Ir para o Conteúdo

Mural Niten Rio


Carpas que viram Dragão

por NitenRio - RJ/Kir jovem - 30-mar-2012

Historia da carpa que vira dragão
Segundo uma lenda chinesa a Carpa no seu período de desova tinha que transpor diversos obstáculos, saltando por vales repletos de cascatas e cachoeiras percorrendo quase todo o continente Chinês, até chegar a montanha Jishinhan onde fica a fonte do Huang Ho (Rio Amarelo). Quando uma carpa consegue vencer a cascata Longman Falls (Portão do Dragão), ela se transmuta em Dragão.
      Se a carpa é representada subindo, apontando para o alto, significa a superação dos obstáculos, a luta pelo objetivo e ideal. Representa a perseverança.
No caso de uma carpa ser representada apontando para baixo, como que  a descer o rio, ela passa a simbolizar, a vitória, a conquista, o êxito de um objetivo.
Muitas vezes uma carpa é desenhada com flores ou folhas ao seu redor, simbolizando o caminho a ser seguido.


(...)


Nas aulas de Arte do Kir Jovem no Rio as carpas também nadaram soltas acima e abaixo!
Trabalho das crianças de Fevereiro 2012 sob orientação da Professora Inge!


Continua (post completo)

Tags: KirJovem,

Em Memória ao Mestre Paulo Góes do Karatê

por Wenzel - RJ/Rio de Janeiro - 20-mar-2012

Recebemos com tristeza a notícia do falecimento neste Sábado 17 de março do Mestre Paulo Góes do Karatê.
Sensei amplamente reconhecido e conhecido no Karatê Carioca e do Brasil, parte da história do Karatê do Brasil, o Mestre Paulo Góes participa também um pouco da história da Unidade do Instituto Niten no Rio de Janeiro:
em 1999 quando as primeiras aulas do NitenRio ainda eram feitas no ZenDo (sala de meditação) do Centro Zen de Copacana na Rua Saint Romain, em uma visita à Academia Shotokan de Karatê na Rua Visconde de Pirajá a chave da academia foi confiada ao Sensei Jorge Kishikawa, para que lá iniciássemos as aulas regulares de Kenjutsu e Iaijutsu no Rio. A academia era conduzida na época pelo Sensei Inoki e seu parceiro Sensei Paulão.

No período que se seguiu nos acostumamos a cruzar com o Mestre Paulão por volta do meio-dia aos sábados, quando terminavam os últimos treinos de karatê e iniciava o horário em que nós podíamos treinar lá.

Os alunos antigos daquela época, dentre os quais os que treinam hoje todos coordenadores do Niten já, todos nos recordamos sempre com muito respeito e carinho pela figura do Mestre Paulão. Gigante, com mãos igualmente enormes e calejadas, e um olhar, sorriso e trato delicado, como só um mestre pode ter.
Sua energia era sempre uma avalanche positiva sobre nossos treinos.

Nossas preces, nosso agradecimento e nossa carinhosa memória ao Mestre Paulão!

NitenRio
Março 2012



Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Rio de Janeiro
    (021) 97673-0132
    riodejaneiro@niten.org.br