsas parciais 50%-70%) e o Projeto Niten Virtudes (bolsas 95% para estudantes da rede pública com fornecimento gradual de materiais), o Instituto Niten regularmente promove ações sociais.

Samurai: aquele que serve.


Visita ao IKOI- NO-SONO

por Café com o Sensei - 03-mai-2019



 


Clique para Ampliar



Texto da Matéria

"Jornal Nippak 02 ~08 de Maio 2019
Grupo de Jovens do Niten realiza apresentação no Ikoi-no-sono

Como faz desde que foi fundado, há cerca de sete anos, o Grupo de Jovens (Hayabusa do Instituto Niten) realizou uma visita no dia 7 de abril na Assistência Social Dom José Gaspar “Ikoi-no-Sono”, em Guarulhos. No dia, cerca de 20 jovens participaram da ação, que consistiu em demonstrações das técnicas de kenjutsu para os internos, que se mostraram bastante ansiosos com a visita dos jovens samurais.
O fundador do Instituto Niten, Jorge Kishikawa, que fez questão de acompanhar os jovens, explicou que o Hayabusa costuma realizar de 3 a 4 visitas semelhantes durante o ano, “quando fazem valer o 4º voto do samurai, que é a compaixão”.
Foram demonstradas técnicas de Iaijutsu, Kenjutsu combate, Katori shinto ryu e o Niten Ichi Ryu. Sensei Jorge Kishikawa, fez questão de acompanhar a visita por um motivo muito especial. “Devido ao recente falecimento do meu pai [Yoshiaki Kishikawa], ocorrido no dia 9 de fevereiro deste ano, decidi doar todas as suas roupas para o Ikoi”, conta o filho, explicando que, apesar de serem japoneses, muitos ainda não tinham visto uma katana (espada) de perto. “Tive oportunidade de falar um pouco sobre o Katori Shinto Ryu, a técnica mais antiga do Japão e, em contrapartida, tivemos a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido na entidade e, mais do que isso, ouvir muitas histórias”, diz Kishikawa.
Experiência que certamente a psicóloga Lorena Araújo não esquecerá tão cedo. “Sabemos das dificuldades que eles enfrentaram, mas é fascinante como eles conseguem transmitir tanta energia positiva. É, sem dúvida, um diferencial que fortalece nossos espíritos e traz um sentido muito especial às nossas vidas”, diz Lorena, praticante há cinco meses.
Estar vivo – Para o líder do grupo de jovens do Niten, Akio Asakawa, “a sensação que tive durante nossa campanha foi a de estar vivo, de estar acordando”. “Estava revivendo um exercício de compaixão fundamental à vida, mas que na correria do dia a dia é sempre um dos primeiros a ser deixado de lado. E de maneira ainda mais especial pois estávamos diante da própria história da comunidade nikkei no Brasil, contribuindo como podíamos, através do Ikoi, a favor da dignidade daqueles guerreiros”, destaca, acrescentando que, “poder levar a eles a nossa ‘espada que dá a vida’ me fez sentir como se estivesse indo de encontro com uma parte minha que faltava para estar vivo de verdade”.

Já para a irmã Teresia, receber novamente a visita do Hayabusa – a primeira foi há 4 anos – foi motivo de muita alegria. Segundo ela, o que impressionou a platéia foi a disciplina, calma, respeito e concentração dos jovens”.
“No final da apresentação dos jovens, os senhores Kumada e Saito também quiseram se apresentar pois, no primário, ainda no Japão, aprenderam um pouco de Kenjustu. Com muita bondade, o professor Kishikawa pediu para alguns jovens ‘lutarem’ com eles. E os dois idosos atacaram com muita força. Certamente eles não esquecerão tão cedo a vivência que tiveram neste dia”, conta Teresia. (Aldo Shiguti)"




Imagens da visita do Niten ao Ikoi-No-Sono

















Carta da Ir. M. Teresia



"Depois de 4 anos, recebemos no dia 07.04.2019, a visita dos membros do Instituto Niten.
 
Para nós foi uma grande alegria, pois percebemos que nós não éramos esquecidos...
Às 14:00,  os idosos já tomaram seus lugares no salão, esperando a visita dos amigos que muitos ainda se lembravam. Certamente, depois de 4 anos, os membros do Instituto Niten não seriam os mesmos e, muitos idosos daquela época, já partiram para a Casa do Pai. O Sr. Kumada havia guardado com carinho a espada que recebeu do Sr. Pacheco naquela oportunidade e mostrava com orgulho o seu presente.
 
Na apresentação, sob a orientação do Prof. Jorge Kishikawa, os jovens apresentaram muitas técnicas do kenjutsu. O que impressionou a platéia foi a disciplina, calma, respeito e concentração dos jovens.
No final da apresentação dos jovens o Sr. Kumada e Sr. Saito quiseram também apresentar-se, pois no primário, que fizeram no Japão, eles aprenderam um pouco de kenjutsu.
O Prof. Jorge, com muita bondade pediu para alguns jovens "lutarem" com eles.
Com muita satisfação, os dois idosos atacaram com toda força! A platéia aplaudiu e riram com gosto. Certamente, os idosos não esquecerão tão depressa a vivência que tiveram neste dia.
 
Nós agradecemos cordialmente, o carinho e bondade com os idosos do Ikoi no Sono.
Sabemos que cada apresentação toma seu tempo com os ensaios. Desejamos que Deus retribua em alegrias e bênçãos todas as atividades dos membros do Instituto Niten.
 
Com muita gratidão, em nome todos os idosos."
 
Ir. M. Teresia

Tags: Social, Hayabusa,

CAMPANHA BENEFICENTE

por Niten - 22-jan-2019

A turma do Hayabusa (Grupo de Jovens do Niten) se dirigiu até Marcilac para entregas os alimentos arrecadados na nossa campanha do 4º Voto em São Paulo!

As doações foram destinadas à Associação Beneficente Cesarina

Gokuro Sama a todos do Hayabusa e que ajudaram!



Sobre a Associação:

A Associação Beneficente Cesarina é uma ONG que sobrevive de doações e que tem como objetivo prover educação, alimentação e um ambiente saudável para as crianças e adolescentes das famílias locais, que não teriam outra forma de oferecê-los devido à baixa renda ou pela grande distância até a cidade mais próxima.
 
www.facebook.com/associacaoabc2001


 
Arigato Gozaimashitá a todos que contribuiram!
Hayabusa Niten

 

















Tags: Hayabusa, Social,

NITEN VIRTUDES no Pimentas

por Niten - 27-ago-2015



Fotos da Inauguarção do Projeto Virtudes no Ceu_pimentas em Guarulhos, Abril 2014

























Tags: Social, Virtudes,

A Espada que dá a Vida - 25.000 litros de leite

por Café com Sensei - 14-mai-2009

No Café de ontem, deixei o link Kendo / Kenjutsu em que se observa nas últimas linhas:

"Trabalho social
O Instituto Niten transmite a espada que trás a vida, indo além do dojo e contribuindo para tornar o mundo um lugar mais justo.
Ao longo dos anos, o Instituto contribuiu com diversos programas sociais e ajudou diversas associações, dentre o qual se destacam:

  • Programa Fome Zero
  • Programa de combate à desnutrição em Fortaleza (IPRED)
  • Doações à Cruz Vermelha internacional
  • Projeto Pequeno Cidadão
  • Casa de tratamento de Hanseníase de Betim"

A razão de o Niten estar a frente nos projetos sociais é simples: bushido.
Exercitar a compaixão.
É dever do samurai ajudar os mais fracos.
Sei que não poderei salvar o mundo.
Mas por onde passarmos, a nossa Espada será a que dá a Vida.


Sensei doando 25.000 litros de leite às crianças em Fortaleza (IPREDE)

Tags: Social,

Donación a Casa Ludovica: Guerreros del Corazón

por Saieva-Bsas - 17-dez-2018

Este sábado 15 de Diciembre tuvimos el privilegio de visitar Casa Ludovica en la ciudad de La Plata. Una casa de contención para niños y familias que están en tratamiento oncológico en el Hospital de Niños de esa ciudad.



(...)



Continua (post completo)

Tags: Social,

Hayabusa na Associação Viver

por Silvana-bsb - 10-fev-2014

No dia 05 de fevereio, representantes do Hayabusa do DF visitaram a Associação Viver, na Estrutural.

Foram entregues mais de 200 kg de alimentos e brinquedos.
Servimos lanche, fizemos alogamento, demostração e oficina para as crianças e professores. Muita energia e descontração!

Arigato Gozaimashitá a todos que participaram da campanha e tiveram oportunidade de praticar os votos do Hagakure.

“Apesar de já ter visitado uma creche com o Niten em uma outra oportunidade, hoje foi diferente.

Da outra vez, eu ajudei a carregar as doações e dei apoio na organização do lanche.
Hoje tive a oportunidade de fazer mais, de ser monitor no workshop com as crianças, de ver a felicidade delas em experimentar um gostinho do Bushido, de ter contato com o Niten (e não apenas as crianças, mas as "tias" e "tios" também); hoje eu me senti mais feliz por ver a alegria de todos se divertindo com um pouquinho do nosso treino.




Espero que a mensagem do Senpai Patrick de respeito e carinho pelo próximo tenham sido bem entendidas pelas crianças.



Foi um bom aprendizado ter participado desse primeiro projeto do Hayabusa-DF e espero que os outros sejam cada vez melhores e que possam contar com a participação de mais colegas.



Arigatou gozaimashita pela oportunidade.”

Igor - Brasília

Tags: Hayabusa, Jihi, Social,
comentários   4 de 4

Ferreira - Brasilia-DFPraticar a compaixão sempre trás mais benefícios do que imaginamos. Não tem como colocar em palavras a satisfação pessoal que este dia nos proporcionou!!
Arigatou a todos que colaboraram e ao grupo hayabusa DF. (Continua)

Vinicius S. Camargo - BrasiliaCertamente foi uma oportunidade sem igual poder ter participado dessa visita à creche, poder mostrar um pouco do Bushido e do Kenjutsu para as crianças do Viver, além de exercitar a compaixão pela humanidade, através da doação.
Sinto que todos - do Nite (Continua)

Honda - BrasíliaNa primeira quarta-feira de fevereiro o grupo Hayabusa esteve na Estrutural para entregar as doações de alimentos de todos os membros da unidade de Brasília para uma instituição que atende por volta de cem crianças.

Contudo, aqueles que estiveram prese (Continua)

Alessandro Rabello Barbosa - Porto AlegreOmedeto gozaimassú Hayabusa - DF!
(Continua)

NIten Nova Friburgo na Imprensa da Serra

por NitenRio - 18-mai-2011

Matéria publicada 18 de Maio de 2011 no Jornal Nova Imprensa!
Omedetou Niten Nova Friburgo que já conta com 5 alunos!




Toda a beleza da arte milenar de manuseio de espadas samurais pode ser conferida de perto em Nova Friburgo. O Instituto Niten, sob coordenação do Mestre Jorge Kishikawa, abriu inscrições para o projeto “Niten-Virtudes” no ginásio do Friburguense, em Olaria, cujo instrutor designado é o Sempai Israel Carbone.

Este projeto prevê oferecer todos os subsídios para o treinamento pleno, com todos os materiais necessários para até 12 alunos. Podem se matricular jovens, meninos e meninas, que sejam alunos da rede pública de ensino (qualquer nível), entre 12 e 17 anos. Para isso estão sendo elaboradas parcerias com a rede pública de ensino.

(...)



Continua (post completo)

Tags: Imprensa, Jornal, Jihi, Virtudes, Social,
comentários   2 de 2

Saraiva - Rio de JaneiroParabéns Sensei, Senpai Wenzel e todos que contribuem com este projeto Niten-Virtudes que leva esperança e energia para todos enfrentarem os desafios da vida com muita coragem.
Sayounara Arigato Gozaimashita
Saraiva (Continua)

Guimarães - Rio de JaneiroGostaria de parabenizar o Niten por esta atitude, em especial ao Sensei e
ao Senpai Wenzel. Esta é mais uma ação que dignifica e honra o sentido do
caminho, ser samurai é ir além do combate físico, é ter compaixão e empatia
com o outro, ou seja "omoiya (Continua)

Levar a esperança

por Café com o Sensei - 17-mar-2016


"Levando esperança para a ACTC"


"O Hayabusa (Grupo de Jovens do Niten) fez uma visita na  ACTC (Associação de Assistência à Criança e ao Adolescente Cardíacos e aos Transplantados do Coração) em São Paulo no dia 29 de Fevereiro.
A Casa promove um belo trabalho ajudando famílias que vem de todo o Brasil buscando tratamento cardíaco para suas crianças.

Além de assistirem apresentações de Jojutsu e Iaijutsu, as crianças tiveram a oportunidade de pegar o Shinai (espada de bambu) e sentir o que é ser um Samurai! Foi um dia emocionante"
Felipe Paiva - Coordenador do Hayabusa


Em momentos como esse, onde o isolamento, o egoísmo e a violência imperam e são uma constante na mídia, eventos como este são importantes para resgatar o que, no mundo, está sendo perdido: a nobre virtude herdada dos samurais, a Compaixão.

E isto deve começar desde cedo, enquanto jovem, principalmente para aqueles que têm ascendência oriental, onde a ênfase na educação de seus filhos está em passar no vestibular, ser bem sucedido ou ser melhor que os outros.
Ao meu ver, esta busca desenfreada por competição e títulos nos distancia do mais nobre sentimento, a compaixão, e é por isto mesmo que o nosso grupo de jovens do Niten, o Hayabusa, tem levado, ao longo dos anos, a esperança para aqueles que mais precisam. Esses meus jovens já levaram o calor humano e a esperança a entidades como o Ikoi no Sono, Cruz Vermelha, Casa Hope e outras que aqui não caberia enumerar.
São atividades como essas que mostram aos jovens que a vida não se limita ao vazio de ter um diploma e ser melhor que os outros.
Não é promovendo a competição, mas sim a compaixão é que nos tornaremos completos
















Clique para Ampliar




Link para o Mural com a Materia completa e comentarios da
Coordenadora Pedagógica da ACTC


Tags: Social,

Ikoi No Sono 3 - Descobrindo um Elo escondido

por Café com o Sensei - 24-out-2014


Link para a Matéria no Site do São Paulo Shimbum



Tradução da Matéria Publicada no Jornal:

"O Instituto Niten visita Ikoi no Sono


O grupo de jovens Hayabusa do Instituto Niten (Presidente Jorge Kishikawa) visitou no dia 21 de setembro a casa de repouso Ikoi no Sono em Guarulhos.
Apresentou para os idosos o Kendo, Kenjutsu, Iaijutsu e Jojutsu.
Midori Saito (26 anos, 3ªgeração de japonês) e Toshi Nagumo (32 anos, 3ª geração de japonês) visitou o jornal para comunicar sobre o evento.

Foi a primeira vez que visitaram o asilo, e o objetivo principal é praticar a compaixão pelo próximo.
Ensinamento esse que aprendem no Instituto Niten.
Todos participaram com o intuito de entreter os idosos.

Aproximadamente 20 alunos apresentaram o que aprendem em seu treinamento diariamente.
Muitos idosos ficaram com lágrima nos olhos, emocionados, lembrando de sua infância, quando praticavam Kendo.

A enfermeira do Ikoi no Sono contou "Não imaginei que a apresentação fosse causar tamanha emoção aos idosos"

Felipe Gisondi, aluno do Instituto Niten relatou "Conviver com essas pessoas que são o elo entre Japão e Brasil foi muito gratificante"

"Todos estavam felizes, então pensamos em continuar com esse projeto daqui em diante" comentaram as duas que visitaram o jornal."
 

Tags: Social,

Ikoi no Sono 1 - Sentir-se bem

por Café com o Sensei - 22-out-2014

Mas o que tem a ver uma escola , "academia" ou organização de artes marciais fazer uma apresentação e workshop em um asilo? - dirão alguns ou até muitos.
Talvez nada. Pois hoje em dia, estão muito ocupadas em promover torneios, exames de graduações, olimpíadas e por aí vai. Em busca de medalhas e troféus. De títulos e "dans".
Mas no Niten, isto não importa. 
Fazemos porque nos sentimos bem. 
Fazemos porque o mundo se sente bem.
Fazemos porque nesta vida, medalhas ou títulos valem muito pouco (ou até nada?) diante do tempo que estivemos felizes enquanto estivemos no Niten.
Dentro deste contexto, você há de concluir que o Niten realmente NÃO é uma academia...
Aos Hayabusa, jovens guerreiros que levam a espada que dá a vida em abundância, meu arigato.





Texto do  Jornal Nikkei traduzido:

"O grupo de Jovens do Niten apresenta o Kenjutsu a Casa de Repouso Ikoi no Sono e idosos ficam emocionados.

O grupo de jovens Hayabusa do Instituto Cultural Niten (Presidente Jorge Kishikawa), visitou a Casa de Repouso Ikoi no Sono em Guarulhos no dia 21 de setembro para uma apresentação e confraternização.
20 integrantes do grupo Hayabusa apresentaram o Kenjutsu, Iaijutsu e Jojutsu alegrando aproximadamente 80 idosos com idade entre 70 a 90 anos.

O objetivo da visita, foi colocar em prática o que é ensinado no Instituto, como Exercer compaixão e tirar o sofrimento das pessoas.
O Membro do grupo Felipe Gisondi comentou "Foi uma honra conviver com os idosos. Pode passar anos, que vou recordar dessa experiência"
A Coordenadora Social, Akatsuka Teresia falou "Foi uma tarde muito proveitosa que os idosos puderam passar e, certamente, muitos voltaram a recordar com carinho a sua pátria"
E a Chefe de enfermagem, Evelyn Nascimento relatou " Percebi o olhar atento dos idosos, todos envolvidos com a apresentação, muitos deles vibravam com lagrimas nos olhos. Não imaginei que a apresentação fosse causar tamanha comoção aos idosos" superando suas expectativas.

O grupo Hayabusa conta com membro com idades que variam de 10 a 30 anos e atualmente, somente na capital conta com aproximadamente 66 membros que atual diretamente em ações sociais."


Tags: Social,


Mais postagens:




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h