Ir para o Conteúdo

Mural Niten Rio


Kokenshiai com monitor Numa os relatos dos alunos

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 24-fev-2003

"Melhor do que ESTAR bem, SER bem. Melhor do que ESTAR correto, SER correto."
por M.V.Renault, 16 anos
Agradecimento ao Bushido

Depois de muitos Kihon passados pelo monitor Numa, fomos comer algo no Caneco 70. Depois de um pouco de conversa, todos chegamos a um assunto inevitavel: BUDO... Senpai Wenzel comecou a perguntar ao Numa sobre sua visao do Budo, e todos os presentes logo descobriram que por tras de seus constantes sorrisos, Numa guardava uma visao muito seria, profunda e tradicional do Budo, uma visao repleta de um denso sentimento de Vida e Morte. Numa explicou muitas coisas do pensamento japones, como por exemplo o aspecto da pontualidade ressaltando que ser pontual representa a vida e o atraso representa a morte. Numa disse tambem que mesmo no Japao os antigos valores estao sendo esquecidos, por isso ele da valor ao Sensei Jorge Kishikawa, que com o Metodo KIR e o Instituto Niten esta reacendendo estes mesmos valores aqui no Brasil. Prosseguindo a conversa, todos se viram em um momento muito forte, onde o espirito do Budo estava muito presente... Termino meu Relato com uma frase que Senpai Numa disse e que tenho certeza, marcou a todos que estavam na mesa: "Eu vivi na melhor epoca do Japao, quando os mesmos valores ensinados pelo Sensei, eram respeitados."

Melhor do que ESTAR bem, SER bem. Melhor do que ESTAR correto, SER correto.

Doumo ariagatou gozaimashita Sensei Jorge Kishikawa, Senpai Wenzel e Senpai Numa, por nos transmitir o Bushidou. Sayounara

"Como atacar alguém com tanta paz e tranquilidade interior?"
por Suzana Elek, 20anos
Reflexão sobre relaxar na luta

Foi com grande alegria que eu recebi a visita do Numa aqui no Rio.
A primeira impressão que tive foi um flash-back na minha mente pois a 1ª vez que eu vi ele treinando no Rio eu só sabia dar Men e ainda não podia colocar Bogu.Nessa época o Wenzel estava no Japão e acho que o Numa foi o 1º monitor a substituí-lo.Naquele encontro em Junho/02 o Numa havia ressaltado que no Japão, quando o aluno esta cansado , o mestre não pára de avançar jamais.
Hoje ,1º de fevereiro de 2003 , eu comecei fazendo a aula de Jo e em seguida de Kenjutsu.Como naquele encontro em junho, o Numa iria novamente lutar com todos os alunos. Dessa vez eu também iria lutar com ele.Assim que fui lutar a 1ª coisa que pude observar foi a serenidade dele ,era uma energia de muita paz e tranqüilidade interior e me ocorria a dúvida de como atacar alguém com esse estado de espírito?Uma pessoa em paz consigo mesma dificilmente seria destituída.Ou será que o que eu via nele era (também?) o que eu gostaria de ver em mim?Se eu pudesse teria terminado a luta naquele hora para poder refletir sobre esse pequeno momento mas de importante valor.Não me parecia que partir pro ataque de uma vez seria a decisão mais sábia a se tomar , a concentração dele poderia antever meus movimentos. Então tentei diminuir o campo de ação dele mas não adiantava muito ,ele me acompanhava e a distância entre as shinais permanecia igual.Ele então resolveu me atacar e eu fui defendendo até que esqueci meu Cote aberto e assim ele me venceu.Ali terminava esse momento.Mas era só o começo de mais tantas lições aprendidas no Niten.Pra mim valeu a experiência e a oportunidade de poder lutar com o Numa e ficou a expectativa de quando será o próximo encontro./enquanto isso irei aprimorar meu espírito e também minha paz interior.
Como o próprio Numa ressaltou ao final da aula , todos estavam muito tensos e deveriam relaxar ao invés de quererem derrotá-lo como se ele fosse realmente um "inimigo".

Entendendo a vida e a morte faremos as coisas com mais vontade
por Kenzo, 17anos
Aprendendo a sentir e saber sobre vida e morte

Konbanwa Niten! A visita do Senpai Numa ao Rio de Janeiro foi uma experiência ótima. Muitos alunos puderam ver pela primeira vez, uma pessoa além do Sensei que já treinou cinco anos no Japão, e receber instrções dele.
Tenho certeza, que o treino foi muito forte além do kakarigueiko quando os Senpais Numa e Wenzel nos deram uma idéia de como ele é no Japão.

Depois do treino, tive a oportunidade de ir ao Caneco 70. Lá, uma coisa que Numa-san me falou me chamaou mais a atenção. O Senpai Numa disse que, se entendermos a vida e a morte, vamos fazer as coisas com mais vontade, fazer certo, pois no Japão não existe meio certo, ou está certo ou está errado, ou você está vivo, ou não está, uma lição que acho que todos deveriamos aprender.
Domo Arigatou Gozaimashita Numa-san
Kenzo

Percebendo o espírito do Budo na figura cordial de Numa
por Ormond, 24anos
o verdadeiro BUDO

Numa-san incorpora de forma muito elucidativa o espírito do Budo. É sabido que um samurai deveria ser forte e sério sem, no entanto, perder a cordialidade e Numa-san capturou muito bem a essência disto.

No treino, Numa-san estava sempre cordial, porém sua postura e seriedade podiam ser sentidos à distância. Uma mostra impressionante de disciplina e ki que me lembrou muito dos Senseis do Shindomusoryu.

Numa-san treinou no Japão. Espero que nossos treinos, que tanto nos cansam, cheguem até ao KI dos treinos que ele conheceu lá e merecámos o fato dele em momento algum ter mostrado descaso ou se colocado como superior.

No Caneco 70, agora em um momento de descontração, Numa estava sempre aberto a falar e ouvir, sem causar tensão e sem impor sua presença. Ele até deu umas dicas de etiqueta japonesa.

Aprendi muito. Obrigado pelo respeito e pelos ensinamentos.

Arigatô gozaimasu, Numa-san.

Ormond - RJ

Tomie e amigas em São Paulo

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 23-fev-2003

A aluna Tomie viajou a São Paulo, e treinou o IAI nas unidades do ITAIM e ANA ROSA. GAMABTÉ!

Kokenshiai com Monitor Numa

por Niten Rio de Janeiro - RJ/Rio de Janeiro - 01-fev-2003

A Unidade Rio terá a oportunidade de praticar o KOKENSHIAI com o Monitor NUMA neste sábado, 01 de fevereiro de 2003, a oportunidade de cruzar espadas com novos colegas e fazer amigos.

Numa iniciou seu treinamento na espada no Japão. Depois que se mudou para o Brasil encontrou o Niten onde voltou a treinar, agora estudando o Kenjutsu com o Sensei Jorge Kishikawa. No Niten adotou novas posturas de luta, como o JODAN, fortíssimo com ele.

Esta será a terceira visita de NUMA ao Rio, onde ele também já teve oportunidade de lutar com os colegas nas areias do LEBLON.

Será preciso muita velocidade e atenção dos alunos do RIo para resistir ao Shiai com NUMA por mais que um breve instante.

TREINO COM MONITOR NUMA:
SÁBADO 01 FEVEREIRO

UNIDADE BOTAFOGO
16:00h-18:40h

Confira aqui as fotos do treino com o Monitor NUMA.

 

 


Combate travado entre NUMA e WENZEL BOHM, 7 dez 2002


o forte JODAN de NUMA, contra WENZEL BOHM no torneio por equipes de 7 dez 2002, categoria 16 samurais 

 



Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Rio de Janeiro
    (021) 97194-8100
    riodejaneiro@niten.org.br