Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa




Retornar para últimas postagens

    01-ago-2012

    Olimpiadas e Hidensho?

    "Konnichiwá Sensei, tudo bem? Aqui tudo em ritmo acelerado de eleições, mas bem!

    Sensei, escrevo hoje por conta dos olhos do Tigre. E não falo só daquela música que o Sensei comentou uma vez que escutava antes dos campeonatos mundiais.

    Falo do olhar do predador. Aquele capaz de incutir o medo na alma do adversário. Mesmo que o rosto dele se mantenha impassível, o seu espírito já está quebrado.

    Costumeiramente nós pensamos que isso existe apenas dentro do bushidô, e que as chamadas artes marciais "modernas" carecem dessa peculiaridade. Ainda mais fora do Japão, onde o caráter esportivo se sobrepõe à marcialidade.

    Mas Sensei, que surpresa foi ver a Sarah Menezes lutando naquela final do Judô. Desde o ponto de entrada dela no ginásio até o início da luta com o olhar do Tigre, sem dúvidas, sem hesitações, obstinado e centrado em um único objetivo, vencer e derrotar a Romena.

    A judoca simplesmente partiu para cima da adversária, no mais legítimo Ken no Sen, sem medir esforços para conseguir o golpe definitivo, o Ippon, fosse por golpes de projeção ou por finalizações de torção ou estrangulamento. Não fosse isso suficiente, no único momento em que perdeu o domínio da pegada, deixou a adversária iniciar o ataque e aplicou o contra-golpe, produzindo um Yuko, Tai no Sen.

    A luta terminou com o apito, mas até esse momento, a Judoca buscava estrangular a adversária, como se ganhar de Waza-ari não fosse suficiente para a vitória. Ou era o Ippon ou nada.

    E esse tempo todo, com o Olhar do Tigre, sedento pela vitória a qualquer custo, como se a própria vida dependesse disso.

    A judoca Romena não tinha o mesmo olhar. Estava séria e compenetrada, mas não tinha nos olhos a gana de vencer, o espírito indobrável de conquistar a vitória, e numa luta onde as duas pessoas tem uma mesma categoria técnica, não houve dúvidas, a vitória veio do espírito guerreiro.

    Mais importante do que a conquista esportiva da Sarah Menezes, Sensei, foi a imorredoura lição sem palavras que surgiu na luta.

    Essas Olimpíadas começaram bem Sensei!

    Domo arigatô gozaimashitá pelo tempo."
    - Simoes (Unidade Curitiba)

     

    - E o que as Olimpiadas têm a ver com o Kenjutsu? - você deve se perguntar.
    - Não sei. - vou te responder.
    Mas de qualquer forma acho interessante este depoimento e acho que tem algo em comum: os olhos do tigre.


    "Durante el entrenamiento de hoy en la mañana, Sensei uso el kamae hasso migi, tuve la vision de ver a Sensei siento atacado por un tigre, mas Sensei estando en kamae hasso, se veia tranquilo, como esperando el ataque, sin miedo, sin prisa... mirando a los ojos del animal.

    Es paradojico como el cazador se combierte en ´presa.
    Y como la presa puede intimidar al cazador... y vivir.
    Detras de aquello hay una estrategia..."-
    Jaime (Unidade Chile)

     

     




    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h