Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

03-out-2013

20Anos - Feras 3

“Assisti as belas apresentações e o apelidado “Shiai das Belas” aguardando ansiosamente pelo Shiai dos Feras. Mais uma vez tive um momento de enorme aprendizado durante os Shiais, enriquecido pelos sapientes comentários do Senpai Wenzel, o primeiro comentarista de Kenjutsu da História.” - Paiva (Unidade Ana Rosa)


"Shiai"quer dizer luta. Uma partida valendo um vencedor.
Ou seja, a procura pelo vencedor que luta melhor em uma partida.
No Shiai das Feras, pudemos observar que um vacilo, uma distração ou um atraso pode ser fatal no Kenjutsu combate, de forma que o combatente que estivesse com todos os neurônios ligados (e a mil) tinha maiores chances de se sair vencedor.
As lutas são rápidas como antigamente, pois a gama de técnicas e posturas, por serem infinitas como o universo da Estratégia, permitem um grande arsenal de aniquilar o seu oponente.
Vejamos:



01-out-2013

20Anos - Demonstração 3

"Ver tantos katas e kihons sendo executados de forma enérgica e técnica, ver a superação dos filhos do Sensei, que mesmo não estando em condições plenas de saúde, mostraram todo seu espírito de samurai, ver a força de vontade com que Senpai Ignácio treina, superando uma adversidade tão grande e, por fim, ver o quanto do Caminho há pela frente e que ainda tenho muito por ver.
Arigatou gozaimashita."
- Igor (Unidade Brasilia)


Em "O Último Samurai", o capitão Algren, interpretado por Tom Cruise, é levado a uma aldeia após ter sido capturado.
Prisioneiro dos "últimos samurais", Algren, depois de ter tomado uma boa surra, amanhece em meio a vários samurais executando movimentos com a espada de madeira. São uns 20 a 30. Com movimentos enérgicos, precisos e harmônicos, os samurais estão treinando os katas de Kenjutsu.
No Kenjutsu, uma vez adquirida a habilidade e o manuseio das espadas, parte-se para a velocidade, o que no filme não nos é possível de apreciar. Isto por que para se executar com velocidade é necessário treino. Treino. E muito treino. Mas quando se chega a isto, podemos equipará-lo a algo simplesmente "formidável".
Talvez você consiga vislumbrar o que eu quero lhe dizer, ao ver estas imagens:



Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu Nito Seiho



Dai Kihon no Kata

30-set-2013

20Anos - Feras 2

"Logo em seguida veio o Torneio das Feras do Niten, que nas palavras do Sensei :“Combates que não se tem registro na história por pelo menos 500 anos”. Foram intensos e TODOS nós saímos Vitoriosos com o que presenciamos e conseguimos assimilar!" - Saraiva (Unidade Rio de Janeiro)

Desde que o shogun Tokugawa Ieyasu assumiu o poder no Japão, qualquer confronto individual fora proibido. O Japão se fechou para os tempos de paz e poder absoluto de Tokugawa no período Edo.
Salvo raríssimas exceções como o duelo de Funajima ou o de Shiraishi, não se viu durante quase 500 anos, um combate com espadas.
O Feras do Niten foram momentos em que os presentes puderam assistir, como o povo na época, o duelo entre dois samurais. Como em uma viagem no túnel do tempo...




20 Anos - Feras do Niten - Silva x Massao



20 Anos - Feras do Niten - Erick x Breno



27-set-2013

20Anos - Demonstração 2

"Mas o terceiro dia foi realmente surpreendente. Tudo o que treinamos condensado em algumas horas: Começando com apresentações de Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu, passando pelos Dai Kihons no Kata, Sekiguchi Ryu Battoujutsu, Suio Ryu Iai Kenpo, Shindo Muso Ryu Jojutsu, Ishin Ryu Kusarigamajutsu, Jitte Jutsu, Tenshinsho Den Katori Shinto Ryu e, por fim, o Kenjutsu Combate. Fora o Shinkage Nito Kusarigama Jutsu do Sensei e que, por sinal, é impressionante. Infelizmente ainda não pude treinar contra o Sensei com essas armas, mas espero poder em breve! “- Artur (Unidade Vitoria)


Todas as apresentações do Hyoho Niten Ichi Ryu exibidas na comemoração dos 20 anos não deixam a desejar perante os japoneses.
O nível técnico se equipara ou supera a de alunos até antigos no Japão. Isto foi constatado pelos dois alunos que estiveram comigo durante esta semana.
Desde as crianças até os adultos, todos mostraram neste dia que com perseverança e continuidade se chega ao nível de impressionar no Japão, pois foi visível vê-los boquiabertos ao assistir as apresentações. De ficar sem palavras...




Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu - Tachi Seiho




Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu - Kodachi Seiho

25-set-2013

20Anos - Feras 1

"As lutas de Kenjutsu também foram muito proveitosas. Elas me fizeram ver que o Kenjutsu é a alma, o cerne do Niten! E além disso, a energia passada pela torcida durante a batalha foi impressionante. Tal energia(somada à do sábado) perdurou em mim durante toda a semana, e tenho me esforçado para mantê-la ainda mais." - Augusto (Ribeirão Preto)
 
"Nasce uma alma. Uma flor".
Resultado do cultivo das tradições antigas e que foram semeadas aqui no Novo Mundo.
É preciso o dom do olhar artístico para apreciá-la.
É o Kenjutsu. Em combate.



20 Anos - Feras do Niten - Chiarella x Fugita



20 Anos- Feras do Niten - Kenzo x Danilo

23-set-2013

20Anos - Demonstração 1

"Las demostraciones del domingo por la mañana fueron magníficas! Iniciando con los mismos hijos de Sensei, Takemitsu y Hiromitsu, mostrándonos los seis primeros katas del estilo Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu con una habilidad increíble. Katas de kenjutsu, iaijutsu, jojutsu de diferentes estilos fueron ejecutados magníficamente, con precisión y kiai, por diferentes senpais."- Daiana (Unidade Buenos Aires)



Demonstração de Hyoho Niten Ichi Ryu - Takemitsu x Hiromitsu


Os katas do Hyoho Niten Ichi Ryu Kenjutsu exigem muita concentração e precisão em sua execução. Dois itens difíceis de serem assimilados pelas crianças até os 12 anos pela própria natureza do seu desenvolvimento.
Apesar das dificuldades citadas, acredito que o Niten está lecionando de forma inédita, os katas antigos de Miyamoto Musashi e até que, do meu ponto de vista, mais que satisfatórios.
Decorre também que, não precisamos só de medalhas e troféus para motivar as crianças a continuar treinando qualquer arte marcial que seja.
E assim a tradição jamais desaparecerá.

20-set-2013

20Anos - Vídeo Mestres 2

Osato Sensei


"Programação bem variada, alto nível de zelo dos coordenadores do evento, reconhecimento da importância do trabalho do Instituto Niten por parte do Poder Legislativo brasileiro, depoimentos dos grandes mestres da espada do Japão saudando o Sensei e seu trabalho;
É difícil saber qual foi o ponto alto do evento."
- Sarrat (Unidade Niteroi)



Mensagem de Osato Sensei ao Niten em seus 20 anos


"As técnicas antigas (katas de koryu) estão morrendo aqui no Japão."- lamentou o mestre Osato em nossa ultima conversa, quando estive no Japão semana passada. E completou: "A sua iniciativa em incluir as técnicas antigas nos combates de Kenjutsu é, certamente, uma boa forma de manter vivas estas técnicas antigas".
É evidente o desinteresse das últimas gerações em conhecer o Budô (artes marciais japonesas) e, inclua-se nisso, as técnicas antigas, e isto é tão verdade que, no Japão, os jovens são uma ínfima minoria na prática de estilos tradicionais, e isto quando há alunos.
Mas não no Niten. Os jovens são sedentos em conhecer as técnicas antigas e ávidos por aplicá-las no combate. Se há alguém que pensa serem as últimas linhas auto elogio ao Niten, está redondamente equivocado. São centenas no Niten. O que já diz tudo.
"Aplicá-las no combate". E é aqui que se encontra o diferencial, esta alma do Kenjutsu combate. E o Kenjutsu combate faz ao meu ver, as técnicas antigas se tornarem imortais.
Mas não é somente no aspecto numérico a que se refere mestre Osato. É na qualidade de transmissão também:
"Infelizmente, não existem praticantes aqui no Japão que colocam em primeiro plano buscar a essência da arte, as técnicas antigas, pois todos eles tem como prioridade serem federados e conseguirem uma graduação (dan) a buscarem apenas a essência. Continue com o seu trabalho. E assim, as técnicas antigas continuarão vivas."- disse-me.
Estas palavras não são de alguém insatisfeito com alguma organização ou chateado com algum dirigente. Apenas é a pura verdade. A pura realidade de quem se preocupa, de coração, na perpetuação de sua arte do que a divulgação em massa.
Não. Não é possível fazer os dois caminhos. Sabe por quê? O t-e-m-p-o é o fator limitante. Não temos tempo nesta vida . Temos muitos compromissos que nos impossibilitam. Trabalhar, estudar, resolver problemas e muitas outras tarefas que você sabe o que eu quero dizer.
Pois bem. Dentro de nossas limitações, temos que optar ou em "correr atrás de graduações e medalhas", ou nos "retirarmos nas montanhas".
Ao nos "retirarmos nas montanhas" conseguimos sem pressa ou pressão, entrar em contato e assimilar a essência das técnicas antigas. A isto denomino de "dentou wo tsugu"
伝統を継ぐ
Resumindo: O Kenjutsu combate tem que continuar : "Dentou wo tsugu tame ni"(para dar continuidade à tradição).
伝統を継ぐ為に


18-set-2013

20Anos - Vídeo Mestres 1


Katsuse Soke

"O vídeo dos mestres do Japão. Não é qualquer pessoa, nem qualquer organização que tem a honra de receber mensagens de representantes de estilos tão antigos da arte samurai. Todos eles cederam um tempo para enviar mensagens ao Sensei, ao Instituto e a nós, alunos.
 Pude ver que o Niten é maior que eu pensava."
- Cavalcanti (Unidade Ana Rosa)


"Soke Katsuse do Suiyo Ryu"


Ao contrário da maioria, Katsuse soke (sucessor) sempre está pesquisando os katas (sequências) antigos.Os do Suiyo Ryu de 300 anos.
Ou melhor dizendo, para compreender melhor o kata, ele coloca a prova na "lata" e, isto quer dizer, além de executá-lo fielmente, como fazem outras escolas, mas experimenta, na sua realidade, como o "kata funciona". Isto tem custado, algumas vezes, até em lesões corporais sérias, como a ultima em sua cabeça, desferida com bokuto (espada de madeira).
Avesso a forma ou a estética, tem apoiado o Kenjutsu Combate quanto a variedade de posições e a busca pela invencibilidade, características "sine qua non" do Kenjutsu combate.
Cada um a sua maneira, temos colocado os ensinamentos dos antigos a prova, mas nunca deixados "parados"no tempo.
Os alunos do Niten que se ausentam e depois de certo tempo retornam as aulas são testemunhas de que aqui no Niten sempre há técnicas novas a assimilar, pois o que está sendo constantemente pesquisado, melhorado e descoberto não fica parado do jeito que estava quando ele se afastou.
Lá no Suiyo, a cada ano, tenho que me atualizar por que "o kata foi mudado". Novamente.
Aqui no Niten, o aluno sempre tem a possibilidade de encontrar "o kata mudado" e conta com a descoberta de novas técnicas, estas importantes a todo aquele que busca aproximar-se do Hidensho* (Café com o Sensei de 02-fev-2012 - Hidensho ), a busca para ser imbatível.
Pois, mais do que demagogia, sobreviver é o que importa.


*Hidensho= hiden(segredo)+sho(manuscrito); manuscrito das minhas descobertas para vencer em combate, e que atualmente conta com aproximadamente 150 lições (ou verbetes).

17-set-2013

20Anos - Festa e Antigos


Engana-se aquele que imagina que só de treinos e "coisa séria" se faz o Caminho.
Caminho aqui no Niten é, além de lutar: rir, chorar, falar, ouvir, cantar.
Confraternizar.
Conhecer o seu irmão da espada.
Enxergar o próximo.
Compaixão... hora de tirar a máscara.
Como bem ilustra o nosso Hino:
"Somos elos de uma corrente..."


 


"O jantar de sábado marcou com enorme alegria a confraternização entre todos. Pudemos fortalecer de forma mais descontraída laços com Senpais e amigos além de fazermos novos. Num bom mineirês: "Eita festão bão sô!". - Sanzio (Unidade Pampulha)











"Um ponto alto que eu me lembro que o Sensei comentou durante as comemorações foi que o Niten é uma faculdade de formar pessoas, de mudar as pessoas. E como é eficiente! Uma faculdade onde o único pré-requisito é a busca por um "algo mais" que nos dá a sensação de estarmos vivos, gritando, correndo, sofrendo, sorrindo.
O Niten é o lugar onde eu encontro as pessoas mais atentas, mais sensíveis, mais corajosas e dispostas. É onde eu aprendo a levar bronca, e a crescer com elas. A família Niten é também onde eu aprendo a beber e tirar a máscara."
- Rocha (Unidade Ponta Grossa)











"Ingressei tarde no Niten, mas desde que a Unidade de Santos surgiu já tinha interesse em fazer, e só agora após esse fim de semana, percebo o tamanho e a importância que o Niten tem a todos os samurais da America Latina.
Pensei que esse fim de semana seria igual a qualquer outro Fim de semana de Gashuku ou outro evento do Niten, mas era diferente a energia era outra, por várias vezes fiquei com um nó na garganta, senti orgulho de participar de uma família como a do Niten."
- Tengan (Unidade Santos)








"E o mais incrível foi a sensação de não conhecer boa parte das pessoas que estavam lá, mas ao mesmo tempo o sentimento que eu tinha era de que todos faziam parte da mesma família , a família NITEN. A família onde todos pensam nos outros mesmo sem se conhecer muito bem, onde todos parariam qualquer coisa que estivessem fazendo para ajudar o outro. Onde um só pensa no bem do outro na hora do “puxão de orelha”. E essas atitudes só encontramos no Niten ou na relação entre pais e filhos." - Jenifer (Unidade Porto Alegre)

















"Mas o que realmente me tocou nesse jantar foi quando já estava perto da meia noite os senpais mais antigos subiram ao palco e falaram um pouco sobre sua vivencia no Niten, naquele momento a frase de Miyamoto Musashi Sensei veio a minha mente. "Apesar de trabalhoso, esse aprendizado não será em vão." .- Rezende (Unidade Tatuapé)








"Pessoas de todas as idades, de norte a sul da América Latina reunidas por acreditar num mesmo ideal.
Descobri neste evento o quão grande é o Niten, como cada pessoa ali conta e torna tudo tão significativo, mesmo através de pequenas e discretas ações. Estar este tempo, no Niten, na presença do Sensei e ao lado de tantas pessoas incríveis, esta experiência de felicidade plena que vou carregar comigo pela vida inteira."
- Shindi (Unidade Curitiba)








"Tive o privilegio de no jantar de gala conversar com praticamente todos os presentes e realmente senti como se os conhecesse há tempos. É sempre assim aqui, e como é bom!"- Rodolfo (Unidade Recife)








"Noite de gala depois, com a maior quantidade de kampais que já vi em toda a minha existência dentro do nosso dojo! Kampais muito merecidos ao Instituto Cultural Niten, diga-se de passagem, por proporcionar durante duas décadas “a espada que traz a vida, em abundância“ a todos interessados em crescer como pessoas! Foi uma comemoração emocionante com depoimentos dos mais senpais presentes e com aquele vídeo fantástico contando brevemente a trajetória do Instituto. Acho que já passei dessa fase, mas naquela noite tive novamente a certeza de que o Niten é o meu lugar!"- Kalawatis (Unidade Volta Redonda)











"Por fim uma confraternização no Hokkaido para conhecermos todos melhor, bebermos para nos soltar e nos divertir mais. Senpais fazendo discursos, conversas com novos irmãos, relembrar fatos com os irmãos antigos. Ver que representantes de quase todo o Niten estavam lá para comemorar juntos esses vinte anos de conquistas. Foi algo realmente maravilhoso." - Pinheiro (Unidade Manaus)




 




"Um momento que muito me emocionou, Sensei, foi quando os Senpais mais antigos falaram, com a descontração do jantar e a emoção do momento. Em especial, os Senpais Ricardo Lopes e Joel, pelo que eles significam para o Niten, mas devem ser cumprimentados também todos os Senpais, sem exceção, que, juntos, formam o nosso Instituto.
Faço, porém, uma referência especial ao Senpai Wenzel. Vai ser difícil encontrar palavras para expressar nossa gratidão ao Senpai Wenzel, por tudo, tudo mesmo, que ele tem feito pelo Niten e por todos nós."
-Samuel (Unidade Vitória)








"Alguns dirão que reencontraram ou conheceram muitos colegas de espada, que em muito tempo não se via sob o mesmo teto Senpais tão antigos e lendários pela sua dedicação ao Caminho e que ajudaram a construir o Niten. Isso tudo é verdade, mas pra mim, ficou uma mensagem que até então não tinha percebido a sua real dimensão.
Essa mensagem é que o Niten tem conseguido ajudar a curar as cicatrizes invisíveis do Tratado de Tordesilhas, ou seja, verdadeiramente tem conseguido unir o povo latino-americano (Brasil, Argentina, Uruguay, Chile e México) através do método KIR."
- Apoena (Unidade Ana Rosa)
















 

16-set-2013

20Anos - Folha de São Paulo e SporTV

Aquecimento dos 20 Anos de Kenjutsu no Brasil no Pacaembu.
Matérias de chamada para o Envento exibidas no SporTV e Folha chamando o público para conhecer a Arte Samurai.


SporTV - 16 de Agosto de 2013





Folha de São Paulo - 14 de Agosto de 2013







topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h