Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

25-nov-2010

No Japão com o Sensei 19 - Mestre Osato

 "Sensei Osato de Shindo Muso Ryu, tuve la oportunidad de entrenar con el, en uno de los Dojo. El entrenamiento es rígido, se habla poco y se hace mucho, Osato Sensei habla lo justó, ni más, ni menos, pasó detalles y formas de los katas en los cuales pude entender mejor la practica de Jo, es muy didáctica la forma que tiene Osato Sensei para enseñar con solo mostrar una vez uno puede entender mucho, es paciente, ya que mas de una vez me tuvo que repetir las cosas por que no salian muy bien, pero siempre dedico mucho tiempo al entrenamiento que tuvimos con el.

  Osato Sensei se preocupo por cada detalle.desde el dia en que llegamos, cenas de bienvenida, tours, nos invito a conocer las Islas de Matsushima, el templo del Samurai Date Masamune y otros templos muy importantes de Japon. El dia de partida llego con su propio automóvil a buscarnos para llevarnos al aeropuerto,una vez en el aeropuerto nos invito con el almuerzo a modo de despedida y aguardo hasta el momento en que abordamos el avion, en verdad me senti muy cuidado por Osato Sensei, como un padre cuida a sus hijos.

  O Sensei dice: Osato Sensei es medico  y nos mostro su centro, donde atiende a las personas, el dejo varios dias de atender a los pacientes para poder dar clases a O Sensei, igualmente cada tanto sonaba el telefono y debia contestar las consultas de sus pacientes, las que trataba con suma responsabilidad.
El ultimo dia Osato Sensei transmitio un gokui* sobre el agua del monte Fuji para O Sensei." -
Flavio Fontana (Unidade Buenos Aires)

  (Tive a oportunidade de treinar com mestre Osato de Shindo Muso Ryu Jodo em um dos dojos. O treinamento é rígido se fala pouco e se faz muito. Mestre Osato fala na medida certa, nem mais nem menos, passou detalhes e formas dos katas nos quais pude compreender melhor a pratica de Jo, é muito didática o jeito que mestre Osato mostrando uma única vez pude compreender, é muito paciente já que tive que repetir muitas vezes algumas coisas que não saiam bem, sempre dedico muito sobre o tempo de treinamento que tive com ele.

  Mestre Osato se preocupou com cada detalhe desde o dia em que chegamos, festa de recepção, tour, nos convidou a conhecer as ilhas de Matsushima, o templo do samurai Date Masamune e outros tempos muito importantes do Japão. No dia de partirmos levou-nos com o seu próprio carro ao aeroporto, uma vez no aeroporto fez questão de nos convidar para almoçar para despedir e aguardou-nos até o momento em que entramos no avião, na verdade me senti muito cuidado pelo mestre Osato, como um pai que cuida de seus filhos.

  O Sensei disse: Mestre Osato é médico e nos mostrou o seu consultório, onde atende as pessoas, e deixou vários dias sem atender os pacientes para dar aulas ao Sensei, o telefone tocava a todo momento e ele cancelava a as consultas de seus pacientes, com as quais tratava com muita responsabilidade.
No último dia mestre Osato transmitiu um gokui* sobre a água do monte Fuji para o Sensei.)


* Gokui = Segredo


Japão vista 12


 

23-nov-2010

9º TBEK 8

Em tempo, coloco hoje matéria publicada no jornal Nikkey em japonês:


Foto: Demonstração de kata


(250 PARTICIPANTES NO TORNEIO BRASILEIRO DE KOBUDO
DISPUTAS ACIRRADAS EM 16 CATEGORIAS E DEMONSTRAÇÕES COM ESPADAS REAIS

O Instituto Cultural Niten (representante Jorge Kishikawa) realizou nos dias 16 e 17 de outubro o "9º Torneio Brasileiro de Kobudo", na cidade de Guarulhos com a participação de aproximadamente 250 atletas vindas de 40 filiais do Brasil, Argentina e Chile.
Foi notória a participação neste evento das crianças de 5 a 10 anos na categoria mirim infantil, a categoria sênior acima de 45 anos, a presença marcante do publico feminino nas modalidades.
Disputas "pegaram  fogo" em kusarigama, naginta, jojutsu, iaijutsu, kenjutsu totalizando as 16 modalidades por equipes.

Alem disso, houve demonstrações dos professores com espadas reais cortando peças de tatame (tameshigiri), o estilo dito como a origem de todo o kenjutsu com katas dinâmicos do Katori Shinto Ryu, deixando publico de 600 espectadores impressionados.)

22-nov-2010

Errata Café Influencia Americana

Está é a foto correta para (CS 18/Nov - Influencia Americana)


Um dos poucos desjejuns ao estilo japonês



18-nov-2010

No Japão com o Sensei 18 - Influencia americana

"Japon como muchas otras culturas,adolece de un problema en comun como en muchas partes del mundo,la influencia Americana o mejor dicho Norte Americana, después de la guerra dicha influencia se apodero en gran parte de las costumbres Japonesas, debido a los acuerdos que tuvieron ambos países posterior al conflicto bélico.Esto se puede ver a diario en Japón, las vestimenta de los jóvenes y de los no tan jóvenes, las costumbres electrónicas, el consumo indiscriminado, y las comidas, en los desayunos uno puede apreciar esto de manera simple, café que no tiene mucho gusto a café, huevos revueltos con salchicha, etc.
Muchas canchas de futbol, pocos dojos de artes tradicionales.
Muchos telefonos, mp3, poca conversación cara a cara.
O Sensei dice:
"De apoco vamos perdiendo nuestra propia identidad, en pos de otra que nos es la nuestra."
Por que?
Esa es una muy buena pregunta.
Por que las nuevas generaciones están perdiendo el interés, el valor por las tradiciones, Japón es un pais de tradiciones, su cultura, sus valores, su gente, se basa en las tradiciones, a través de los años lucharon por esto, se derramo sangre.
Ahora es tiempo de re educar a los jóvenes, por que en algún lugar del tiempo el nudo se aflojo.
Es tiempo de aprender, es tiempo de ajustar el nudo.
Domo arigato gozaimashita Sensei por ajustar el nudo."
- Flavio Fontana  (Unidade Buenos Aires)


Um dos poucos desjejuns ao estilo japonês

(O Japão, como muitas outras culturas padece de um problema em comum como em muitas partes do mundo, a influencia Americana ou melhor dizendo Norte Americana, que depois da guerra neste pais, se apoderou em grande parte dos costumes Japoneses, devido aos acordos que tiveram ambos os paises posteriormente ao conflito bélico.
Isto se pode notar no dia a dia no Japão, a maneira de se vestir dos jovens e dos não tão jovens, os costumes eletrônicos,  o consumismo indiscriminado e as comidas, que no desjejum da a manhã  pode se notar fácil, cafés que não tem muito gosto, ovos mexidos com salsicha etc.
Muitas quadras de futebol, poucos dojos de artes tradicionais.
Muitos celulares, mp3, pouca comunicação cara a cara.
O Sensei disse:
"Gradativamente vamos perdendo nossa própria identidade, em busca de outra que não é a nossa."
Por que?
Essa é uma boa pergunta.
Por que as novas gerações estão perdendo o interesse, o valor, pelas tradições, o Japão é um país de tradições, sua cultura e seus valores , sua gente se baseia nas tradições, que atraves dos anos lutaram por isto derramando o seu sangue.
Agora é tempo de reeducar os jovens, porque em algum lugar do tempo o nó se afrouxou.
É tempo de aprender, é tempo de amarrar o nó.
Muito obrigado Sensei por amarrar o nó.)



Japão vista 11

17-nov-2010

Soete no Kendo?

"Hoje pela manhã abri minha caixa de e-mail e dei de cara com um e-mail de um amigo. No dia anterior havíamos conversado sobre o Nito, ele é uma apaixonado por Nito e sempre está à procura de videos antigos sobre Nito e sobre as técnicas que os samurais aplicavam e que não fazem parte do Kendo moderno. Nessa conversa ele me falou que em uma dessas procuras por vídeos ele assistiu um no qual um kendoca aplica um Soete tsuki, o mesmo golpe que ele viu ser aplicado quando visitou o Niten. 

Assisti o vídeo e fui falar com o Sensei sobre o mesmo:
 - " Sensei, onegaishimassu, recebi um video antigo de um amigo do Niten aonde o kendoca aplica um soete em seu adversário, o Sensei gostaria de ver?". - O Sensei disse para eu enviar o email para ele, e depois iria me falar sobre o vídeo.

 
Enviei o vídeo e fui no Shihan (sala do Sensei), - "Shitsureishimassu Sensei, já lhe enviei o vídeo". O Sensei assistiu o todo vídeo e, no final, me perguntou em qual momento do vídeo o Kendoca havia aplicado soete*. Respondi que foi aos 33 segs. O Sensei falou que eu estava enganado, que o não era um kendoca e que não estava com uma shinai e sim com uma baioneta de combate, e que o tempo todo ele estava com a mão esquerda na frente. 

Olhei o vídeo novamente, e para minha surpresa não era um kendoca. eram praticantes que estavam com uma baioneta de combate e confesso que fiquei de queixo caído porque tinha visto o vídeo várias vezes, e o Sensei com o seu olhar de quarenta anos no Caminho, e com o seu conhecimento de Kobudô, viu o vídeo apenas uma vez e percebeu de primeira! Detalhe: o vídeo é muito antigo, quase não dá para ver a baioneta) e o Sensei de primeira notou que era uma baioneta e não o shinai. Nesse momento eu levei um Men-ippon do Sensei! 

Notei que esta é a diferença de um olhar de 4 anos de treino, para um olhar de 40 anos alem  de ser um mestre do kobudo. E lembrei da frase de Musashi-sensei - "Ver o que não pode ser visto". Sensei consegue ver o que não pode ser visto

Sensei, mais uma vez Arigatou gozaimashita"

Silva (Coordenador da Unidade São José dos Campos)

*Soete = Técnica de Kenjutsu em que se toca o dorso da lâmina com uma das mãos para aplicar o golpe

16-nov-2010

Vejam

Vejam: www.niten.org.br

12-nov-2010

Se há gratidão...

Este aluno veio de Porto Alegre para mudar sua vida.
Após dias de treinamento e convívio, despertou.
Aqui as palavras que ilustram o seu sentimento:

"Vontade de superar-se:
Enfrenta a si mesmo
E busca nas profundezas.

Se o espírito está livre
Nem cansaço existe.
Puro, ele brilha ao ouvir:
"Prepara para treinar!"

Sem se atrapalhar,
Aproveita o curto tempo
e as horas de solidão
para ser agido.

Convivência e birudo:
Momentos desmascarados;
Verdade à tona.

Sob a regência do sensei
cantamos como podemos.
Quão grande pode ser seu sofrimento
Se quem se propõe a aprender
Não o faz com sentimento...

Se há a gratidão,
cada gota de suor evaporado
terá sempre seu valor lembrado."

Oliveira (Unidade Porto Alegre)

"cada gota do suor evaporado
terá seu valor lembrado"

10-nov-2010

No Japão com o Sensei 17 - Soke Katsuse, o poder da vontade

" Katsuse Soke tiene un fuerza de voluntad impresionante, cuando uno ingresa al Dojo de Suio ryu el tiempo se detiene, hay infinidad de armas antiguas las cuales fueron propiedad del padre de Katsusse Sensei y otras que llegaron a sus manos para que una parte de la historia fuese recuperada y no olvidada por las generaciones mas jóvenes, esto es lo que atesora el Dojo de Suio ryu, historia, no solamente en la colección de antigüedades,sino también en el entrenamiento que Katsuss Soke imparte a sus alumnos.
O Sensei dice que Katsusse Soke no es de dar indicaciones sobre lo que uno esta practicando, confia en que cada uno debe descubrir sus propios errores mediante la repetición de los katas.
Pero siempre hay una excepción a la regla y esta excepción es O Sensei, tuve la oportunidad de ver como Katsusse Soke se levanto de su lugar en el Dojo, el siempre esta sentado debido a un problema en sus piernas y su edad, pese a esto dio indicaciones para O Sensei.
Katsusse Soke es un Maestro y un historiador, guarda una porcion de la historia, en verdad el es parte de la historia. "  -
Flavio Fontana (Unidade Buenos Aires)

(Soke Katsuse possui uma força de vontade impressionante, quando alguém entra na academia de Suio Ryu, o tempo para, infinidades de armas antigas as quais foram propriedade do pai de Soke Katsuse e outras que chegaram em suas mãos para que uma parte da história fosse recuperada e não esquecida pelas gerações mais jovens, isto é o que tem-se na academia de Suio ryu, história, não somente em coleção de antiguidades, mas também no treinamento que Soke Katsuse  ministra a seus alunos.
O Sensei disse que Soke Katsuse não é de dar orientações sobre o que e como se está praticando, deixa com que cada um descubra seus próprios erros mediante a repetições dos katas.
Mas sempre há uma exceção a regra, e esta exceção é o Sensei, tive a oportunidade de ver como Soke Katsuse se levantou de seu lugar na academia, ele sempre esta sentado devido a um problema em suas pernas e sua idade, mas apesar disto deu orientações para o Sensei.
Soke Katsuse é um mestre e um historiador, guarda uma porção da história, em verdade ele é parte da história.)


Japão vista 10

04-nov-2010

No Japão com o Sensei 16 - Por que viajar con O Sensei ?

"Por que viajar con O Sensei es una experiencia unica.

Por que las oportunidades se dan una sola vez en la vida.
Por que el verdadero aprendizaje esta al lado del Maestro.
Por que ver otra cultura, ayuda a valorar la propia.
Por que el tiempo que tenemos no es eterno.
Por que aprendemos a valorar mas a O Sensei.
Por que podemos aprender a valorar el esfuerzo.
Por que experimentamos lo que O Sensei paso a lo largo del Camino.
Por que con O Sensei al final del viaje nuestra vida seguramente no sera la misma.
 O Sensei dice que siempre estamos en guerra, tenemos que estar preparados, que mejor preparación que enfrentar la guerra al lado de su Maestro, en las tierras Samurai? "
- Flavio Fontana (Unidade Buenos Aires)

(Por que viajar com o Sensei é uma oportunidade única.
 Por que as oportunidades aparecem só uma vez na vida.
 Por que o verdadeiro aprendizado se dá ao lado do Mestre.
 Por que ver outra cultura ajuda a valorizar a própria.
 Por que o  tempo que temos não é eterno.
 Por que aprendemos a valorizar mais o Sensei.
 Por que aprendemos a valorizar o esforço.
 Por que experimentamos o que o Sensei passou ao longo do Caminho.
 Por que com o Sensei ao final da jornada seguramente a nossa vida nunca será a mesma.
 O Sensei disse que sempre estamos em guerra, temos que estar preparados, que melhor preparação para enfrentar a guerra do que estar ao lado de seu mestre, em terras Samurais?)


 


Japão vista 8




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h