Ir para o Conteúdo
imgcentral

Mural

Murais das unidades e posts de alunos


Postagens de 2015 / Setembro    Retornar para todas postagens

PIONERO DE BAHIA BLANCA

por Joel - AR/Buenos Aires - 28-set-2015

Alumno Leandro de Bahia Blanca, viaja de tren 16hs para venir a entrenar
al Kenjutsu en Buenos Aires, provando que no hay distancia
cuando se quiere realizar sus sueños y encontrar su felicidad.





(...)


Continua (post completo)

Hapyokai: Festejamos juntos la Primavera

por Saieva-Bsas - AR/Buenos Aires - 21-set-2015

Este sábado 19 de Septiembre, adelantando el festejo del día de la primavera, invitamos a nuestros familiares y amigos a compartir con nosotros un entrenamiento muy especial. Esta fiesta, llamada Hapyokai, es una ocasión para que ellos puedan experimentar y compartir la energía y emoción que encontramos en cada clase y comprendan un poco más de nuestra pasión por el arte de la espada.

Además, es la excusa para pasarlo muy bien y disfrutar con su compañia un año más! Que se repita pronto y gracias a todos por asistir!



Virtudes nossos Estandartes

por Carbonete - RJ/Jacarepaguá - 19-set-2015

Palavras do Sempai Meriguetti, Coord. de Jacarepaguá sobre o treino do dia 16-Set-2015.

"As virtudes foram colocadas nas pilastras do Dojo. Ter os estandartes no Dojo não é meramente simbólico. Certamente não é decorativo. A energia muda. É uma lembrança contínua do que está se ensinando. É um aviso contundente do que nunca poderá ser esquecido."

Coragem

Relatos - Gashuku no Templo - Kenjutsu

por Niten - blog - 17-set-2015

"Treinar e lutar contra colegas de todo o Brasil e até com os colegas do Chile e Argentina demonstra o que é realmente lutar sem expectativas, tive muita dificuldade as vezes de entender o que eles falavam, mas depois que colocávamos o bogu(armadura), tudo mudava, a língua falada não importava mais, o sentimento de dar seu melhor durante os keikos era mútuo, e pude aprender muito durante os keikos(treinos) que tive com todas as companheiras de espada."
Natalya (Unidade Belo Horizonte)





"Houve horas que pensei que meu braço queria desistir, começou a ficar pesado, preguiçoso... alguns golpes que foram saindo errado e pegam no braço e cotovelo não ajudaram, mas vir de tão longe para ficar parado não era uma opção, então deixei para sentir a dor e cansaço depois... e que acabou vindo com juros nos dias seguintes... mas valeu a pena.
Tive a oportunidade de lutar com vários senpais bem graduados, tentei ao máximo "dar trabalho" e acertar golpes e consegui boas dicas e lições..."

Adriano (Unidade Curitiba)




"O gashuku deste final de semana mudou meus parâmetros sobre exaustão. Eu nunca tinha passado por um treino tão intenso e prolongado usando bogu. Ainda estou refletindo as experiências do gashuku e absorvendo as mudanças, mas posso garantir que a convivência nesse final de semana me preparou melhor para os próximos eventos e os treinos em Juiz de Fora."
Calzolari (Unidade Juiz de Fora)

Futebol do Hayabusa

por Niten - Hayabusa - 17-set-2015



No dia 12/09 o Hayabusa se reuniu para "bater uma bolinha" e confraternizar entre o grupo. Após o treino da manhã de sábado, o dojo deu lugar a quadra, que viveu momentos divertidos e muito alegres.
 
Entre times mistos, tanto de Hayabusa e ADM quanto de meninos e meninas, a bola rolava e interagia com todos! Mesmo que nós, os "pernas de pau" do Niten, maltratávamos a coitada ainda saíram boas jogadas que faziam a alegria da torcida (sim, teve até torcida!!!).
 
Assim, os gritos continuavam por lá, só trocados de "Men-men-men!" por "Toca! Chuta! Gooooolll!!!". 
 
Entre esses amistosos, o grande clássico ADM vs Hayabusa terminou empatado: 9 x 4 para a ADM no primeiro jogo, 7 x 3 para o Hayabusa no segundo.
 
Banzai Hayabusa! Banzai Niten!!!


 

Tags: Hayabusa,
comentários   1 de 1

Takeshi - MiamiGambate mina-san. Eu e o Kevin com certeza estaríamos ai se fosse possível.
Sayounará (Continua)

Relatos - Gashuku no Templo - Kendo x Kenjutsu

por Café com Sensei - Niten - 08-set-2015


"No vídeo do kenjutsu versus kendo, vi como a variedade de kamaes, de armas e katas do kenjutsu fazem uma grande diferença no combate, e que permitem que o combate se aproxime o máximo possível do combate real. Foi triste ver o Caminho do guerreiro ser reduzido a uma busca por títulos e medalhas, como demonstrado pelo professor de kendo no vídeo." - Vasconcelos (Unidade Juiz de Fora)


"O audio visual Kenjutsu x Kendo foi algo bem interessante de se ver. Infelizmente, os professores de Kendo não tiveram compaixão com seus alunos, pois eles vieram com a promessa de técnicas novas para confrontar e voltaram se sentindo enganados, além do mais, vários golpes foram anulados e não contados naqueles Shiais. Com toda certeza o resultado seria diferente se fosse hoje, naquela época, até mesmo o 4° dan de Kendo que lutou, a comparação de técnicas e Kiai, pelo o que pude perceber e conversar com outros Senpais, era de um 3° Kyu." - Erick (Unidade Santos)

"O vídeo do kenjutsu x kendo trouxe a prova definitiva da eficiência das técnicas que estudamos no Niten. Ficou claro que numa situação real de combate, onde o guerreiro fique livre das restrições que um esporte impõem, a versatilidade dos golpes e posturas que treinamos é infinitamente superior, ou seja, não treinamos um esporte que objetiva simplesmente marcar pontos.Treinamos técnicas de combate para permanecermos vivos a cada golpe." - Rocha (Unidade Ponta Grossa)

"Percebi ,claramente, que os praticantes de kendo ficaram muito confusos e tensos, ao se depararem com posições e golpes que eles não conheciam, e na minha opinião, teria sido uma experiência completamente edificadora para eles, pelo fato de verem e sentirem, o que talvez mais se assemelhasse com os combates dos samurais, mas acho que o sensei deles, estava mais preocupado no resultado individual de cada combate do que como o todo, além do que, acredito que estava se portando com uma certa arrogância e quis mostrar que as técnicas das duas espadas não valiam além de claramente perceber o despreparo para arbitrar corretamente os combates.- " Moron (Unidade Ana Rosa)

"Sobre o vídeo Kenjutsu vs Kendo tentei ser imparcial, minha mãe sempre me ensinou a ouvir os 2 lados, mas fico do lado do Niten por causa da postura competitiva inadequada para uma data festiva que a comitiva japonesa apresentou e sinto até pena dos alunos japoneses que viajaram, sem ter muito dinheiro, para o outro lado do mundo para passar por aquilo. No fim a visita acabou sendo desagradável.
 Sobre os combates, tive a impressão que para que os juízes dessem algum ponto para o Niten os nossos Senpai acabavam a luta lutando de um jeito parecido com o do Kendo porque não havia outra forma de ganhar um ponto, se os árbitros não estivessem atrapalhando a luta, teríamos feito muito mais ippons e terminaríamos com uma vitória esmagadora. No momento em que o arbitro parou a luta para corrigir o taiatari ou o tsubazeriai tive a impressão que foi porque por um momento a shinai do kendoka entrou em contato com o pescoço do Senpai sem que ele cortasse o contato com nenhuma de suas shinais. Isso é uma tentativa minha de tentar entender o que passava pela cabeça daquele arbitro. "
 - Kiryu (Unidade Campinas)

"Tive oportunidade de participar em Brasília dos combates na ocasião, quando percebi uma energia diferente, não parecia uma situação "natural" de se receber visitantes, bem como testemunhei alguns fatos inusitados. Confesso que, tanto à época como hoje, ao relembrar, fico realmente feliz por estar no Niten e, a despeito do respeito que se deve cultivar por outras escolas e orientações, é difícil não adotar, como brasileiro, uma postura um tanto crítica (mesmo que internamente) a determinadas atitudes que presenciei e ter questionamentos severos sobre princípios que estariam norteando outras escolas. " - Kuhn (Unidade Brasilia)


"E finalmente sobre o vídeo Kendo x Kenjutsu, eu já havia escutado uma vez o Senpai Kenzo falar sobre esse dia, e vendo o vídeo eu ia ficando incomodada com a atitude dos japoneses, eles faltavam com respeito e bom senso, mas os Senpais continuaram dando seu melhor e o Sensei Jorge Kishikawa também não interferia, e eu me perguntava :
-Porque?!
Não precisei questionar muito, ao fim do audiovisual, vi como é importante valorizar a arte e não a vitória, e infelizmente o que o Sensei dos universitários valorizava era somente a vitória daquele dia, sem se importar com seus alunos ou com a arte marcial.¨- Natalya (Unidade Belo Horizonte)
"Começamos a assistir aos shiais e passamos por momentos pouco frustrantes e um pouco cômicos em relação a arbitragem que com certeza não estava apropriada para poder apitar a uma luta de kenjutsu, mas mesmo assim Sensei nos mostra que estamos no caminho certo: recuperar as técnicas antigas para poder vencer e assim caminhar a passos largos para frente. "
- Simas (Unidade Brasilia)


"Quanto aos duelos, foi com orgulho ver nossos senpais lutando ferozmente e com respeito contra seus adversários, mantendo os princípios do Niten mesmo quando a arbitragem parecia não fazer seu trabalho. Fica um exemplo de humildade a todo os samurais do Niten." - Almeida (Unidade Sao Jose dos Campos)

"Foi interessante ver os contra pontos dos dois lados e ver como era um shiai de alguns anos atrás; apesar do Niten ter acertado a maior parte dos Ippon, a visão do Kendo desconsiderou muitos deles. Na ansiedade de acertar o adversário, não era feita a técnica correta, assim como acontece em momentos conosco. Por isso eu reafirmei minha vontade de aprender o Bushido vindo de suas origens, e não o esporte kendo."- Tiemi (Unidade Curitiba)




Kusarigama - Outro ponto de vista

por Toshi - blog - 03-set-2015



Kata de Kusarigama sob ângulo diferente! Já viram? Não?!

Confira no site www.kenjutsu.org.br/videos !
O video foi gravado pelo Senpai Otávio no Dojo de Brasilia com os Senpais Erik e Furtado.
 
Contribuam com o nosso site encaminhando fotos e videos espetaculares.
Todo o conteúdo é elaborado pelos alunos do Instituto Niten, contamos com a sua colaboração!

comentários   1 de 1

Ferreira - BrasíliaExcelente vídeo!! Omedetou pela ideia de gravar um vídeo bom assim. Omedetou também ao Erik e Furtado pelo Kata, muito bem executado!!

Ferreira - Brasília-DF (Continua)

Relatos - Gashuku no Templo - Cartas Vermelhas

por Brenda-Adm - Niten - 02-set-2015

"Como pai, é impensável ter que enviar seus filhos para o abate, em atendimento a uma decisão superior de alguém que não irá se sacrificar. Isto é, o seu melhor legado é basicamente um insumo para a guerra. E nessa situação, detalhe, pode ser que você nem concorde com essa guerra, ou não se sinta representado na figura do governante.
Como cidadão, essa é uma reflexão sempre presente, como decisões impessoais de governos afetam as pessoas na ponta de forma direta, drástica.
No caso do vídeo, em uma época de extremos ideológicos, de ambições expansionistas conduzidas por diferentes motivos pelas principais potências mundiais, o grande resultado foi um novo equilíbrio de forças, o preço foi a ocorrência de desgraças dessa magnitude. Destroem-se nações e, principalmente, indivíduos, suas vidas, suas famílias, irreversivelmente. O país, enquanto força produtiva, pode vir a se recuperar no futuro, as famílias não.
Mas às vezes penso que isso é inevitável, infelizmente, por horrível que seja, não por que alguém deseje, mas por um conjunto de fatores e interesses que levam ao cataclisma. Dentro do pensamento, talvez, de se evitar um mal maior, como ser totalmente subjugado e destruído.
Quando o problema é no seu quintal é diferente. Fora dessa situação, não dá para se avaliar bem, creio." 
- Kuhn (Unidade Brasilia)



(...)


Continua (post completo)



Retornar para últimas postagens


    topo

    (+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
    (+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h