Ir para o Conteúdo
imgcentral

Gashuku de Final de Ano - 2012


O Instituto Niten promoveu o tradicional Gashuku de final de ano na Serra da Cantareira. Mesmo com a chuva e o tempo fechado, a Associação Paulista de Medicina conseguiu reunir mais de cem alunos de todo o Brasil. A fantástica paisagem da Serra da Cantareira ajudou a criar um clima de seriedade e concentração entre todos os alunos.

O treinamento do Kenjutsu combate shiai deu início às atividades no sábado, dia 08. Um dos destaques da disputa foi a arbitragem que impressionou a todos com seus detalhes técnicos, que fizeram toda a diferença, não somente para aprimorar a disputa, mas, também, na tomada de decisões importantes.

Nas quadras da APM, os alunos praticaram e aperfeiçoaram, juntamente do Sensei, as técnicas do tradicional Iaijustu Sekiguchi Ryu e do Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu.

Na mesma noite, logo após o jantar, o clima era de pura alegria com o tradicional show de talentos. Um momento importante de descontração ajudou a unir ainda mais as pessoas dos mais diferentes estados, para que assim, dividissem suas satisfações, experiências, ensinamentos e opiniões.

No início da manhã de domingo, era possível observar a movimentação de alunos circulando pelas dependências do clube. Uma intensa preparação para o exercício matinal e o canto dos hinos nacionais do Brasil e Japão.

Já era previsto mais um dia fechado, na Serra da Cantareira. O tempo estava colaborando com os katas e com as sequências de movimentos treinadas, o que não era um impedimento para a realização das atividades.

Logo após o Tyorei e o café da manhã, os treinos recomeçaram com uma novidadee surpresa para muitos: o Suiyo Ryu Kogusoku, combate com Wakizashi com saya específica para shoto de carvalho branco.

Um treinamento diferenciado pôde ser observado logo após o treinamento do Shindo Muso Ryu Jojutsu. Os alunos tiveram a oportunidade de praticar o corte da espada japonesa com o Tameshi giri. Os novatos experimentaram o corte real com os juncos preparados antecipadamente pelos próprios alunos. Os mais experientes usaram peças de tatame , pois exige uma técnica mais aperfeiçoada para realizar o corte.

Para muitos que participaram do Gashuku, o evento apresentou novidades e grandes desafios. Este encontro fez valer o verdadeiro sentido da expressão que nomeia o encontro “Gashuku”, que refere-se à convivência mútua em harmonia. Não faltaram agradecimentos por parte dos alunos por estes dois dias de ensinamentos. Agora, os alunos se preparam para superar mais um ano cheio de expectativas e desafios samurai.


topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h