TREINAR
KENJUTSU
EM CASA
Todos os treinos presenciais do Instituto Niten estão suspensos em virtude do Covid-19.
Mas para distribuir a chama da Espada criamos a página "KENJUTSU EM CASA PARA TODOS".
Nela todos podem encontrar material para treinar em casa e trechos dos Momentos de Ouro do Sensei Jorge Kishikawa.
Vamos manter a energia do Corpo, Mente e Espírito em movimento!
Café com o Sensei Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa




Retornar para últimas postagens

    29-out-2008

    Estratégia a todo momento

    Acabei de receber este email de meu aluno:

    "Ohayo gozaimasu, sensei,

    Confesso que pensei muito antes de escrever este e-mail, acabo de ser jogado contra um canteiro perto da antiga rodoviária. Após o acidente, fui cercado por um monte de trombadinhas, que acabaram levando meu bogu e minha guitarra. Menos de um mês atrás, meu estúdio foi invadido enquanto eu tocava, e me levaram boa parte do equipamento, parte disso ainda não pude recuperar.
    Queria saber o que os mestres, o caminho, o Sensei, enfim, tudo isso à que estamos ligados indica fazer quando não há mais esperança.
    Peço desculpas por incomodar com este assunto,
    mas... não sei, não tenho muito a que recorrer.

    domo arigato gozaimashita pela atenção.
    Sayonara "


    Ao que respondi:
    Também já fui assaltado. Estava com o Yoshi quando este ainda tinha 2 anos.
    Era num domingo à tarde. Tranqüilo com aquele por do sol digno daquele cartão postal... lá na Av. Paulista em frente ao Shopping Paulista. Estava com ele no colo e fui surpreendido pelo bandido que sacou de uma peixeira de 30 cm e encostou nas costas do Yoshi. Imediatamente barrei com a minha mão.
    Nos tempos de outrora botei para correr, lá na Liberdade, dois marginais que tentavam abrir a porta da minha antiga Blazer.
    Mas desta vez, não reagi. Ele imediatamente arrancou o meu celular preso à cintura e saiu com a maior tranqüilidade. Todos viram e ninguém fez nada.
    Isto é Brasil.
    Naquele momento, senti indignação.
    Depois, refleti.
    O erro foi meu. Como um estrategista deixaria o celular (quase de última geração), e ainda com uma criança ao colo, em sua cintura? Em plena Av. Paulista?
    Sim, estava distraído. Estava feliz. Mas estava distraido.
    Na guerra, uma distração pode ser fatal.
    Foi o que aconteceu com você.
    Felizmente nem eu, nem Yoshi saímos feridos.
    Felizmente você não saiu ferido.
    Os deuses nos deram um aviso:

    "Não reaja e não dê bandeira."

    Estratégia a todo momento
    Sensei
    Lobo Solitário




    topo

    +55 11 94294-8956
    contato@niten.org.br