Ir para o Conteúdo
imgcentral
Sensei Jorge Kishikawa

Sensei Jorge Kishikawa

Menkyo Kaiden, 7º Dan Kyoshi de Kendo


Redação Niten

Desde a infância, o Sensei Jorge Kishikawa teve uma educação profundamente influenciada pelos costumes samurais. A educação tradicional japonesa foi complementada a partir dos seis anos quando iniciou a prática do Kendo.
Dentre os inúmeros títulos, sagrou-se pentacampeão brasileiro consecutivo por 2 vezes, invicto em quase 80 embates. Foi vice-campeão mundial em 1985, em Paris e 3º colocado no mundial em 1977, em Tokyo. É também o primeiro 7ºDan (grau) Kyoshi do Brasil a ser aprovado com unanimidade por uma banca de mestres japoneses.


Novos Horizontes
Com o passar dos anos, o Sensei, que já buscava com obstinação a invencibilidade no combate, percebeu que novos horizontes poderiam ser abertos em seu Caminho a partir do estudo dos ensinamentos antigos.
Inicia -se assim a busca incessante do Sensei pela tradição clássica da espada japonesa: o Kenjutsu.


Japão
Foi então que, na adolescência, Sensei Jorge Kishikawa passou a ir ao Japão sistematicamente para beber na fonte, treinar com os Mestres do Kobudo (ko=antigo;budo=artes samurai), e descobrir os segredos dos estilos de combate criados pelos samurais.
Dentre eles, podemos destacar o Hyoho Niten Ichi Ryu de Miyamoto Musashi, Suio Ryu Iai Kenpo, imortalizado nas páginas do Lobo Solitário (Kozure Ookami), o Shindo Muso Ryu Jojutsu de Muso Gonnosuke Katsuyoshi, o Tenshin Shoden Katori Shinto Ryu (criado por Iizasa Choisai Ienao há quase 700 anos), Ishin Ryu Kusarigama jutsu, Ikkaku ryu Jitte jutsu, Uchida ryu tanto jutsu, Nito Shinkage ryu Kusarigama jutsu, Kasumi Shinto ryu Kenjutsu, Hojo jutsu, Battodo e outros.
“Esse foi o início do Caminho em busca das origens e da invencibilidade”- conta o Sensei.


Kenjutsu
O Kenjutsu antigo, hoje, ganha vida no Combate real com a prática dos katas antigos(sequencias de treinamento em sua forma original) usando Armadura (bogu) e espadas de bambu (Shinai).
O Sensei viaja anualmente ao Japão para praticar diretamente com os Mestres os vários estilos antigos em Shugyo - peregrinação que os samurais faziam pelo Japão para aperfeiçoar suas técnicas e o seu espírito.





Menkyo Kaiden
Dentro dessa tradição guerreira dos samurais, possui o Menkyo Kaiden, a graduação mais alta no Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu, estilo desenvolvido pelo Samurai Miyamoto Musashi ,o mais famoso de todos os tempos e imbatível em mais de 60 duelos.
Sensei é reconhecido como Shihan (mestre), da 10ª Geração do estilo e Shidosha, docente e representante, na América Latina dos estilos citados.


Medicina
Formado em Medicina Esportiva pela Faculdade de Medicina da UNIFESP (antiga Escola Paulista de Medicina) e membro da Associação Paulista de Medicina (APM), o Sensei atuou como oficial médico nas Forças Armadas durante anos.
"Segurança nos treinamentos, sob o ponto de vista medico-desportivo "- é a sua maneira de abordar as aulas no Instituto Niten.

Publicações
Em 2004, lançou o livro Shin Hagakure: Pensamentos de um Samurai Moderno, reeditado em 2010, em edição revista e ampliada. A obra tem por propósito nutrir as decisões cotidianas do mundo moderno com os ensinamentos universais dos Samurais.


Hidensho

A verve pesquisadora do Sensei, contudo, não se restringe à tradição e à filosofia samurais, mas se lança sobre os segredos da estratégia e do espírito do mais célebre guerreiro da História, o Samurai. Refazendo os passos de grandes samurais, como Miyamoto Musashi, Yagyu Munenori, Muso Gonosuke, entre outros, o Sensei vem, há anos, compilando os segredos do combate numa série de Manuscritos, cujas lições são transmitidas aos alunos na forma de Makimonos (Pergaminhos), nos quais os alunos aprendem os atalhos para a invencibilidade aplicados outrora no letal Shinken Shobu (embate marcial japonês no qual, via de regra, pequenos detalhes determinam a vitória, antigamente geralmente com a morte do oponente). A busca das origens do Kobudo (O Resgate dos Estilos Antigos) está, nos ensinamentos do Sensei para os alunos do Niten, submetido a uma dedicação contínua pela perfeição técnica e espiritual. A essa compilação dos segredos mais recônditos da Espada Samurai o Sensei dá o nome de Shingi Hidensho (o Manuscrito Secreto da Mente e da Técnica).


Método Kir
Ao longo dos anos, o Sensei sistematizou esses ensinamentos em seu Método KIR (sigla da expressão em inglês Ken Intensive Recuperation, ou em português, Recuperação Intensiva Através da Espada), que tem por objetivo potencializar as competências dos indivíduos por meio da Espada japonesa.

O conhecimento acumulado em mais de 40 anos de treinamento dos diferentes estilos, sua educação austera, o convívio com os últimos mestres samurais no Japão, a sua formação e experiência como médico do esporte, a experiência de 10 anos no meio militar e o fato de ser brasileiro compõem os seis pilares do método KIR, e juntos tornam as aulas imensamente mais enriquecedoras, uma profunda viagem em busca da essência da espada e da filosofia samurai. Desse ponto de vista, o Método KIR é a ferramenta fundamental que canaliza os ensinamentos da filosofia e da cultura japonesa no dia-a-dia do praticante para que eles adquiram, sobretudo, tranquilidade, controle, disciplina e autoconfiança.

O Sensei Jorge Kishikawa acredita que o treinamento constante, a pureza e a sinceridade são os combustíveis para se aprofundar no Caminho. A finalidade do treinamento marcial, ensina o Sensei, consiste em se dedicar na busca pela invencibilidade no combate, que deve se converter, na vida social, numa postura segura e pacífica, nos ensinando a sermos felizes, estejam as circunstâncias favoráveis ou não.
Essa abnegação, traço marcante da Filosofia Samurai, é o lema principal da busca espiritual do Sensei por meio da Espada.


Reconhecimento Social
A dedicação plena e integral em difundir os legados da tradição guerreira da espada samurai (KOBUDO e BUSHIDO) foi reconhecida em Piracicaba, Ribeirão Preto, Campinas, Guarulhos além dos estados do Paraná, Amazonas e Santa Catarina.pela Instituição do Dia do Samurai em 24 de abril (data do aniversário do Sensei).

Em 2008, o ano do Centenário da Imigração japonesa no Brasil, foi homenageado no Palácio do Planalto com a “Medalha do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil” em cerimônia oficial na presença do Príncipe Herdeiro do Japão e futuro Imperador, Naruhito Kotaishi Denka.


Missão
Tendo em mente a responsabilidade de deixar estes legados importantes às gerações futuras, o Sensei Jorge Kishikawa vem, ao longo dos anos, buscando o caminho para a invencibilidade no combate e cumprindo assim a sua missão.
Em suas próprias palavras, “transmitir a arte da espada que dá a vida. Em abundância."


topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-8h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h