Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei




Retornar para últimas postagens

    22-ago-2012

    Hidensho 12 - Marina com Naginata


    Ilustração: Luigi - unidade Ana Rosa
     

    "Tuve la suerte de usar una naguinata de combate por primera vez para luchar contra Sensei una mañana en San Pablo. A diferencia de Sensei - que esa mañana ya había luchado con naguinata, kusarigama, una y dos espadas mostrando una versatilidad sorprendente - yo no tenía experiencia en lucha con otra arma que no fuesen mis shinais.  

    Al tomar la naguinata sentí cierta incertidumbre, cómo hacer para luchar con un arma que casi no se conoce contra un oponente increíblemente habilidoso? Mis esperanzas de lograr aunque sea un golpe se estaban desvaneciendo. Bueno, pensé, cuando no hay habilidad tiene que haber coraje y suerte. Me lancé a luchar con energía y yendo para adelante porque es difícil hacer estrategias cuando el conocimiento es poco. Recordé mi inició en Niten y la palabras de mis senpais "cuando se es iniciante lo que vale es el coraje, el corazón". 

    Sensei logró acertar en esa lucha una cantidad impresionante de golpes, minimizando la ventaja que me daba el largo de la naguinata con una serie de estrategias que envolvían bloqueos, ataques y desplazamientos inesperados.  Yo no logre acertar ni un golpe según recuerdo. Pero valió la experiencia para reflexionar sobre muchos puntos técnicos y también otros espirituales. Es claro que la vida no siempre nos presenta desafíos en entornos conocidos a veces hay que saber arreglarse con lo que sea que nos toque en lugares inesperados, esta es una verdad que muchas veces olvidamos cuando ya hemos construido una vida con cierta rutina que nos trae comodidad. Esta incomodidad y sorpresa debe ser agradecida.

    Con razón Sensei ha descubierto tantos secretos que volcar en su pergamino HIDENSHO su rutina es romper la rutina.
     
    Domo arigato gozaimashita Sensei!
    Marina - Unidade Argentina


    Tradução

    "Tive a sorte de usar uma naguinata de combate pela primeira vez em uma luta com Sensei uma manhã em São Paulo. Ao contrário do Sensei - naquela manhã ele tinha lutado com naguinata, kusarigama, uma e duas espadas mostrando uma versatilidade extraordinária - eu não tinha experiência em combates com outras armas que não fossem minhas shinais.

    Ao tomar a naguinata senti alguma incerteza, como lutar com uma arma que é quase desconhecido contra um adversário extremamente hábil? Minha esperança, mesmo para um golpe, estavam desaparecendo. Bem, eu pensei, quando não há capacidade deve ter coragem e sorte. Eu me propus a lutar com energia e ir para a frente, porque é difícil criar estratégias quando o conhecimento é pouco. Lembrei-me de meu começo no Niten e das palavras dos meus senpais "Quando você é iniciante o que conta é a coragem, o coração."

    Sensei conseguiu aplicar em luta uma quantidade impressionante de ipons, minimizando a vantagem que deu o comprimento da naguinata com uma série de estratégias que envolvem blocos, ataques e movimentos inesperados. Eu acho que não consegui um golpe que me lembre. Mas a experiência foi valiosa para refletir sobre muitos pontos técnicos e espirituais. É claro que a vida nem sempre apresenta desafios em ambientes familiares, às vezes você tem que se contentar com o que tocar, em lugares inesperados, esta é uma verdade que muitas vezes esquecemos quando nós construímos uma vida com uma certa rotina que traz conforto. Este desconforto e a surpresa deveria ser objeto de gratidão

    Acho que esta é uma razão que o Sensei tem descoberto muitos segredos que observa no seu pergaminho HIDENSHO: sua rotina é quebrar a rotina.

    Domo arigato gozaimashita Sensei!
    Marina - Unidade Argentina



     




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h