Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa




Retornar para últimas postagens

    28-jun-2013

    Sensei na velocidade da luz



    "Normalmente não escrevo para o Sensei, pois prefiro conversar pessoalmente, já que às vezes um olhar é mais significativo do que palavras.

    Matriculei-me no Niten no dia 23/04/2003, e tenho certeza de que, em todos os treinos, recebi ao menos um "men" do Sensei. Eu bem poderia ser uma daquelas pessoas que dizem que não servem para o caminho e ter desistido nos primeiros meses. Eis que passaram-se 10 anos e continuo recebendo esse "men" infalível. Depois de alguns meses de frequência irregular, retornei efetivamente aos treinos semana passada e ontem, obviamente, recebi mais um "men" do Sensei. Ao menos, pensei com meus botões, não estou tomando o mesmo "men" de outros treinos, mas sempre fico incomodado por não ter conseguido evitar mais um.

    Ao entrar no Niten, queria simplesmente seguir o caminho do Sensei, mas percebi que às vezes a viagem nesse caminho é mais rápida e às vezes é mais lenta. Observei também que o Sensei viaja na velocidade da luz. E mesmo assim ainda consegue tempo de observar se nós, os alunos lembramo-nos de realizar as obrigações mais simples, ao mesmo tempo em que se dedica a aprender o que pra nós é inatingível.
    Portanto, por gratidão e para não tomar muito o tempo do Sensei, digo apenas "Arigato Gozaimashita" pelo "men", reflito e continuo, mesmo que seja no meu passo, a seguir o seu caminho.

    Nesses anos nunca expressei essa gratidão diretamente ao Sensei.
    Aproveitando o momento, como concluí o mestrado, tenho um mês para publicar minha dissertação e incluí, além dos agradecimentos, uma epígrafe com uma frase do Shinhagakure que transcrevo abaixo. Espero
    que o Sensei concorde com a publicação desse texto.

    “Você não conseguiu nada sozinho. Não se iluda pensando que tudo o que você conseguiu ou possui em sua vida se deve somente ao seu esforço ou capacidade. Três fatores são importantes para o samurai vencer: a sua capacidade; as suas origens; os colegas de treinamento.”

    Agradeço ao Sensei por ensinar-nos, não somente a arte, mas por nos transmitir essencialmente a cultura japonesa.

    Arigato gozaimashita
    Sayonara. "
    - Kimura

    Ontem, no Japão, um jovem de 16 anos apunhalou o seu colega de classe.
    Também no Japão, senhores de meia-idade tem assaltado lojas de conveniência por estarem atolados em dívidas.
    Muitas escolas japonesas não cantam e nem ensinam o hino japonês aos alunos.
    Estes e muitos outros assuntos impensáveis até há alguns anos estão ocorrendo com frequência. O Japão está mudando e a sua cultura se perdendo.
    Aqui no Niten, por outro lado, remamos contra a maré:
    Ensinamos a respeitar uns aos outros e aquele que infringir é punido literalmente, até doer;
    Assaltar? Nem pensar... Alunos Barrabás são expulsos sumariamente;
    As crianças no Niten cantam não só o Hino japonês como todas as outras que remetem-nos a cultura japonesa (e com emoção!)
    Bem, mas o que quero lhe passar é que "estou na velocidade da luz " sim, como bem disse Kimura.
    E, como uma das consequências é que perder tempo com assuntos fúteis ou pessoas que apenas tomam o meu tempo desnecessariamente não faz parte da minha jornada.
    Jogue fora tudo que não presta, inclusive seus "amigos".
    Se você tem um desses, diga na velocidade da luz: Sayonara.
    Se não, então venha fazer esta jornada que, acredite, é muito emocionante: na velocidade da luz!

     

     



     




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h