Ir para o Conteúdo

Mural Niten Vitória


TREINO EM CAMBURI (COSTA-RJ)

por Simonassi-vix - 26-abr-2012

No último dia 15 de Abril, tivemos um treino cheio de energia sob as árvores na praia de Camburi, fora do ambiente do Dojo.
Treinar ao ar livre, com obstáculos (como as árvores) e num solo irregular nos faz entender um pouco melhor como seriam os combates reais travados pelos samurais.
Principalmente com relação ao uso de diferentes Kamaes (posturas), cada um mais ou menos adequado dependendo da situação.
Domo arigatô ao Costa-RJ, pela visita e pelo aprendizado que tivemos! Que em breve possamos cruzar espadas novamente!
Sayounará!

Simonassi


(...)



Continua (post completo)

A Liga - Thaide faz Shugyo no Niten

por - 04-nov-2011

"Neste ano, vi muitas pessoas passarem por esta casa para fazer um shugyo. Como este ano também estou de shugyo, acho que entendo o que as pessoas sentem nos vários estágios de cansaço, alegria, tristeza, satisfação... Ver e fazer um shugyo com o Thaíde foi excepcional. Nunca vi, em dois dias, alguém fazer o que ele fez. Uma pessoa sem experiência nenhuma com espada, em dois dias despertou o espírito guerreiro. Como uma revolução, Thaíde chegou com algumas expectativas, que logo de início foram quebradas. Ninguém pensava que ele chegaria onde chegou, mas conforme passavam-se as 36 horas de shugyo, ele foi “despertando”. Viamos em seu semblante o cansaço, mas também uma expressão de satisfação por ter encontrado um caminho que lhe faria bem para o espírito.

Foi uma lição de perseverança. Ele não desistiu. Foi receptivo aos ensinamentos de todos e abraçou a cultura samurai. Fico feliz em ter conhecido uma pessoa determinada e disposta como o Thaíde."

Fugita - unidade Ana rosa Hokkaido


Parte 1





Parte 2




Extras


Mais relatos dos companheiros de Shugyo do Thaide nos comentários

comentários   5 de 5

Zilda Araujo - Rio de JaneiroGrande Amigo Wenzel - Senpai
Meu nome é Zilda, fui funcionário da Academia
de Dança Jaime Aroxa-Botafogo onde conheci
seu belissímo trabalho e dedicação.
Assisti ao programa A LIGA, e fiquei muito
emocionada ao vê-lo, seu desempenho como instrutor,
(Continua)

Vaz - Rio de JaneiroShitsurei shimasu!
Konnichiwa Sensei!

É sobre minhas considerações do shugyo com o Thaíde. Na quarta de noite, quando comemos a pizza, fizemos o fechamento, mas acabei não falando tudo.

Logo no início, na terça feira, eu estava pagando pra ver... P (Continua)

Meloni - São PauloKombawá Sensei,
shitsurrei shimassu,
segue o meu relato sobre os dois dias de Shugyo.

Antes de iniciar o treinamento intensivo, lembro que o Sensei me disse para entrar de corpo e mente, para entrar firme no Shugyo, que então tudo ficaria bem. Foram (Continua)

Costa - Rio de JaneiroShitsurei shimasu
Konnichiwa yoroshiku onegaishimasu

Esses dias de shugyo são sempre muito intensos, foi muito bom ver todos os shugyochas com muita energia aguentando o treinamento em especial o Thaide que é marinheiro de primeira viagem e que nem é (Continua)

Fugimura - FlorianopolisDois Dias de Shugyo.
Tive uma honra de fazer um Shugyo para gravação do programa A Liga. O apresentador era o Thaide, que veio pedir para fazer dois dias de Shugyo.
Ao se apresentar na ADM, tive a impressão que ele ia desistir no meio, após soltar um `h (Continua)

Niten Vitória no Jornal A Tribuna

por Niten - 09-ago-2011

Matéria Publicada nesta Sexta Feira
05 de Agosto


Tags: Imprensa, Jornal,
comentários   1 de 1

Simonassi - Vitória-ESOmedetou a todos os samurais de Vitória, que em plena semana de trabalho e estudo, prontamente se dispuseram a ir ao parque e possibilitaram mais essa matéria para divulgar a arte da espada.
Gambatê kudasai, para que continuemos disseminando o sentiment (Continua)

Intensivo de Suyo Ryu com Sempai Vaz

por Simonassi - 11-jan-2011

O treino com o senpai Vaz foi cansativo e intenso, mas os ensinamentos do caminho que recebi superam todas as adversidades.
Foi muito gratificante para mim, mesmo com toda a minha ansiedade que muitas vezes se materializa com excesso de força durante a execução dos katás, sinto que avancei um pouco em minha jornada.
Estou honrado pela oportunidade, CHIKARA!!!
 
Sayounará arigatou gozaimashita.

Delai - Vitória

Tags: Relatos,


Dai Ichi Kihon

por Danilo-adm - 17-dez-2010

comentários   2 de 2

Santos - GoiâniaEsse é um katá que me fascina por sua complexidade, pelo aprimoramento que nos proporciona desde a primeira vez que o praticamos e também por sua beleza. Domo arigato gozaimashita, sensei! (Continua)

Simonassi - Vitória-ESOmedetou a essas jovens samurais. Dá para ver a energia emanando dos golpes!
E o olhar no útimo Kamae?
não lembra um pouco o ``lanius excubitor`` de Musashi sensei? (Continua)

Reportagem sobre Kenjutsu e Iajutsu em Vitoria/ES

por Niten Vitória - 16-set-2010

Tags: Imprensa, Televisao,

Toradoshi - O Ano do Tigre

por Niten Espírito Santo - 08-mai-2010

Treinar, Avançar e Vencer!!

Mensagem sobre o Dia do Samurai - 24/04/2010

por Francisco Simonassi - 24-abr-2010

Ohayou Gozaimassu, Yoroshiku onegai shimassu Sensei!

Escrevo para expressar meu profundo agradecimento e também meus votos de paz e harmonia para o Sensei e toda sua Família.
No ano que passou nas oportunidades em que nos encontramos suas palavras foram de grande inspiração para mim. Acho que este é um dom que o sensei tem: O de nos inspirar a sermos melhores.
A data do Dia do Samurai, é uma justa homenagem por tudo o que representa não só para nós alunos mas também para toda sociedade.
Exemplo de perseverança, coragem, retidão e respeito.
Que possamos ter ainda muitos anos dos seus ensinamentos e da sua força para nos inspirar e guiar.

Domo Arigatô gozaimashita sensei
Por existir neste tempo em que estamos vivendo.

Omedetou Gozaimassu!

Sayounará

Simonassi - Instituto Niten- Vitória-ES

Tags: Dia_do_Samurai, Relatos,

Gashuku na APM - Dez 2009

por Niten Espírito Santo - 21-dez-2009


Mokusso (meditação) após treino com Bogu (armadura) durante o último Gashuku de 2009.

Tags: Gashuku,

Um novo olhar sobre o mesmo mundo

por Simonassi - 10-nov-2009

"Fomos todos iniciantes novamente. Manter sempre o espírito do aprendiz - a frase voltou claramente a minha mente várias vezes ao longo deste sábado de descobertas..."

No último sábado despertei bem cedo para receber o senpai Vaz, aqui em Vitória. Vesti o kimono e hakamá, peguei os equipamentos e parti para a rodoviária.

Francisco
Simonassi

Coordenador do
Niten Vitória

Ao chegar (isso sempre me surpreende) lá estava o senpai, sorrindo aguardando de pé junto ao portão. Digo que me surpreende pois só quem faz o trajeto de ônibus madrugada a dentro sabe que mesmo quando "dormimos" não é um sonho tranquilo, é cansativo, tenso.
E com todo cansaço lá estava ele sorridente como se a viagem não tivesse durado mais que alguns minutos.
De lá seguimos para a praia de Camburi. Onde treinamos na comemoração do Dia do Samurai. É um lugar de beleza e de uma energia incrível, ao chegar, tive uma sensação que naquele momento não saberia explicar.
Lá começamos o dia com o Iaijutsu. O sensei disse recentemente, ao falar da modalidade Kobudo, sobre a experiência de treinar em lugares (como a areia da praia) onde samurais travavam batalhas reais. O sol estava brilhando, o mar calmo com uma brisa suave.
Senpai Vaz começou o treino observando a execução dos Katas. durante um tempo apenas observou e então começou a aparar as arestas. Mais uma vez me surpreendi com ele. De forma direta com exemplos simples ele começou a mostrar os pontos que precisavam ser melhorados. Quando executava o corte, ficava visível a diferença que existe entre nós e os mais graduados. Eles fazem tudo parecer tão simples - pensei. Este treino não levou a exaustão, muito pelo contrário, pareceu recarregar as baterias para o treino de logo mais. ao fazermos o torei, e nos despedirmos da praia, senti de novo aquela sensação, só aí compreendi o que era: Emoção de um aprendiz, aquela que sentimos no primeiro treino, quando tudo o que vemos é novo, inédito para nós.
Com esta sensação fomos para o Dojo Vitória e começamos o treino de Kenjutsu - Arthur - um dos alunos mais aplicados de Vitória já estava aguardando, já havia limpado o Dojo e desceu rapidamente para buscar os equipamentos. alguns minutos depois, Netto, outro dos alunos juntou-se a nós e o treino começou. Muito Kiai, energia, golpes sucessivos sem paradas pra tomar fôlego. Esta explosão, fez com que chegássemos naquele ponto onde a força física já não existe mais, somente a energia de cada um. O momento ideal para começar a aprender. Os Katas do Niten Ichi Ryu, começaram a ser executados sob a observação cuidadosa do senpai Vaz. Que repetiu o procedimento que havia feito antes: Observou com atenção para só então intervir fazendo correções dando exemplos, corrigindo a postura. Utilizando os espelhos para mostrar a cada um onde seus defeitos estavam aparecendo.
Cada um de nós teve uma descoberta nova naquele sábado. Ao olharmos para o treino em si. Os exercícios praticados, os Katas, todos eles eram conhecidos por nós. Porém o senpai conseguiu fazer com que cada um tivesse uma nova visão sobre algo que julgávamos conhecer.

Fomos todos iniciantes novamente. Manter sempre o espírito do aprendiz - a frase voltou claramente a minha mente várias vezes ao longo deste sábado de descobertas.

Arigatô gozaimassu Sensei, por nos proporcionar momentos como este;
Arigatô gozaimassu Senpai Vaz por nos mostrar como ter sempre um novo plhar sobre o nosso mundo.
Arigatô aos senpais que trabalham sem cessar pelo sucesso do Niten!


Francisco Simonassi Neto
Instituto Niten Vitória-ES.

Tags: Relatos,
Últimas postagens:


topo

Instituto Niten Vitória
(027) 99846-0106 / (027) 99802-7437 / (011) 99734-6497
vitoria@niten.org.br