Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

12-jul-2010

Katana Emagrece


Sem sombra de dúvida podemos dizer que se perde calorias executando os movimentos expostos neste vídeo, que mais se assemelham a uma dança aeróbica, tendo o diferencial apenas de se segurar um objeto na mão, no caso, uma réplica de espada.
Arrisco a dizer , embasado em pesquisas feitas no Niten que a perda calórica seria a de aproximadamente 800 calorias por hora. Aeróbica, cooper, bicicleta, natação estilo crowl, tudo segundo os meus alunos profissionais da aréa.
Se for assim, as japonesas bem que poderiam vir para cá, se querem perder tanto peso, uma vez que no Kenjutsu a perda calórica se revelou em media 1500 cal. por hora.

Pelo menos, "matariam dois coelhos numa patada", uma vez que aqui, enquanto emagrecem assimilariam os valores samuraicos, valores que lá já há muito estão se perdendo principalmente entre as novas gerações...

Tags: Video,
01-jul-2010

Kenjutsu Gedan Do

30-jun-2010

Shin Hagakure 2 - Cunho espiritual

Disse reclusão (Shin Hagakure 1 - Como a Katana - 29 de Junho).
O Shin Hagakure , entre vários, trata de assuntos que fogem da vida mundana.
Vida, Morte, Presente, Passado, Honra, Lealdade, Sabedoria e outros pertinentes à classe guerreira dos samurais e a todos
aqueles que galgam e buscam o estagio que vai além do material.
Assuntos que se escrevem com letras maiúsculas, mas que hoje em dia passam quase que desapercebidos pelos homens que
buscam apenas o lucro imediato: o material.
Por que o espiritual não se consegue de imediato.
Por que o espiritual requer esforco. Paciência. Paz.
E, em se tratando do Shin Hagakure , de cunho espiritual, a reclusão é a via para se chegar a algum entendimento tanto para
se escrever como para se compreender.
 


Caverna de Reigando, o local onde Miyamoto Musashi encontrou a sua paz
para escrever o celebre Go Rin no Sho (Livro dos Cinco Aneis)

Tags: Shn Hagakure,
29-jun-2010

Shin Hagakure 1 - Como a Katana

Enquanto a Copa do Mundo acontece , o Shin * vai "caminhando" para a sua segunda edição.

Mexi aqui mexi la , retoquei aqui retoquei la.
Como o aço que dá a vida a espada japonesa e tem que ser batido varias vezes,
o Shin Hagakure seguiu o mesmo processo.
Precisa ter paciência e, ate certo ponto, manter-se recluso.
Foi o que fiz.

*Shin Hagakure:
http://www.niten.org.br/artigossensei/shinhagakure.htm


 


kanji= SHIN (NOVO)
HAGAKURE

28-jun-2010

Convívio em Jundiai

Daqui à pouco o Brasil joga com o Chile e vamos ver se resolve de vez a situação.

Enquanto bebo o meu Café, recebo este e-mail do coordenador de Jundiaí, unidade que visitei há poucos dias.
 

{"O' kobudô não é algo ensinado por escrito. Isso contrasta em muito com nossa tradição de ensino ocidental, onde para tudo temos livros. Por isso, no kobudô é tão importante a convivência com os mestres. É a única forma que temos de verdadeiramente aprender.
Aqueles que estiveram em Jundiaí dia 18/06, quando o Sensei esteve em visita na unidade, sentiram na pele a importância da convivência com o mestre. Ensinamentos sublimados. Só quem lá esteve, entende.
"(...) e os cavaleiros que permanecem agora no leito da Inglaterra irão se considerar como malditos por não estarem aqui, e sentirão sua nobreza diminuída quando escutarem falar daqueles que combateram conosco no dia de São Crispim." (A vida do rei Henrique V, ato IV, cena III - William Shakespeare)"}


O convívio é importante e por isto tem que se escolher bem a quem seguir.
Há mestres e mestres por tudo entre o Céu e a Terra.
Esta vida é curta demais para se perder tempo.
(as fotos foram tiradas pelo meu filho de 5 anos)



23-jun-2010

Gashuku em Belo Horizonte 3

Uma vez de volta aos eixos( Gashuku em Belo Horizonte 2 - 22 de junho de 2010), temos que cuidar bem da carruagem .
Manutenção.
Cuidar bem dos cavalos tambem é essencial. Sempre alimentá-los bem, para que não fiquem cansados no meio do Caminho.
Pois se acontecer de quebrar algum dos componentes ou dos cavalos se cansarem onde não devem cansar, o que já é um grande infortúnio, dar-se-á brecha a mais um: morrer em meio aos cactos do deserto.
Isto vale não só para os que estão acostumados a paisagem campestre de Minas:
-Se você preza a sua vida, cuide bem de seus cavalos e da sua carruagem.
(e fique esperto com os salteadores)
 


"A água direto da nascente é mais pura e hidrata mais. Treinar com o Sensei é essencial." - Bernardo



"Em meio ao clima seco de BH. o Sensei nos trouxe um mar de tecnica."- Teixeira



"Dia memoravel que pude vislumbrar tão nobre caminho." - Aguiar

22-jun-2010

Gashuku em Belo Horizonte 2

Em Belo Horizonte como em qualquer outro lugar, existem alunos dedicados em percorrer o Caminho.
O itinerário é longo e além de planejamento, temos que ter um pouco de sorte, pois do contrário, como em qualquer outro lugar, infortúnios podem acontecer.
Foi o caso dos mineiros.
O encontro com salteadores na estrada atrasou o itinerário.
Mas, para minha surpresa e alegria de todos, pude constatar, neste Gashuku, que a carruagem já tomou o seu rumo como podemos constatar nas palavras abaixo:
 


"Gostei muito de ter pariticipado de todas as modalidades no Gashuku. Fiquei muito contente e satisfeito com a regulamentaçao da situaçao no Niten BH."
Tolentino



"Convivendo com o Sensei aprendemos que, com um proposito firme, podemos superar praticamente qualquer adversidade (chaos)."
Sartori

21-jun-2010

Gashuku em Belo Horizonte 1

O Brasil fez 3 a 1.
Infelizmente perdi no bolão. Tinha palpitado 3 a 0.
Também foi contra a Coréia do Norte. Tinha palpitado 2 a 0.
Longe de ver tudo como aconteceu ontém, fizemos o Gashuku.
Com muita garra, vontade e determinação, a nossa seleção saiu vitoriosa.
3 a 0.
Um resultado sem intercorrências.
E o nosso time avança...
 

"Treino e jogo do Brasil. Não sabemos quando terminou.
Não se ouviam torcidas e vuvuzelas em meio aos kiais"
- Fonseca
*kiai= grito




"Horas de Ouro. Passar um dia treinando com o Sensei nos faz despertar para os Kudens*, e chegar na conclusão final. Precisamos treinar mais..." - Bolivar
*kuden= segredos da arte





topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h