TREINAR
KENJUTSU
EM CASA
Todos os treinos presenciais do Instituto Niten estão suspensos em virtude do Covid-19.
Mas para distribuir a chama da Espada criamos a página "KENJUTSU EM CASA PARA TODOS".
Nela todos podem encontrar material para treinar em casa e trechos dos Momentos de Ouro do Sensei Jorge Kishikawa.
Vamos manter a energia do Corpo, Mente e Espírito em movimento!
Café com o Sensei Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa




Retornar para últimas postagens

    06-set-2013

    20Anos - O dia D do Niten

    Há alguns dias antes do 06 de junho de 1944, dia da invasão das tropas aliadas contra o exército alemão fazia chuva. Estou falando do dia D, a invasão da Normandia. A previsão apontava muita chuva. Aquela de não dar trégua a aparecer nem um pontinho de sol.
    No dia 17 de agosto de 2013, a situação era semelhante. As tropas já não suportavam mais esperar pelo ataque naquela manhã chuvosa e fria. Estavam todos ansiosos para correr. Cantar. Gritar. Lutar. Comemorar!
    E então, como toda tropa minutos antes do seu ataque, começaram a cantar com força e intensidade: "O Sol nascerá,Samurais do Niten..."
    E o Hino foi ganhando força. Poder.
    E, acredite, o poder da mente, e de todos, foi tamanha que o sol se curvou e abriu (e quem esteve lá sabe que agora foi pela segunda vez, pois a primeira foi lá em São Sebastião no início deste ano).
    Bem, foi neste cenário em meio a tanta alegria e energia que, igual ao Dia D, ocorreu a Invasão do Ibirapuera . Sob a temperatura de 9 graus, as tropas do Niten lotaram o parque.
    Apresento-lhe "O Dia D do Niten", o dia em que todos nós fomos vencedores:

    “No sábado de manhã, saindo do Hokkaido, éramos quase 120 pessoas em cada grupo. As bandeiras das virtudes e do Niten estavam lá, nos acompanhando na caminhada até o Ibirapuera.
    Começamos somente caminhando, e de repente puxaram o Hino do Niten. Foi marcante...
    O frio não abalou ninguém. Parecia uma marcha para a guerra: todos de kimono e hakama, seguindo determinados e cantando com orgulho o hino do Niten.
    Teve uma hora que o senpai Fugita falou para acelerarmos o passo, começamos a correr.
    Chegando no Ibirapuera começamos a correr mais. Senpai Fugita estava na frente carregando a bandeira do Niten, e eu ao seu lado. Estava correndo e puxando a contagem, gritando do pulmão.
    Honra! De ver aquela bandeira e saber que faço parte desta família.”
    - Fábio (Unidade Piracicaba)

    “ O treino de Niten Ichi Ryu do sábado de manhã no Parque do Ibirapuera, em que a breve corrida nos aqueceu o corpo e poder entoar o Hino do Niten a plenos pulmões nos aqueceu os corações; o convívio com os colegas, coordenadores e Senpais de outras unidades em todos os momentos, tanto nos treinos como nas celebrações; assistir as “feras” em ação nos Shiais... Posso dizer que seria bem difícil traduzir esses sentimentos em poucas palavras.”- Helano (Unidade Fortaleza)









    “Já no treino no Parque do Ibirapuera e na caminhada eu pude estar presente. A chuva ameaçou a atrapalhar mas acho que cantamos tanto o hino na ida
    O Sol nascerá,
    Samurais do Niten (mais de 15 vezes na minha contagem)
    que ela deu uma trégua. Trégua para não atrapalhar aquelas colunas de samurais treinando Niten Ichi Ryu na calma do parque. Muita energia na execução dos katas e pude treinar também com pessoas que estavam passando por lá e se interessaram por aquele batalhão de pessoas com kimono e hakama.”
    - Kalawatis (Unidade Volta Redonda)



















    “Quis o destino que o primeiro evento de que pude participar fosse o de 20 anos do Niten.
    Os Senpais já haviam me dito que não se podia entender o que é o Niten sem ir a um evento. Pude constatar que é a mais pura verdade, logo no primeiro treino, ver a quadra do Hokkaido apertada impressionava, mas foi vendo o narabê (perfilar) quase lotar a quadra que pude ter noção da quantidade de alunos presentes no evento, e havia muitos alunos!
    No sábado, pela manhã, a caminhada para o Ibirapuera com as bandeiras, treinando no parque foi muito bonito,e todos cantando o hino do Niten foi de arrepiar...”-
    Amaral (Unidade Florianópolis)







    topo

    +55 11 94294-8956
    contato@niten.org.br