Ir para o Conteúdo
imgcentral

Café com o Sensei

Pensamentos e comentários do Sensei Jorge Kishikawa


Últimas postagens:

10-jul-2008

Navegar é Preciso

A vida não é um mar de rosas,
Navegar é preciso,
Viver, não.

07-jul-2008

Niten no Sesc Rio

Neste sábado, estive no Rio e aproveitei para, junto com os alunos, participar do "Japão-Brasil - 100 anos e Imigração", realizado pelo SESC Tijuca e Karate Shotokan.

Além de ser um fim de semana divertido, a começar com o cabrito marinado e os vinhos portugueses na noite anterior, foi produtivo pois surgiram idéias novas para os próximos eventos.

Encontro Shotokan no SESC
Vitória Renault, Sempai Wenzel Bohm, Sensei Jorge Kishikawa, Sensei Ugo Arrigone e Eduardo Santos
 

07-jul-2008

A Luta mais Difícil

Recebi esta mensagem, e por se tratar de um tema universal inerente a todos os povos, raças e idades, mostro a você:

"Sensei
Como vai? Já faz tempo que não nos falamos...
Por aqui, as coisas continuam firmes e fortes...Muito trabalho (estou prestes a ser promovido, ao que tudo indica), estudo (ano que vem eu me formo, Graças a Deus!) e treinos. Muito cansaço, mas a vida continua e não temos muito tempo para descansar...
Agora estou de férias, um tempo pra poder treinar mais e descansar a cabeça um pouco.
Alguns problemas pessoais, mas nada que eu não tenha lidado e saiba lidar... Aliás, gostaria de fazer uma pergunta...
Sensei, gostaria de saber, como um samurai se comporta em relação a uma mulher? Em relação ao seu amor? Manter a razão sobre o coração não é o mais difícil, mas parece não agradar muito o sexo oposto... Ou meu problema seria justamente querer agradar demais?
Muito confuso... Talvez essa seja a razão de ter passado por tantas namoradas...
Abraços Sensei, cuide-se!
Sayonara!"

O tema a que me refiro hoje é aquele que é o querer estar preso por vontade: o Amor.
Se esse é o seu problema, tenho algumas "estratégias" para sair vivo.
Mas não ouso a lhe falar, pois cada caso é um caso.
É difícil até para um Menkyo Kaiden*.


* Menkyo Kaiden = mestre com título máximo de conhecimento em determinada arma ou estilo

 

04-jul-2008

Cadeira Histórica

É nesta cadeira que Kotaishi ( 23jun - Kotaishi Denka) , mesmo com todas as dores e com a
dor do fuso horário, se mostrou inabalável e sorridente.
Se você não sabe ainda o que é a dor do fuso horário depois que volta 
do Japão, entenderá que é praticamente impossível se manter "antenado" das 11 às 13 da tarde...

Sensei onde Kotaishi sentou-se

03-jul-2008

80 Quilos

Esta foto que recebi hoje, ilustra o início das atividades do Instituto Cultural Niten há 15 anos.
Nesta época, o treino era às 08 da manhã de sábado, e nestas manhãs de inverno, a temperatura a 10 graus.
O chão então nem se fala. Por ser cimento, mesmo que liso, congelava dos pés a cabeça.
Foi também quando ganhei uns quilinhos a mais, pois gostava de uma comida mineira com sobremesa farta
e aqueeele cafezinho no final do almoço.
Resultado: 80 kilos!

Primórdios do Niten

02-jul-2008

Medalha do Centenário da Imigração

As comemorações para o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil alcançaram seu auge com a vinda de sua alteza imperial Kotaishidenka, o Príncipe Herdeiro do Japão.

Na ocasião, fui homenageado no Palácio do Planalto, com uma medalha alusiva à integração entre Brasil e Japão.
Se hoje o Brasil é considerado, ao lado do Japão, como o lugar que melhor guarda a tradição Samurai, isto só foi possível porque há 100 anos os primeiros imigrantes tiveram a determinação e a perseverança de plantar a primeira semente.
Foram estes primeiros imigrantes que deixaram o terreno fértil, sobre o qual brotou a floresta que hoje é o Niten.

Medalha dada aos homenageados

01-jul-2008

Imobilidade na Dor

Recebi esta foto de um aluno de Teresina em alusão ao Café do dia 23 de junho



Trata-se de um monge chamado Thich Quang Duc, nascido em 1897, no Vietnã, que se sacrificou até a morte numa rua movimentada de Saigon em 11 de junho de 1963. Dizem que enquanto seu corpo ardia sob as chamas, o monge manteve-se completamente imóvel.
Não gritou, nem sequer fez um pequeno ruído. 
Ele protestava contra a maneira que a sociedade oprimia a religião budista em seu país. Após sua morte, seu corpo foi cremado conforme a tradição budista. Durante a cremação seu coração manteve-se intacto, pelo que foi considerado como quase santo e seu coração foi transladado aos cuidados do Banco de Reserva do Vietnã como relíquia.

Posto isto, penso cada vez mais que Kotaishidenka, é de certo, uma divindade...

30-jun-2008

Jitte, Tessen e Nito

Ao praticar o Ikkaku Ryu Jitte jutsu com o Jitte e Tessen, além de absorver todas as técnicas do estilo que, na minha opinião são fantásticas (e o que não é de tudo que veio dos antigos, não?), temos mais uma vantagem: a propriocepção para lutar com duas espadas, o Nito.

"Propriocepção é a capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão. Este tipo específico de percepção permite a manutenção do equilíbrio e a realização de diversas atividades práticas. Resulta da interação das fibras musculares que trabalham para manter o corpo na sua base de sustentação, de informações táteis e do sistema vestibular, localizado no ouvido interno, responsável pelo equilíbrio."

Ou, de maneira mais direta: você, que luta com duas espadas, treinar o Jitte com o Tessen melhorará a "memória" dos seus músculos utilizados para a técnica com duas espadas.

27-jun-2008

Jitte e Tessen

Na prática do Ikkaku ryu Jittejutsu, utilizamos o Tessen, que traduzindo ao pé da letra, significa leque de ferro.
Por ser funcionalmente um leque, é obvio que, apesar de o Tessen ser de ferro, era utilizado para espantar o calor.
Os generais samurais também utilizavam-no para dar comandos às suas tropas.
O que pouca gente sabe era que o Tessen também era utilizado para o combate.
Confira:

jitte e tessen
Jitte (de metal) e Tessen, em réplica de madeira análoga ao leque 

25-jun-2008

Jitte à mão!

Assim como a espada menor era utilizada em recintos fechados, outras armas tinham esta vantagem.
O jitte era uma delas.
Feita de metal com cabo encordoado, tem a vantagem de, por ser de ferro maciço, com um golpe, fazer desmaiar o seu oponente, além de apreender a sua espada.
Outra vantagem é a de poder praticar em qualquer lugar. Principalmente aqui no Brasil, onde nem sempre temos locais adequados para a prática do Kobudô,
seja pela limitação do espaço físico, seja pelo teto baixo.
Ter sempre um jitte às mãos é muito bom.
Principalmente, se você não quiser ficar "na mão"...




topo

(+55 11) 5539-3587 seg-sex 9h-18h
(+55 11) 99734-6497 seg-dom 9h-22h