Ir para o Conteúdo

Mural Niten Rio


DIA DO SAMURAI NA ALERJ

por NitenRio - RJ/Rio de Janeiro - 26-abr-2019


Cônsul Japonês pede encontro com a presidência da ALERJ por ocasião do DIA DO SAMURAI, instituído este ano oficialmente no calendário do Estado do Rio de Janeiro por proposta do Deputado Wanderson Nogueira e motivado pelo trabalho desenvolvido pelo Instituto Niten há mais de 18 anos no estado, valorizando e dinfundindo as virtudes samurais em prol da cidadania e construção de uma sociedade melhor.



Hideo Miyazaki (NitenRio), funcionários da ALERJ, Wanderson Nogueira, autor da lei do Dia do Samurai no estado do Rio de Janeiro, Kenzo Dino (NitenRio), Cônsul japonês Yoshitaka Hoshino, a Vice-Consul Kaori Ueno, Yumi (NitenRio), Alexandre Vaz (NitenRio) e Sérgio Paiva (NitenRio)




ALERJ ESTREITA LAÇOS COM CONSULADO JAPONÊS

Durante visita ao Palácio Tiradentes, cônsul destacou a importância do estado na difusão da cultura japonesa no Brasil


Estreitar relações com as autoridades fluminenses. Com esse objetivo, o cônsul-geral do Japão, Yoshitaka Hoshino, esteve nesta quinta-feira (25/04) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), onde se reuniu com parlamentares, além de ter feito a visita guiada pelo Palácio Tiradentes.

“Aqui no Brasil podemos ver que as pessoas são muito ligadas à cultura japonesa. Seja na culinária, como acontece com a popularidade de comidas como sushi ou yakisoba, ou nos esportes, como o judô. O Rio de Janeiro é um centro de cultura e de atividades econômicas no Brasil. Temos grandes investimentos na cidade de Resende, como a fábrica da Nissan, e recentemente a compra da Supervia pela Mitsui. Esses exemplos mostram grande participação japonesa na economia fluminense”, afirmou o cônsul.

Para o presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), essa aproximação é muito bem-vinda. O parlamentar apresentou ao cônsul os problemas que o estado vem enfrentando e as soluções que a Casa tem viabilizado diante das adversidades, como a economia de R$ 358 milhões do orçamento em 2018 e o auxílio no pagamento da convocação de três mil policiais militares. Ceciliano ainda disse contar com a contribuição japonesa em diversos setores, principalmente na área tecnológica. “Vocês têm a tecnologia e a expertise para nos ajudar”, afirmou o parlamentar. “Espero que com a recuperação da economia do Rio de Janeiro vejamos mais investimentos japoneses no estado”, complementou o cônsul.

Dia do Samurai

Também convidado para o encontro, o ex-deputado e atual diretor do Parlamento Juvenil, Wanderson Nogueira, recordou-se do projeto de de lei 3.617/17, que instituiu o Dia do Samurai no estado, sancionado em janeiro pelo governador Wilson Witzel e celebrado no dia 24 de abril. “O Dia do Samurai representa o quanto é importante essa cultura e essa filosofia de vida, que traz a questão da integridade e do espírito coletivo, algo que o Estado do Rio tanto precisa. Não se corrige uma economia se você não tem uma cultura e uma sociedade que busque esses valores, como faz a cultura Samurai”, declarou.

Ele também lembrou que o município de Nova Friburgo é o segundo maior produtor de flores de corte no Brasil, graças à produção japonesa. “A colônia japonesa de Friburgo está presente há quase 100 anos no município”, ressaltou.

A reunião ainda contou com a participação dos parlamentares Luiz Paulo (PSDB), Rosane Felix (PSD), Alexandre Knoploch (PSL) e Rosenverg Reis (MDB), além de representantes do Instituto Niten.

do site da ALERJ link






Tags: Dia_do_Samurai,


Retornar para últimas postagens


    topo

    Instituto Niten Rio de Janeiro
    (021) 97673-0132
    riodejaneiro@niten.org.br