No Japão com o Sensei - Instituto Niten Ir para o Conteúdo
imgcentral

No Japão com o Sensei

Diário de viagem de Senpai Wenzel acompanhando o Sensei ao Japão.




Últimas postagens:

No Japão com o Sensei 1

por Wenzel - Nihon - 28-jul-2018



AS NUVENS SÃO AS MESMAS

Segunda feira partimos de São Paulo rumo ao outro lado do mundo!

Nesses anos todos, desde a primeira vez que o Sensei me levou consigo ao Japão em 2002, tenho sempre dito que essa viagem é um negócio da China (! Ops), pois pagamos uma passagem cara, depois, no Japão tudo é caro, mas no fundo é uma pechincha para uma viagem a outro planeta!

O que será que o Wenzel (Uenzel) vai achar do Japão 13 anos depois? Sensei estava curioso: eu acharia que o Japão mudou muito?
Combinei que vou escrever um pouco a respeito, e divido com vocês alguns pensamentos, gomen desde já pelo tamanho.

A viagem é longa, não tem jeito. Nossa escala é em Londres.
(...)



(...)



As nuvens são as mesmas




Continua (post completo)

Tags: Viagemjapao, Egan2019_Ago,
comentários   2 de 2

Plínio Marcos - Rio de JaneiroQue presente!
Imagens vivas, experiências compartilhadas!
Um ótimo exemplar do ` Pensar no Outro ` .
Arigatou Gosamaishitá!
(Continua)

Amós Batista - São PauloOhayo gozaimashita, senpai.

Adorei o relato. Arigato gozaimashita por compartilhar tanta coisa para a gente.

Saionara. (Continua)

No Japão com o Sensei 2

por Wenzel - Nihon - 24-jan-2020

NO JAPÃO COM O SENSEI 2 - Senpai Wenzel

SENSEI PONTUALMENTE ADIANTADO

Pontualmente adiantado Sensei bate uma única vez na porta do quarto. É sinal de que estamos de partida. O momento é de pegar a mochila já arrumada, pular nos sapatos preparados em frente à porta, devidamente apontados para fora, e alcançar o Sensei no corredor rumo ao elevador.

Com o horário “confuso” ainda, eu havia dormido um pouco no início da noite e depois passei a madrugada em claro, respondendo emails e escrevendo o primeiro texto da viagem. Às 5h20 o Sensei ligou para o quarto, anunciando que o dia reservava quatro missões a serem resolvidas, rapidamente enumerou cada uma e confirmou que sairíamos às 6h00.

Foi o tempo de fechar o texto, incluir algumas imagens e vestir kimono e hakama.

Precisamente às 5h52 sete minutos adiantado o Sensei bate na porta. Se batesse às 5h53, seriam seis minutos mais alguns segundos. Para não se atrasar nem estes segundos, os 7 minutos adiantados do Sensei, são tão precisos que tem alguns segundos de sobra. É o que chamamos no Niten de Horário de Sensei. Temos no Niten sempre horário de Brasília (GMT -3), marcado nos celulares e temos o “horário do Sensei”, precisos 7 minutos adiantados, que é o horário vigente no relógio de pulso do Sensei. E é esse que vale quando estamos com o Sensei. Especialmente em Gashukus e Shugyos. Sim, às vezes é meio confuso, eu também já achei bem confuso. Porque não manter um horário só e marcar um pouco mais cedo?! Mas justo por essa confusão, acabamos jogando mais energia na percepção do tempo, temos que fazer sempre uma pequena aritmética e ficamos mais conscientes do tempo em que estamos de fato. Funciona.

(...)



(...)


Continua (post completo)

Tags: Viagemjapao, Egan2020_Abr,
comentários   1 de 1

Plinio Marcos Rodrigues - Rio de JaneiroMais um delicioso relato!
Lembrei de ter ouvido no dojo uma vez `quem não varre sorrindo, que não varra`...
Adorei também o relato dos `atores` samurais. A vida imitando a vida!
E para coroar `Disciplina e festa` !
Arigatou Gozamaishitá! Senpai Wenzel (Continua)

No Japão com o Sensei 3

por Wenzel - Nihon - 21-jan-2020

NO JAPÃO COM O SENSEI 3 - Senpai Wenzel

GOOD MORNING VIETNAM!

(ou “terceiro e último email da triologia de uma viagem ao Japão com o Sensei”)


“Yesss!...”, “...Yesss!”. Japonês falando “sim” em inglês, é diferente. É como se fosse um “Hai!”. Sai lá do HARA (entranhas, região abaixo do umbigo, fonte de energia do corpo, origem do KIAI! ), igual ao “hai”, é curto, firme, acabado com Zanshin. Fico ouvindo e curtindo a disposição do jovem funcionário do balcão do hotel, com seu terno grande demais, atender o estrangeiro: “Yesss!”, “Yesss!”, enquanto o Sensei faz o nosso checkin, em nihongo mesmo, com a senhorita novata atrapalhada. Tudo muito rápido e solícito como sempre, mas vieram quatro tickets pro café da manhã.

O café da manhã no japão é uma festa, tem arroz, peixe, missoshiro, conservas, salada, natô, ovos e baicon (de brinde por causa dos estrangeiros), algas, tofú, dependendo vem pudim de frutos de mar, um sucesso.



(...)

Japão/São Paulo, maio-2018



Continua (post completo)

Tags: Viagemjapao,


Últimas postagens:


topo

Instituto Niten Rio de Janeiro
(011) 99532-0333
[email protected]