Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

21-out-2008

Flexionar com tudo

Não é só com espadas que se flexiona os joelhos.

Outras armas como o Bo (bastão longo) também requerem o preparo físico e coordenação das pernas.

No vídeo que te mostro hoje, você poderá conferir.




Sensei e Senpai Wenzel demonstram Katori Shinto Ryu Bojutsu no Dia do Samurai 2007

20-out-2008

Flexione os joelhos

Escrevi, no Café de sexta (17out - Não é coreografia. É combate.) que:
"Musashi Sensei condenava os estilos que se preocupavam demais com a postura ereta, flexionar os joelhos ou se apegar a detalhes de como fazer uma postura (kamae) 'correta'".
Não fui claro.

O que eu quis dizer é que flexionar os joelhos faz parte de um combate com a espada. Estilos renomados como o Niten Ichi Ryu, Suiyo Ryu ou o Katori Shinto Ryu tem nos seus vários katas a flexão dos joelhos.
Aquele que sabe utilizar esta técnica amplia o seu leque de opções para o ataque ao adversário, como no vídeo em que o Brum acerta o "utigote". 

17-out-2008

Não é coreografia. É combate!

O samurai Miyamoto Musashi (para nós do Instituto Niten, Musashi sensei) já dizia há quinhentos anos que muitos estilos estavam preocupados mais em florear a sua arte que colocar conteúdo. Condenava os estilos que se preocupavam demais com a postura ereta, flexionar os joelhos ou se apegar a detalhes de como fazer uma postura (kamae) "correta". Outros faziam malabarismos rodopiando a espada como esses meninos de rua no farol com pauzinhos.
- Nada disso tem a ver com o Verdadeiro Caminho da Espada.- dizia Musashi sensei.
- Então, se florear não é preciso, o que é preciso, uma vez que se adentra no treinamento com a espada samurai?
Para respondermos a esta questão, temos que nos perguntar, antes de tudo, o que é ser um samurai.
- É aquele que serve - no latu sensu da palavra - é o que você vai me dizer e que alguém com um pouco mais de estudo já sabe.

E então?
A questão é: mas não adianta querer servir, se não tiver força.
E de onde vem a força?

Vem da coragem. Em japonês, "yuu" ou "konjo" e que era a virtude mais importante ao lado da honra para os samurais. Isso desde a infância. Da mesma maneira que os leões lançam seu filhotes ladeira abaixo, faziam também com seus filhos.
Nossos alunos são treinados*, já nos primeiros dias, a lançarem-se sobre os seus adversários como os leões (13out - Ordem Unida).
Não precisa estética.
É preciso conteúdo.
Antes a coragem. Depois a estética.



* no combate de kenjutsu, regido pela CBKO (Confederacao Brasileira de Kobudô), existe o "en", um circulo que se assemelha ao "dohyo", a arena de sumô. Aquele que sair primeiro, ou for arremessado pelo adversário, tal como no sumo, dá ao seu oponente um "yuko", um meio ponto.

16-out-2008

4 Virtudes no Rio

Virtudes a serem cultivadas por um samurai:
Dotoku = moral
Kiritsu = disciplina
Shudan = coletivo
Jukuren = proficiência

virtudes cultivadas neste fim de semana no Rio:

"Através da Ordem Unida (14out - Ordem Unida), a tropa evidencia, claramente, os quatro índices de eficiência:
Moral – pela determinação em atender os comandos, apesar da necessidade de esforço físico.
Disciplina – pela presteza e atenção com que obedece os comandos.
Espírito-de-corpo – pela boa apresentação coletiva e pela uniformidade na prática de exercícios que exigem execução coletiva.
Proficiência – pela exatidão nas execuções.
"
Manual de Campanha – Ordem Unida, do Exército Brasileiro, capítulo 1, artigo I. EGGCF, 2ª Edição, 1980"

Ordem Unida

15-out-2008

Ordem Unida

O Torneio no Rio (06out - Lá no Rio) ficará na lembrança de todos os samurais do Niten.
Entre muitas coisas boas para comentar, colocarei hoje esta foto, que no Niten foi um evento inédito:



O OBJETIVO ÚNICO DA INSTRUÇÃO MILITAR É A EFICÁCIA NO COMBATE. Somente tropas bem disciplinadas, fazendo um esforço coletivo e combinado, podem vencer.
Exercícios que exigem exatidão e coordenação mental e física ajudam a desenvolver a disciplina.

A Ordem Unida não tem só por finalidade fazer com que a tropa se apresente em público com aspecto marcial e enérgico, (...) mas principalmente, a de constituir uma verdadeira escola de disciplina e coesão" 
- Manual de Campanha – Ordem Unida, do Exército Brasileiro, capítulo 1, artigo I. EGGCF, 2ª Edição, 1980


Não nos esqueçamos que nas veias de um samurai, corre o sangue militar.

14-out-2008

Guerreiros e Cavalheiros

Nada melhor que um café depois de um grande evento(06out - Lá no Rio), uma grande batalha.
Foram três dias de coragem, lealdade, gratidão, verdade, sinceridade e honra colocadas em prática. Colocadas à prova.
Nossos guerreiros, tal como nos tempos de outrora, são treinados, desde o início (0 kyu) a colocar em prática a coragem, lançando-se sobre os seus adversários. Sem dúvida, sem medo, sem arrependimento.
Todos, sem nenhuma exceção, partiram para cima em combate. Mostraram-se guerreiros.
E nenhum, sem exceção, desrespeitou os colegas em combate. Mostraram-se cavalheiros.
Volto do torneio extremamente satisfeito.
Um café a todos nós!
A gente merece!

13-out-2008

Nito: o porquê

O 7°TBEK mostrou um exército de samurais com duas espadas: O Nito.
Quero que você dê uma olhada no porquê.
E entenda que, comigo, o amanhã nunca será igual ao dia de hoje.

10-out-2008

Tudo e muito mais no Rio

O 7° Torneio Brasileiro de Kobudô no Rio já é amanhã.
Vai ter de tudo.
Kendo, Kenjutsu, Iaijutsu (ou iaido como queiram), Jojutsu (ou jodo idem), Naginata, Kusarigama, Jitte e tudo que você possa imaginar.
Se você parar para pensar, até mesmo no Japão é difícil de se ver várias armas e modalidades em um só evento, em um só local.
Existe só um evento feito anualmente pela Nihon Kobudo Kyokai do Japão.
Pare.
Pense.
Olhe.


09-out-2008

Se grudar, solte!

Outro ponto a ser observado neste torneio (06out - Lá no Rio), é quando, no meio do combate os lutadores se "grudarem", ficando encostados um ao outro. Principalmente se o oponente estiver com as duas espadas a sua frente, será impossível estar com as duas mãos segurando uma espada. Aí está perdido. 
Lembre-se de soltar a mão se ficar frente a frente com o seu oponente. Do contrário, será vencido.



08-out-2008

Metade com uma mão

"Segurar a espada com as duas mãos é um erro"- disse Musashi sensei no Go Rin no Sho.

De fato, se pararmos para refletir, das 12 seqüências de katas Tachi Seiho do Hyoho Niten Ichi Ryu, vemos que a metade deles se iniciam com apenas uma das mãos segurando a espada. 

Neste torneio (06out - Lá no Rio) gostaria que você atentasse aos combates principalmente dos graduados 5° kyu ( se compararmos ao karatê , seria faixa laranja), quando se aprende as técnicas de soltar as mãos.




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h