Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei


Últimas postagens:

11-set-2008

11 de setembro

Era uma manhã como outra qualquer e em meio à luz e ao frescor da primavera saíamos dos nossos habituais treinos do Hokkaido*.
Nas ruas, engarrafamentos, buzinas, carros, ônibus lotados. Tudo parado. Cena típica de uma manhã na capital paulistana.
Um pouco antes das onze, alguns samurais modernos andavam em direção a padaria. Como sempre, suados após o treino da Unidade Ana Rosa e vestidos de kimonos e espadas à mão, despertávamos atenção.
Era o jeito. Não tínhamos tempo nem para um "banho de gato".
Aquele dia não foi diferente.
Sentamos. Mesa de lanchonete. Comida por kilo em clima de "copo sujo".
Uma televisão lá no fundo só para distrair os clientes impacientes.
Sentei-me. E, como sempre, dei aquela suspirada depois de um bom treino.
Ao olhar a tv, vejo tumulto e:
-Booooommmm!!!
Não acredito no que vejo e fico inerte, sem reação, apático, "mushin"*.
Confesso. Tomei um men*. E daqueles...
Era 11 de setembro.



*Hokkaido = local de treino da Unidade Ana Rosa, em São Paulo
*mushin = mu (vazio); shin(sentimento)
*men = golpe na cabeça

10-set-2008

Mil e uma faces

Uma revista marcial da época (09set - Tanaka) publicou uma matéria a meu respeito, se não me engano, com os seguintes dizeres:
"Jorge Kishikawa, super-campeão de Mil e uma faces".

Em estratégia, Musashi Sensei, em seu Livro dos Cinco Anéis, nos fala que não se deve utilizar a mesma tática repetidas vezes.
Não precisa se chegar a Mil, mas para um estrategista, estudar algumas dezenas de kamae* é imprescindível.
Mesmo assim, você pode ser pego.
Então é melhor ter Mil mesmo.

Que difícil...


sen: mil em japonês
 
*kamae = posição de combate

09-set-2008

Tanaka

Naquela época (08set- Foto do Último Café), estava "atolado" em provas e provas nos anos de medicina.
Mas "botei" em minha cabeça que nada iria mudar os meus objetivos. E um deles era continuar a busca pelo deca-campeonato em anos consecutivos.
Mas sabia que para continuar no pódio com a mesma técnica e a mesma estratégia não conseguiria, pois adversários habilidosos não faltavam. Entre eles lembro-me de um japonês que veio, na época, ministrar aulas aos filhos de executivos no Brasil. Tinha passado também pela universidade Kokushikan e foi uma das maiores pedras no meu caminho ao pódio.
Tanaka lutava com postura jodan* e nós treinos ninguém o abatia. No Japão, já havia feito um bom histórico nos torneios colegiais e universitários.
Chegamos na semifinal.
- A estratégia tem que ser diferente, do contrário serei eu também derrotado e tudo irá por água abaixo - pensei.
Dito e feito.
Venci.

 
*jodan= postura não ortodoxa levantando-se os braços para cima

08-set-2008

Foto do último Café

A foto colocada na última sexta neste Café (05set - Foto) se trata de uma das disputas em semifinais em torneio brasileiro de kendo.

Trata-se de uma técnica originada no combate com a espada menor 
O adversário, na foto era muito ágil para recuar e contragolpear.
Utiizando-se a técnica de espada menor, consegui encaixar o golpe que me levou a final do campeonato.

Treinar com a espada menor ampliará a sua Estratégia.

05-set-2008

Foto

03-set-2008

Samurai do Entardecer e o Niten

 que o Niten tem a ver com o Samurai do Entardecer?
Quase tudo.
Mas em sendo um momento para um café, vou te enumerar duas razões:
Uma delas é o uso da espada menor, presente em quase todas as nossas aulas: no combate de kenjutsu, no Niten Ichi Ryu Kenjutsu, Sekiguchi Ryu Iaijutsu,
Suyo Ryu Iai Kenpo, Shindo Muso Ryu Jojutsu, Uchida Ryu Tanjo Jutsu e por ai vai.
A outra, por uma simples razão de princípios: que buscamos a felicidade verdadeira em primeiro lugar.
Felicidade que se conquista com o espírito.

 
*kodachi= espada menor
*tanto= faca

02-set-2008

Samurai do Entardecer e espada menor 3

Lutar com espada é também lutar sem espada.
Como assim?

Ao utilizar a espada menor com uma das mãos, e não utilizar a outra livre é falta de bom senso. Desde os primórdios do kenjutsu, as técnicas com a kodachi* e tanto* faziam parte do treinamento.
Ou seja, em kenjutsu, treinavam-se o uso da tachi (espada maior), kodachi e tanto. Em combate de kenjutsu, se te pegarem com as mãos, já está a meio passo da derrota.
É. Não tem um segundo para respirar.
Confira no filme.


Kata de Tanto do Sekiguchi Ryu
 
*kodachi= espada menor
*tanto= faca

01-set-2008

Samurai do Entardecer e espada menor 2

Em "Samurai do Entardecer percebemos que o diretor Yoji Yamada estudou a estratégia da espada.
Que em combates feitos em recintos fechados, a espada menor sobrepuja outras armas, inclusive a espada maior.
O final do combate, apresentado no filme, mostra que não basta ter destreza técnica para vencer o oponente, mas sim a estratégia apropriada.

Shoto X Naginata
Luta de Kodachi x Naginata na categoria Kobudô
 

29-ago-2008

Samurai do Entardecer e espada menor

No último torneio em São Paulo ocorreram alguns combates que surpreenderam todos que assistiram as disputas de kenjutsu dos mais graduados.
Combatentes com a espada menor aniquilaram seus oponentes, sejam eles com duas espadas ou espada maior, e no combate de kobudo* venceram até a naginata, fazendo com que as disputas se tornassem semelhantes aos de filmes de cinema.
Como o do consagrado diretor Yoji Yamada, o "Tasogare Seibei", mais conhecido no ocidente como "O Samurai do Entardecer".
Recomendo a todos os samurais que vão competir no próximo torneio lá no Rio que assistam ao filme, pois do contrário, terão a derrota quase que na certa.


*kobudo= categoria em que os participantes podem escolher também a naginata (alabarda) para competir

26-ago-2008

Surpresas e surpresas

Obviamente que todo estrategista deve saber todas as condições do local e isto não é novidade para não ser pego de surpresa.
Apesar de tudo, neste fim de semana, fui pego de surpresa. 
Fui a Curitiba e aqui em São Paulo o termômetro registrava os 21 graus desses dias. Ao chegar lá, temperatura 12 graus!
Sábado, dia da aula, caiu para 7 graus!! Não tinha levado roupa para tanto.
Na aula, mais surpresas: no combate de kenjutsu, os curitibanos me apresentaram uma garra acima da média. Todos, sem exceção, pegaram "pesado". Nâo é elogio, não! Méritos ao Akira.
Após a aula, mais surpresa: os monitores, incluindo o coordenador de Florianópolis (foto), mostraram que estão perto do título, no torneio do Rio de Janeiro, a ser realizado em outubro.
Este Caminho é mesmo cheio de surpresas. É essa a parte boa da vida.


monitores de Curitiba e coordenador de Florianópolis




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h