Ir para o Conteúdo
imgcentral
Sensei Jorge Kishikawa e Wenzel Bohm em Treinamento de Bojutsu no Japão

Bojutsu

A arte do bastão


A arte de manejar o bastão, conhecida no Japão como Bojutsu, é uma arte presente em muitas outras culturas orientais. No Japão, seu refinamento aconteceu nos períodos Azuchi-Momoyama (1573-1603) e Edo (1603-1868).

Diferente em tamanho do Jo (bastão de 1,28m utilizado no Jojutsu), o Bo é um bastão com 1,8m para mais, seu manuseio exige maior esforço, suas técnicas são mais enérgicas e ousadas, exigindo um bom preparo físico e concentração dos praticantes.

Dependendo do estilo praticado podemos ter também diferentes formatos para o Bo, sendo alguns pouco comuns hoje em dia, temos o hakaku-bo, que tem o formato octagonal, há também o tetsu-bo, que tem reforços de metal por dentro ou em volta do bastão, o que aumenta sua resistência contra ataques de espada que visem cortar o Bo.

Entre os principais estilos de KOBUDO que praticam o Bo, destacam-se Hyoho Niten Ichi Ryu, Tenshin Shoden Katori Shinto Ryu, Kashima Shinto Ryu e Takeuchi Ryu.



Bojutsu no Niten Ichi Ryu

O Hyoho Niten Ichi Ryu, estilo de Miyamoto Musashi Sensei, também contém técnicas de Bojutsu. Apesar de se tornar famoso pelo uso das duas espadas simultaneamente, o estilo de Musashi Sensei conta ainda com o Bo como um forte elemento.

Conta-se que o último duelo de Musashi Sensei, na época com 57 anos, se deu contra um samurai chamado Shioda Hamanosuke, perito no uso do Bo. Depois de derrotado, Hamanosuke pediu para se tornar discípulo de Musashi Sensei. Foi aceito, e suas técnicas de Bojutsu foram incorporadas ao estilo. No total são vinte katas de Bo contra espada e contra outro Bo. Estas técnicas são ainda hoje praticadas no estilo.

Bibliografia:

-O Samurai, a história de Miyamoto Musashi
William Scott Wilson
Editora Estação Liberdade, 2007


-Enciclopédia dos Samurais
Stephen Turnbull
Editora JBC, 2006

topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-8h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h